Jacinto
  • Member for 6 years, 5 months
  • Last seen this week
Tornar-se vs Ficar
Accepted answer
23 votes

I am a native Portuguese speaker, and this is the very first time I've ever thought of the difference between tornar-se and ficar. I think I got it. (Ok, eight months afte I wrote this answer I can ...

View answer
Why did traffic become "tráfico" and "tráfego"?
Accepted answer
21 votes

Português (English below) Tráfego and tráfico têm a sua origem na palavra italiana traffico, a qual originalmente, no século XIV, significava comércio. A palavra entrou rapidamente na língua ...

View answer
Qual a origem e o sentido da expressão "de nada"
Accepted answer
18 votes

Não consegui descobrir quando é que de nada começou a ser usado como resposta a um agradecimento. Mas no século XVIII, possivelmente até mesmo no limiar do século XX, a frase “Vossa Mercê não está ...

View answer
Qual a diferença entre “estória” e “história”?
16 votes

Eu também pensei em tempos que história era o estudo do passado ou um relato de acontecimentos verídicos, e estória era uma narrativa ficcional. Mas não é bem assim. História segundo o Aulete digital ...

View answer
Por que é errado falar "mais grande" e "mais pequeno"?
Accepted answer
16 votes

Não consigo decidir se mais grande é errado ou se é simplesmente mau estilo. Afinal, não é o mesmo que dizer nós estou, amanhã estive, ou preciso urgente de ajuda, onde existem claramente erros. Mais ...

View answer
Gospe ou Cospe, qual a forma correta de pronunciar?
Accepted answer
15 votes

Guspir vem como variante de cuspir nos dicionários Houaiss (Lisboa, 2002), Sociedade da Língua Portuguesa (Lisboa, 1962), Michaelis, Aulete e Priberam. Vem sempre classificada de informal, coloquial ...

View answer
"Entre mortos e feridos, salvaram-se todos." Como entender este ditado?
Accepted answer
15 votes

Literalmente, «entre mortos e feridos, salvaram-se todos» não tem sentido. Trata-se na verdade de uma modificação brincalhona do ditado: Entre mortos e feridos, alguém há de escapar. Este ...

View answer
“Punheta de bacalhau”? Por que “punheta”? Qual a origem?
Accepted answer
15 votes

Punheta é punheta também em Portugal, e é igualmente uma palavra a evitar em sociedade delicada. Priberam, Punheta: substantivo feminino 1. [Calão] Masturbação masculina. A origem do nome ...

View answer
Ponto final dentro de parênteses
Accepted answer
15 votes

No teu exemplo o ponto final tem de ficar de fora. Das duas uma: ou os parênteses ficam dentro da frase, ou a frase fica dentro dos parênteses. Parênteses dentro da frase é o mais comum: Estou ...

View answer
Termo "Que nem" está correto?
15 votes

O Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa diz que está correto: que nem significa como. Mas eu compreendo perfeitamente a razão da pergunta: porque razão é que que nem haveria de significar ...

View answer
De onde vem a gíria "migué"?
Accepted answer
14 votes

Dar migué vem de dar uma de Miguel, que tem mais ou menos os mesmos significados. Existe também miguelagem (‘falsidade, dissimulação, fingir que não sabe de nada’), migueloso e miguelento (‘falso, ...

View answer
"arco da velha" - que arco? que velha?
Accepted answer
14 votes

Usa-se coisas do arco da velha (Priberam) em Portugal com o mesmo significado que no Brasil. E arco da velha era o nome que eu usava em criança, antes de aprender o nome ‘mais culto’ arco-íris. E ...

View answer
Qual a origem da palavra "toa" usada na expressão "à toa"?
Accepted answer
14 votes

Há uma boa razão para desconhecermos a palavra toa fora da expressão à toa: quem imaginaria que uma toa (Michaelis) fosse um cabo para rebocar embarcações? A locução à toa começou por significar, ...

View answer
Difference between ser and estar
Accepted answer
14 votes

I cannot come up with a new general rule that will give you the right answer in every case. Ser for permanent sates, estar for temporary ones, or perhaps better, as André Lemos puts it in his answer, ...

View answer
Why do I need to use the ‘conjuntivo’ or ‘subjuntivo’ after the relative pronoun "que"?
Accepted answer
14 votes

A verb in conjuntivo or subjuntivo (I think subjuntivo is the preferred name in Brazil) mood indicates that the action described by the verb may or may not happen. Take the following examples: (1) ...

View answer
Why does the Brazilian accent sound more different from the original Portuguese accent than other varieties?
Accepted answer
13 votes

African Portuguese accents vary a good deal, as do Brazilian and to a lesser extent European Portuguese accents, but African and European accents are indeed much closer to each other than either of ...

View answer
Pequei, Senhor; mas não porque hei pecado
Accepted answer
13 votes

O verbo haver é usado nesse verso como verbo auxiliar, tal como acontece uns versos mais abaixo no soneto completo (ênfase minha): Pequei Senhor: mas não porque hei pecado, Da vossa Alta Piedade ...

View answer
O certo é perguntar "Tudo bem?" ou "Tudo bom?"
13 votes

Tudo bem? e Tudo bom? são duas maneiras corretas diferentes de perguntar a mesma coisa. Ou melhor, mais do que perguntar, o que o locutor faz com tudo bem/bom, Joana? é manifestar interesse pelo bem-...

View answer
Por que a palavra cínico é usado para indicar uma pessoa falsa/descarada?
13 votes

PORTUGUESE (in English below) Cínico e os seus cognatos ingleses cynic (substantivo) e cynical (adjetivo) vão buscar os seus significados diferentes a diversos aspetos da doutrina e prática dos ...

View answer
O que significa "malta" que os portugueses usam?
13 votes

Atualmente malta é usado praticamente só para designar um grupo de amigos, colegas de trabalho, pessoas que andam frequentemente juntos. Eu tinha apenas uma vaga noção dum outro sentido, trabalhadores ...

View answer
What is the meaning of the word "pintado" in "Não me queres ver nem pintado"?
Accepted answer
12 votes

The idiom não querer/poder ver [someone] nem pintado is a neat equivalent of the English idiom cannot bear the sight of [someone] (The FreeDictionary). It means I cannot stand that person; I dislike ...

View answer
In what ways did Arabic influence Portuguese pronunciation or grammar?
Accepted answer
12 votes

Parece haver um consenso que o árabe contribuiu para o português apenas com vocábulos, e, dentro destes, sobretudo com substantivos. Que a influência na gramática não poderia ser grande é claro para ...

View answer
Why is "fixe" a "cool" thing in Portugal?
Accepted answer
12 votes

The Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa (DACL) has two entries for fixe (/ˈfiʃ(ə)/; hear it in Forvo), giving the French fixe (/fiks/) as its origin. Houaiss dictionary (Lisboa, 2003) ...

View answer
O correto é "Risco de Morte" ou "Risco de Vida"?
12 votes

As duas expressões estão corretas e estão ambas em uso pelo menos desde o século XVI. A expressão risco de morte é mais fácil de analisar, pois podemos parafraseá-la por risco de morrer, enquanto ...

View answer
Qual o plural para ar condicionado?
12 votes

No Brasil, antes do Acordo Ortográfico, ar condicionado era ar, e ar-condicionado era o aparelho. Os plurais eram ares condicionados para o ar (nada de especial aqui; simplesmente pluralizas o ...

View answer
Cabide ou cruzeta?
Accepted answer
12 votes

Eu já tinha visto cabides em forma de cruz, não sabia era que se podiam chamar cruzetas. Segundo o Aulete digital, este nome é usado em Portugal e no Norte e Nordeste brasileiro. Eu sou da zona de ...

View answer
De onde surgiram os termos “fulano”, “beltrano” e “sicrano”?
Accepted answer
11 votes

Fulano, de acordo com o dicionário Houaiss (Lisboa, 2003), vem do árabe fulān, que significa ‘alguém, um certo, determinado (indivíduo)’; também se encontra no português antigo fuão e fulan. A origem ...

View answer
De onde vem o "Papai Noel"?
Accepted answer
11 votes

Papai Noel, como o tdmsoaes já averiguou (ver outra resposta), é uma adaptação do francês. Segundo a Wikipédia, o Père Noël (literalmente, Pai Natal) aparece na literatura francesa em meados do ...

View answer
Uso do verbo "saber" no sentido de "ter sabor ou gosto"
Accepted answer
11 votes

Normalíssimo da Silva em Portugal e pelos vistos não completamente desconhecido no Brasil. Encontrei o verbo em autores brasileiros recentes. O Aulete digital tem também a definição relevante, e não a ...

View answer
Quando "facto" passou a ser "fato"?
Accepted answer
11 votes

A grafia facto passou oficialmente a fato no Brasil com o Formulário Ortográfico de 1943, que veio alterar a grafia de centenas (talvez milhares) de palavras, tal como já tinha acontecido em Portugal ...

View answer
1
2 3 4 5
18