3

Fechar pertence à classe dos verbos de alternância causativa-incoativa . Estes verbos têm uma variedade transitiva causativa e uma variedade incoativa, que é intransitiva e inacusativa. Esta classe não tem um comportamento homogéneo em relação ao uso do clítico anticausativo se. Alguns verbos requerem-no, para outros é opcional, e com outros o clítico não ...


2

Não, com esse significado o verbo abrir é sempre transitivo [1]. A forma que ele assume no exemplo "a porta se abriu" é, por conta do pronome oblíquo se, pronominal - e o objeto é a própria porta. [1] Cf. esta resposta, que afirma que o verbo nesse caso não é nem transitivo, nem intransitivo puro, mas inacusativo e, mais que objeto do verbo, a porta seria o ...


2

No sentido de unir-se em casamento, pode de facto usar-se tanto a forma intransitiva como pronominal: Quando casara estava eu na Europa (M. Assis) Do filho que casar-se não queria. (Camões). No sentido de unir por casamento, promover o casamento de, é verbo transitivo: Chamou-o a rainha, deu-lhe um dote e ordenou ao capelão que os casasse. (Camilo) ...


1

O termo transitivo pode ser usado com vários significados, mas de facto o Priberam não parece usar o termo consistentemente. Veja-se esta pergunta de 2003: Apesar de, actualmente, o verbo prescindir dever ser considerado um verbo transitivo indirecto, como faz o Aurélio, a classificação mais tradicional em dicionários portugueses (diferentemente de ...


1

Ambos são corretos [1], mas para uso numa frase mais completa e em linguagem formal, eu diria que fechar, com esse significado, soa melhor com o pronome. Comparada à do metrô, a mensagem no elevador pode ter um sentido ainda mais 'mecânico', de notificação de status: "portas: fechando". [1] Para o significado mais amplo (3: Pôr(-se) sobre outro de modo que ...


Only top voted, non community-wiki answers of a minimum length are eligible