36

Português Existem duas formas distintas de escrever o fonema /s/ hoje porque a nossa ortografia moderna não reflete a pronúncia atual, mas sim a pronúncia do português arcaico. A letra ç tem origem no castelhano antigo. Naquela época ainda se escreviam as palavras da mesma forma que elas continuam a ser escritas no português moderno. Existiam seis sibilantes ...


25

O "x" de fixe pronuncia-se como o ch de *ficha. Significado: ser fixe significa ’ser porreiro’ (como "cool" em "to be a cool guy") ou ’ser legal’ no Brasil. Observação: mas a forma verbal fixe do verbo fixar, por exemplo em "talvez fixe bem, se ler o texto várias vezes" lê-se /fiks/.


15

O ditongo "ui" na palavra "muito" é anasalado, devido à assimilação do som nasal [m] inicial, que se estendeu ao ditongo oral "ui", fazendo com que a palavra se leia [ˈmũj̃tu]1. O ditongo nasal é composto por uma vogal seguida de uma semivogal (sendo que na língua portuguesa existem duas semivogais: [j] e [w]), como nas palavras "mãe", "anões", "adopção", ...


15

Guspir vem como variante de cuspir nos dicionários Houaiss (Lisboa, 2002), Sociedade da Língua Portuguesa (Lisboa, 1962), Michaelis, Aulete e Priberam. Vem sempre classificada de informal, coloquial ou popular. Eu em Portugal nunca ouvi, e alguns dicionários restringem ao Brasil; mas o Houaiss, Priberam e Michaelis não fazem qualquer restrição. Os sons [k] ...


14

É o IPA (International Phonetics Alphabet). A função dele, em poucas palavras, é servir como instrumento de como pronunciar uma determinada palavra num determinado idioma. Diferentemente do alfabeto ocidental tradicional, os termos expressos no IPA possuem apenas uma única forma correta de serem pronunciados. É bastante útil para ensinar pronúncia a ...


13

[English] (português mais abaixo) This answer regards Brazilian Portuguese only. Between "anime" and "animê" in the context of Portuguese, the closest writing to the original transliteration is "anime", but the closest writing to the original pronunciation is "animê". Pronunciation The word "anime" is the abbreviation of "アニメーション" (Animēshon (click here ...


13

Adding to what Eduardo said, "hue hue" isn't the Brazilian way to express the sound of laughter, it's only one of the many textual laughs Brazilians use. "Hue hue hue", pronounced somewhat this way and explained in details below, is the, exclusively Brazilian, laugh of "zoeira". "Zoeira" means joking, making fun of things. Additionally, "hue" can also be ...


12

Phonetics Your assumption about the expected regular sound of x is wrong. We have many different sounds for x in Portuguese: z (/z/) - "exame", same as zebra in English; cs (/ks/) - "táxi", same as taxi in English; ch (/ʃ/) - "deixa", same as geisha in English; ss (/s/) - "máximo", same as massing in English; Invalid alternative spellings You could not ...


12

Parece haver um consenso que o árabe contribuiu para o português apenas com vocábulos, e, dentro destes, sobretudo com substantivos. Que a influência na gramática não poderia ser grande é claro para quem tenha aprendido francês: o francês não pode ter tido grande influência árabe, e a gramática francesa é parecidíssima com a portuguesa. Mas vejamos o que ...


10

It seems your question has been discussed by experts in the language several times... The issue here is the "vogal aberta" (open vowel) vs the "vogal fechada" (closed vowel). The answer is, to put it simply and bluntly: there is no consistent rule for the o in "Porto" to be closed and "porta" to be open, they are pronounced the way they are because the ...


10

Complementando a excelente resposta do Cigano, eu gostaria de adicionar que o Alfabeto Fonético Internacional ajuda também a mostrar a diferença de pronúncia de palavras entre diferentes regiões de um mesmo país, tornando possível distinguir sotaques de maneira clara e direta. No caso específico das palavras que você menciona na sua pergunta, elas mostram a ...


10

Pelos vistos a pronúncia de subsídio tem dado que falar no Brasil: já deu artigo na Veja, na Sua Língua do Prof. Cláudio Moreno e na Gramaticalhas. A pronúncia tradicional, e portanto considerada mais correta, é com o som /s/ (de sapo) e não /z/ (de zona). Esta é aliás a pronúncia do s após letra consoante, exceto em palavras como transição, transigência, ...


10

Transar tem o s pronunciado /z/ porque deriva de transação, que também tem o s pronunciado /z/. Transar (Aulete) vem de transa + ar; e transa (Aulete), também com s pronunciado /z/, é redução de transação. Em palavras começadas por trans, o s é pronunciado /z/ quando seguido de vogal, exceto se esse s vier originalmente do início da palavra seguinte. Por ...


10

Provavelmente uma do Brasil. Nenhum lugar manteve a pronúncia (ou gramática, ou vocabulário) exatamente como era há séculos; e não é trivial julgar quais diferenças seriam mais ou menos significativas, para que se possa declarar que esse ou aquele dialeto é o que teria sofrido menor alteração. Mas, baseado no que encontrei, eu diria que algum dos dialetos ...


9

O v 'é trocado' pelo b, ou rigorosamente falando, o b e o v são ambos pronunciados b, numa região que inclui todo o norte de Portugal e se estende para sul pelos distritos de Viseu, Aveiro e Coimbra. Ou pelo menos era assim. Creio que a pronúncia de v como b vai sendo cada vez mais rara. No resto do país o b sempre foi pronunciado b, e o v, v. Agora se isto ...


9

O termo fixe se pronuncia exatamente igual a fish ( em inlgês ) e significa ’legal’. Algumas utilizações: Tás fixe? - Estás bem? Bué'da fixe isto. - Muito legal isto Nossa que fixe - nossa que legal.


9

I made a separation by state/region and expanded the options a bit, ordering by my sense of most used forms by the people here in São Paulo in the day by day: [-t͡ʃɨ]: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul; [-t͡ʃi]: São Paulo, Rio de Janeiro, Northern of Paraná, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul; [-ti]: ...


9

In fact, both in Portugal and Brazil the pronunciation of s at the end of a syllable depends, even if you don’t realise it, on what comes after it: it is commonly pronounced /ʃ/ (as shape or ch in the Portuguese word chato) in Portugal and Rio and /s/ (as in samba) elsewhere in Brazil if followed by an unvoiced consonant such as c, f, p, t or by a long pause;...


9

Throughout its history, Brazil has enjoyed immigrants from the Italian peninsula, dating back to Genoese sailors and merchants during the first half of the sixteenth century. Large waves emigrated from Italy between 1870 and 1920, so many that in Brazil’s 1940 census, more children had been born up to that point to foreign-born fathers of Italian origin (1....


8

In many Brazilian Portuguese accents, [e] is "reduced" to [ɪ] or [i] when unstressed. Since the articulation of [ɪ] is similar to of [j]¹ (the later being the "y" sound in "yes"), what once was pronounced as [te] or [de] could possibly have started to be pronounced as [tʲi] and [dʲi] and progressed to [tʃi] and [dʒi], as it is nowadays. This process is ...


8

Para corrigir a grafia de várias palavras em que o "c" não se justifica. Era o "c" em latim sempre pronunciado como "k": Cícero, Kíkero; Díscere, dískere. Na decadência do latim, e, conseguintemente, na formação das línguas neolatinas, o som de gutural explosiva forte continuou antes de "a", "o", "u": Caro Corpo Culpa Mas abrandou-se antes das vogais ...


8

Primeira pergunta: pelo menos no Brasil, as três são pronunciadas exatamente da mesma maneira. Creio que o mesmo valha para Portugal, mas não tenho certeza. No caso do português brasileiro, tanto o substantivo "falo" quanto a forma "fá-lo" são bastante incomuns em fala corriqueira, e diria que a maioria das pessoas não associaria esses sons a algo além do ...


8

A troca do “v” pelo “b” é uma característica do falar de diversas regiões portuguesas situadas a norte do Tejo e está bem viva. Mas não é a única diferença de pronúncia, nem as diferenças dos diferentes falares ou dialectos do português europeu se resumem à pronúncia de alguns sons. Existem ainda diferenças de léxico, de formas de tratamento e até ...


8

It's the exact same pronunciation for both. That's all there is to it, really. All words ending with i or is and with no accent are stressed in the last syllable. It’s the same thing with Ele ouve/bate (present indicative) and ouve/bate (tu, imperative) In Portugal, but not in Brasil, the first person plural of the present and past-perfect indicative of ...


8

Em Portugal, nunca ouvi ninguém pronunicar "cache" como "cachê", que é uma palavra completamente distinta (um tipo de pagamento, do francês cachet). Das duas uma: ou é pronunciada como cache e cash inglês (/kæʃ/), ou então é aportuguesada para /'kaʃɨ/, como de resto o Priberam indica. Curiosamente, o Priberam indica também que a pronúncia portuguesa de cash ...


8

Yes, [sɐwˈðaðɨ] is how the Portuguese pronounce the word. The [ɐ] is like the last a in samba as pronounced by both Brazilians and Portuguese: /’sɐ̃bɐ/. You can hear samba and saudade pronounced in Forvo; the first Portuguese on the list (Onimo) is not a good example, but the others are. And [ð] is pretty much like th in the word then. This pronunciation of ...


7

Fá-lo do verbo fazer, falo do verbo falar e o substantivo falo pronunciam-se da mesma maneira em todo o lado, mas dificilmente gerarão confusão, principalmente o substantivo com as outras. Existem no Português mais de cem substantivos que coincidem com formas de verbos, e não me lembro de alguma vez ter compreendido mal ou ter visto alguém compreender mal. ...


7

Você acertou; é "exatamente" "a pronúncia das palavras representada em texto." Outro nome para ela é "transcrição fonética". É importante entender que há mais do que uma maneira de representar pronunciações, e que uma pronunciação pode ser representada com mais ou menos detalhe. Já os seus exemplos usam dois sistemas diferentes: ...


7

Estou convencido que a variação regional na preferência entre os nomes gê e guê é consequência e não causa da existência dos dois nomes. A causa parece-me ser esta: nós recebemos os dois nomes do latim; e por outro lado existe uma preferência largamente maioritária pelo nome gê, mas guê é o nome preferido para ensinar as crianças a ler. No latim clássico, ...


7

It seems to me your assumption that in Portuguese if you read "exa" it should sound like an esha (e.g. "oxalá" is pronounced as oshalah). isn't correct. I can think of a few words containing exa that are pronounced the same way as hexágono, like exato (and its variants like exatamente, exatidão), examinar, exalar (the free dictionary has no entry for ...


Only top voted, non community-wiki answers of a minimum length are eligible