Hot answers tagged

15

Punheta é punheta também em Portugal, e é igualmente uma palavra a evitar em sociedade delicada. Priberam, Punheta: substantivo feminino 1. [Calão] Masturbação masculina. A origem do nome punheta de bacalhau está enterrada na cultura oral popular. Este artigo do Ciberdúvidas não chega a grandes conclusões. Mas pelo que consegui apurar, o mais provável ...


14

De acordo do dicionário do latin "Lewis & Short", a palavra latim bi-sextus significou dia intercalar. Isto é porque, em vez de acrescentar um dia 29 ao mês de Fevereiro, os romanos duplicaram o dia 24. Os romanos contaram os dias do mês duma forma diferente do que hoje. O dia 24 de Fevereiro se escrevia a.d. VI Kal. Mart. que era abreviatura para ...


13

Há uma boa razão para desconhecermos a palavra toa fora da expressão à toa: quem imaginaria que uma toa (Michaelis) fosse um cabo para rebocar embarcações? A locução à toa começou por significar, falando-se de embarcações, «à mercê de toa (‘cabo’); sem atividade própria» (Houaiss), e é neste sentido comum até ao século XVII. A partir deste, surgem por ...


13

Dar migué vem de dar uma de Miguel, que tem mais ou menos os mesmos significados. Existe também miguelagem (‘falsidade, dissimulação, fingir que não sabe de nada’), migueloso e miguelento (‘falso, dissimulado’) e miguelar. Estas expressões são exclusivamente brasileiras e parecem ser todas muito recentes. Miguelagem é a que aparece mais cedo no Google, em ...


12

Procurei na internet, e em lugar algum fala algo sobre a origem, todos apenas do significado. Mas depois de várias pesquisas e muito pensamento lógico, me surgiu uma teoria que acho que até que faz um pouco de sentido sobre a origem de "sossega o facho". Primeiramente, "sossegar/abaixar o facho/pito" significa aquietar-se, acalmar-se.1, 2 Tendo isso em ...


11

Usa-se coisas do arco da velha (Priberam) em Portugal com o mesmo significado que no Brasil. E arco da velha era o nome que eu usava em criança, antes de aprender o nome ‘mais culto’ arco-íris. E sempre interpretei o arco das coisas do arco da velha como o arco-íris, por podermos poeticamente ver o arco-íris como uma manifestação fabulosa, inalcançável, ...


11

Encontrei o artigo, “Lacrou”: qual é a origem desse termo? de Pedro Katchborian (UOL, 15-4-2014), que ao que consegui apurar dá a resposta correta. Lacrar, neste sentido, parece ter tido a sua apresentação pública a 27 de Novembro de 2013, neste vídeo cómico de Romagaga Guidini no YouTube. Transcrevo um bocadinho (ênfase minha): Olha meu amor, a Britney, ...


11

Na verdade peido é a palavra mais antiga, vindo já do latim peditum (vê peido no Aulete), que já tinha o mesmo significado (vê peditum no Wiktionary). Flatulência vem do francês flatulence (Aulete), que vem de flatulent (CNTRL), que por sua vez vem também do latim, flatus (CNTRL); mas flatus siginificava em latim apenas ‘sopro, respiração, brisa’ (Wiktionary)...


9

Por incrível que pareça, o papo do bate papo tem origem em papar (comer, Houaiss e ver Aulete digital), que já vem do latim pappare. De papar veio papo (Aulete) com o sentido de papo de ave, estômago, barriga e, o sentido que aqui mais nos interessa, garganta. A certa altura passou também a significar ‘fanfarronice, bazófia, bravata’, significado que ...


9

Pagar mico tem origem no jogo de cartas infantil conhecido por mico ou mico-preto. (Mico é também a designação de várias espécies de macacos.) Veja-se no Aulete digital: mico2 (mi.co) 1. Lud. O mesmo que mico-preto2. 2. Bras. Gír. Situação que envergonha; VEXAME [F.: Red[ução] de mico-preto2, ligada à ideia da situação embaraçosa de quem fica com a ...


8

Segundo o dicionário da priberam oscultador não existe. Existe sim auscultador que é aquele que ausculta (ouve). aus·cul·ta·dor |ô| (latim auscultator, -oris, o que ouve, ouvinte) adjectivo e substantivo masculino Que ou aquele que ausculta. substantivo masculino Instrumento com que se ausculta. Estetoscópio. Peça do telefone que se aproxima do ouvido....


8

O ensaio do ensaio fotográfico vem, por via algo convoluta, de ensaio no sentido de ‘esboço literário ou científico’ (Periberam 7) e quase de certeza por influência do inglês photo essay. O dicionário Houaiss (Lisboa, 2003) dá uma definição mais completa de ensaio neste sentido: 9 LIT prosa livre que versa sobre tema específico, sem esgotá-lo, reunindo ...


8

Desconheço a origem, mas desde os anos 1980-90 sempre vi entendido como sinônimo de "dia de trabalhar", com "branco" em oposição ao "negro", tido como preguiçoso. Ou seja, de fato racista, juntamente com "serviço de preto", usado como sinônimo de "serviço mal feito", entre outros. É importante lembrar que, ainda que a expressão tenha uma origem diferente, ...


7

Esse significado de lata é muito comum em Portugal e vem em qualquer dicionário. Na minha experiência e sensibilidade, confirmada pelos dicionários, não significa tanto falta de escrúpulos ou coragem, mas mais atrevimento. Vejamos por exemplo o Aulete: 8. Lus. Descaramento, desfaçatez O Houaiss (Lisboa, 2003) apresenta mais nuances: 14 P infrm. pej. ...


7

Alguns Motivos: os teclados em português não eram comuns como hoje em dia. E Mesmo a configuração de idioma não estava sempre disponível nos antigos sistemas operacionais de computadores. Pelo fato do H não ter som de nada no português quando usado desta forma. Então convencionou-se esse uso. (Foi muito utilizado nos antigos sistemas de bate-papo.)


7

Atualmente existem todas as combinações possíveis: ah, eh, ih, oh e uh (ver no Aulete). Ah e oh são antigas e já vêm, com h, do latim, em que também se escrevia simplesmente o em lugar de oh (Aulete). No entanto, em português, as grafias mais antigas são sem h: a, o e oo. Só passamos a encontrar o h do século XVI em diante; sistematicamente no caso do ah, ...


7

Os vários dicionários que consultei incluem essa aceção de cara (’indivíduo’) juntamente com cara ’rosto’, que vem do grego kara, ou latim cara, ou grego via latim (Houaiss, Infopédia, Michaelis, Aulete), sugerindo implicitamente, portanto, que cara ’indivíduo’ evoluiu de cara ’rosto’. Uma possibilidade que me parece plausível é que esse cara venha de ...


7

Ao que parece, lambuja veio, via lambugem, de lamber. Quem havia de dizer?! Lambugem começou por significar ‘guloseima’, ganhando depois o sentido figurado de ‘ganho ou vantagem que se dá a alguém, especialmente para o aliciar’, que é o sentido com que lambuja é usado nos exemplos da pergunta. Lamber (Aulete) vem já do latim lambere. Lambugem aparece em ...


6

Em Portugal, sossega o pito significa "acalma-te". Pito é usado com o significado de órgão sexual feminino, equivalente a "acalma a passarinha". Não é usada a expressão sossega o facho.


6

Já ouvi esta expressão no Rio Grande do Sul e tenho o mesmo entendimento que você. Entendo como "fica frio", "fica tranquilo". O dicionário informal traz uma resposta para "fica gelo", que entendo ter o mesmo sentido que "fica gel": O mesmo que ficar frio, fica de boa. Não se preucupa (sic), fica gelo Quanto à ...


6

Estas construções são perfeitamente padrão também em Portugal. O que tal? dos teus exemplos é um fragmento que o interlocutor completa com a informação anterior. A pergunta completa seria: Que tal o meu carro? Que tal o meu vestido novo? Aqui há um verbo omisso. Há muitos que ficariam ali bem: Que tal ficou/está/achas/te parece o meu carro? Atualmente é ...


6

Na minha sensibilidade, em desculpa lá, o lá é sobretudo um expletivo (um filler), que sem acrescentar significado arredonda e completa a frase. O mais importante num pedido de desculpas—o que o torna num pedido sentido, ou numa mera formalidade, ou até num 'pedido' desdenhoso que não é pedido—é a entoação. Mas o lá contribui para suavizar o imperativo, ...


6

A imensa maioria de nossas gírias tem sua origem em determinadas "tribos" e daí, dependendo de vários fatores como por exemplo a televisão, vão ter um maior ou menor grau de penetração na sociedade como um todo. Pesquisei a palavra "massa" e a expressão "muito massa" na web e encontra-se definições com muita facilidade: bom, legal, agradável, divertido ...


6

A expressão mais antiga parece ser (ser) da pá virada; já se encontra em 1853 e vem nos dicionários. O Aulete (verbete pá) diz: Da pá virada 1 Pop. Bras. Diz-se de algo ou alguém que foge dos padrões habituais por ser brincalhão e provocador, ou imprevisível e impetuoso, ou amalucado etc. O Houaiss (Lisboa, 2003) diz mais ou menos a mesma coisa: pá [...


6

Porém, no nosso português e também no espanhol, diz-se "arroba". Por que demos esse nome? Esse é o nome histórico do @. Esse símbolo é usado com o significado de arroba desde pelo menos o século XVI no sul da Europa, e a unidade de medida é usada ainda hoje para alguns produtos agrícolas no Brasil e alguns países da América do Sul. Isso significa que ...


5

A expressão foda-se não é recente. O Novo Dicionário de Calão de Afonso Praça, editado em 2001, cita a forma fosga-se, uma interjeição alternativa e menos grosseira para foda-se. Para Clotilde Almeida, isto significa que a palavra já existe há bastante tempo, pois até “já foram cunhadas formas alternativas da mesma que se encontram dicionarizadas”. José ...


5

Panelinha no sentido de “grupo fechado” parece vir da locução fazer panelinha com alguém, que significa “associar-se a alguém, tramar alguma coisa com alguém), que poderá vir da ideia de “cozinhar e comer em conjunto”. O dicionário da Academia das Ciências de Lisboa define panelinha: s. f. (De panela + suf. inha) 1. Dim. de panela 2. Fam. Acordo secreto,...


5

Referindo-se a lugar onde se manifestam espíritos e espectros, mal assombrado parece ser a expressão mais antiga: aparece já no final do século XVIII, enquanto assombrado só consigo encontrar já no século XX. Mal assombrado parece ser exclusivamente brasileiro, e há a possibilidade de também assombrado ter surgido primeiro no Brasil e só depois passar a ...


5

Apenas tem no Priberam três significados: Advérbio: 1 somente; 2 com custo, dificilmente, escassamente. Conjunção: 3 assim que, logo que Os significados 2 e 3 parecem ser os mais antigos e podem quase sempre ser expressos no português moderno por quase não, mal: [significado 2] E ho vento lançava muita area em cima deles, assi que eram cubertos que apenas ...


5

A expressão existe em várias línguas, mas a sua origem parece ser ibérica. Encontro exemplos em português desde 1560 e em castelhano desde 1528 (“hame costado los ojos de la cara”; CORDES¹); em italiano apenas a partir de 1780 (“costare gli occhi della testa”), e em francês a partir de 1842 (“coûter les yeux de la tête”). Encontra-se cerca do ano de 1140 “...


Only top voted, non community-wiki answers of a minimum length are eligible