30

PORTUGUÊS (English follows) Quando se criam palavras para expressar quantidades numa determinada linguagem, primeiro por via oral e, posteriormente, por escrito, o sistema de numeração utilizado é normalmente baseado no ambiente cultural que envolve essa linguagem. Muitas culturas usaram sistemas de numeração com base no número de dedos de uma ou ambas as ...


17

Em português de Portugal, usa-se o plural para qualquer número excepto 1. Isso inclui o 0, números decimais no intervalo [0, 1) e no intervalo (1, 2]. Exemplos: Eu coloquei 0 questões durante a entrevista. Hoje, estão zero graus celsius. Este ano, o governo gastou 1.6 milhões em educação. Ontem andei 0.5 quilómetros. No entanto, no português do Brasil, é ...


16

Isso não é uma questão de língua, é uma questão de nomenclatura técnica e científica. A diferença é porque no Brasil se usa a escala curta, enquanto em Portugal e restantes países lusófonos se usa a escala longa. Para informação mais detalhada, sugiro consulta do artigo na WikiPédia e da dúvida "bilião e outros grandes números" no FLiP. Escala longa: 106 ...


14

The words milhão, bilhão (informal Brazilian Portuguese) and bilião (European Portuguese for a million times milhões, Brazilian Portuguese for a thousand times milhões), as well as subsequent numeral quantities, are nouns rather than quantifiers. We may qualify another noun with mil (because it's a quantifier, related question), but immediately adjacent ...


12

I'd like to know if there is some rule to use this type of number in portuguese. They are only allowed to talk about a century or this is just a convention? Yes, there's a rule. Usually, roman numerals are used for: Centuries; King/Pope Names; Parts of a book or written piece, like a play script; Additionally, the spoken rule is: Until the tenth numeral, ...


10

Pode-se dizer que é assim: em inglês: *1,000 = a thousand 1,000,000 = a million 1,000,000,000 = a billion (9 zeros) 1,000,000,000,000 = a trillion* português, Brasil: *1.000 = um milhar 1.000.000 = um milhão 1.000.000.000 = um bilhão (9 zeros) 1.000.000.000.000 = um trilião* português, Portugal: *1.000 = um milhar 1.000.000 = um milhão 1.000....


10

Historically and geographically, there's a lot of variation in decimal and thousands separators. The decimal point is the US notation. It has become common across the world recently due to the spread of computers and calculators. But before that, a decimal point was uncommon outside the US. The idea of a decimal mark seems to have emerged around the 12th ...


10

A principal diferença é que mil é um quantificador (um caso específico de modificador) e milhar é um substantivo. Ambas podem ser usadas para representar quantidades exatas, arredondadas ou apenas aproximadas/estimadas (ex: "duas mil pessoas" ou "dois milhares de pessoas"). Mas certamente, como mencionado na pergunta, a tendência principal é para a ...


10

Uma regra clara para isso é o caso do "um" e do "uma". Quando são empregados como artigos, devem ser escritos por extenso. Quando expressão numerais, podem ou não ser escritos por extenso. Por exemplo: Um menino bateu à porta. 1 menino bateu à porta. Neste caso, a primeira forma sempre está correta (a palavra "um" está empregada como um artigo ...


8

Vou esclarecer só o "Hum". Isso é usado ao preencher cheques para indicar que queremos de fato dizer "1" e não "21". Para impedir que alguém modifique "Um mil" para "Vinte e Um mil", por exemplo. Imagem: Google Images, as partes censuradas são minhas, apesar de ser uma imagem de uma CPI do Congresso. Não sei se isso é reconhecido oficialmente pelos bancos ...


8

O número cardinal "1000" lê-se e escreve-se "mil" ou "um milhar", de forma similar a "100", que se lê "cem" ou "uma centena". Relativamente a "hum mil" não vi ser usado em Portugal, até porque "hum" é uma interjeição", logo gramaticalmente incorrecto. "Mil? Hum!" estaria correcto do ponto de vista gramatical, mas o sentido é totalmente diferente. A ...


8

Em jornalismo, e em ensaios, a regra é escrever por extenso os números de zero a dez, e como algarismo todos os outros. Usei aqui a respectiva secção do The Economist Style Guide, um dos standards para a língua inglesa (agradeço a quem possa fornecer equivalente referência para a língua portuguesa): Evite começar uma frase com um algarismo. Escreva ...


7

No. See this link: It should be used to refer to Centuries, like "As grandes navegações ocorreram nos séculos XV e XVI." Book or films chapters, volumes, parts or some other division, like "Veja mais informações no Capítulo V." or "Episódio VI: O retorno de Jedi". Popes, kings and emperor names, like "O papa Bento XVI renunciou.", or "O imperador Dom ...


6

A língua portuguesa não estabelece estritamente uma regra para quando escrever por extenso ou por algarismos. Tanto posso ter "555 pães" como "quinhentos e cinquenta e cinco pães". O que poderá surgir na escrita de documentos mais formais é uma convenção ou norma que deve ser cumprida de acordo com o contexto, normalmente para facilitar a leitura. Uma ...


5

Vários sites e dicionários de diferentes países confirmam que cincoenta é incorreto já há bastante tempo. A referência mais recente que encontro (numa busca cursiva) que lista a palavra é o Novo Diccionário Da Língua Portuguesa (1913) (também citado no TheFreeDictionary). E Seninha aponta em seu comentário seu uso num conto português publicado no século 19 (...


4

Um ponto é unânime (veja, e.g., aqui e aqui): não se usa o "apóstrofo + s" para indicar plural. Na língua inglesa raramente ele é aceitável (essencialmente apenas para o plural de letras minúsculas) e em português o mecanismo simplesmente não existe. O plural do ordinal "1º" é fácil, pois ele flexiona da maneira usual: o 1ᵒ colocado, os ...


4

Quanto à pergunta 3, acredito que a palavra em latim "tredecim" ([ˈt̪rɛ.d̪ɛ.kɪ̃]) tenha originado a partir, primeiramente, da perda do "m" final, seguida da passagem do latim ɪ > e; então a elisão do /d/ medial e a simplificação da vogal dupla. A variação de e era muito comum no período do português antigo, pois representavam as africadas t͡s e d͡z. No ...


4

Veja: (1) O Brasil deu um (artigo indefinido) passo adiante para resolver o problema. (2) O Brasil deu apenas (advérbio) um (numeral) passo adiante para resolver o problema. Por que? O sentido de “um passo” não é indicar a quantidade de passos dados, mas de apontar que um ato necessário ocorreu, a conduta exigida foi efetuada. O contexto, portanto, ...


4

Ninguém diz "um milhar", "dois milhares" (ou é extremamente raro). Realmente "milhares" costuma ser usado para quantidades imprecisas. Mas o substantivo também tem outro sentido, mais preciso, quando usado com artigo definido: o milhar. O milhar é o nome da quarta "casa" (de trás para frente) de um número de pelo menos quatro dígitos. Por exemplo, o número ...


4

Trecho desse link: DIA PRIMEIRO Pergunta: Como é a forma correta de "Dada e passada nesta cidade do Rio Grande, aos dois dias do mês de agosto de dois mil e dois" ao se tratar do primeiro dia do mês? César Almeida Lehn, Rio Grande/RS Resposta: O equivalente a “aos dois dias, aos três dias do mês...” (fórmula usada em atas e alguns ...


4

Em Portugal embora se veja o uso do ponto para separar as sequências de três dígitos, tal é desaconselhado, devendo deixar-se um espaço: esta é, por exemplo, a habitual escrita de números em engenharia. O serviço de publicações da Comissão Europeia também o recomenda aqui. No seu exemplo será 4 733,41. Quanto ao separador decimal, a vírgula, esta secção da ...


3

Sim. No entanto, a prática é escrever os números por extenso. Trinta pessoas compareceram hoje. Há um cuidado especial quanto a percentuais. Por exemplo, é correto começar a frase por numeral e símbolo. 25% dos alunos passaram na matéria. E por extenso também: Vinte e cinco por cento dos alunos passaram na matéria. Mas é errado misturar numeral ...


3

De acordo com CiberDúvidas, treuze é um regionalismo de Lisboa.


2

O modo usado no Brasil é bem mais prático porém vários países adotaram uma mesma norma diferente da nossa entre os quais Portugal, os países hispânicos, França, etc. Mas mesmo assim continuam a existir diferenças do modo usado na França para o de Portugal. Por exemplo, uma música (que recomendo) do grupo de RAP L'Entourage se chama 'soixante quinze', ou ...


2

De acordo com a Wikipedia, o conjunto dos algarismos é mesmo denominado de algarismos arábicos ou indo-arábicos (ênfase meu): Algarismos arábicos ou indo-arábicos são os dez dígitos: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8 e 9, criados com base no sistema numérico Indo-arábico, o sistema mais comum para a representação simbólica de números no mundo atual. A página da ...


2

Não sei em que tipo de situação alguém diria "zero carro(s)". Se eu tivesse que expressar a ausência de carros, eu diria que "não há nenhum carro" ou "não há carro algum", e acharia muito estranho alguém dizer que "existe zero carro na garagem". Uma pesquisa rápida no Google mostrou "zero carro" como se referindo a carro zero quilômetro na maioria das ...


2

From the mathematical point of view, there's no doubt: squares (quadrados) are a special case of rectangles (retângulos), and any teaching material saying otherwise is in error. That's not dependent on the dialect. That said, in informal or any other less precise speech (which should not be used when teaching or discussing mathematics), one may mean "...


2

Você tem uma trinca ou, menos usado, "trio". Considerando o livro Como Jogar Poker e Vencer!, a Lista de jogadas do pôquer da Wikipédia e os sites megajogos e pokertips, as mãos do pôquer em português são: Sequência Real Sequência de (mesmo) Naipe (ou Sequência de Cor) Quadra Full (House) Sequência Trinca (ou Trio) Dois Pares Par Carta Alta


1

Com artigo definido (e.g., "o quarto bolo") eu diria que se entende o numeral como sendo ordinal ("4ᵒ") e não como fracionário ("¼"), então aqui pede-se o artigo indefinido e também a preposição "de": "um quarto do bolo", para indicar "1/4 bolo". Uma exceção é quando as partes são iguais ...


1

O inglés não é o português. Portanto, em português, eu usaria: Os valores (binários) 1 e 0 para falar de 1's and 0's. Os valores 1 e 0 são usados em sistemas binários. Os números binários são utilizados pelos computadores para processar dados. É um sistema de numeração que, em vez de utilizar 10 algarismos, utiliza apenas 2 (0 e 1). Veja como converter ...


Only top voted, non community-wiki answers of a minimum length are eligible