30

PORTUGUÊS (English follows) Quando se criam palavras para expressar quantidades numa determinada linguagem, primeiro por via oral e, posteriormente, por escrito, o sistema de numeração utilizado é normalmente baseado no ambiente cultural que envolve essa linguagem. Muitas culturas usaram sistemas de numeração com base no número de dedos de uma ou ambas as ...


25

A origem desses nomes para as notas, que são usados em várias línguas (incluindo francês, italiano, russo e grego), remonta à Idade Média. Consta que o italiano Guido d'Arezzo teria criado essa notação com fins didáticos, a partir das primeiras sílabas do canto gregoriano Ut queant laxis, um hino em Latim a São João Batista: Ut queant laxis resonare ...


24

Default não quer dizer padrão, e na verdade tem a mesma raiz etimológica de fault – em português, defeito, falha, falta. Quando um time não comparece a um jogo, falta, o outro ganha por default (no Brasil, conhecido como W.O.). Quando um país não paga suas dívidas, falha em pagá-las, decreta a moratória, ele está dando um default no jargão econômico. Em ...


21

Português (English below) Tráfego and tráfico têm a sua origem na palavra italiana traffico, a qual originalmente, no século XIV, significava comércio. A palavra entrou rapidamente na língua portuguesa como trafego, e uns séculos mais tarde novamente como trafico (os acentos foram acrescentados no século XX). A tabela abaixo mostra a frequência das duas ...


18

A mesma página da Wikipédia diz: O caracter chinês para chá é 茶, mas tem duas formas completamente distintas de se pronunciar. Uma é te que vem da palavra malaia para a bebida, usada pelo Dialeto Min que se encontra em Amoy. Outra é usada em cantonês e mandarim, que soa como cha e significa "apanhar, colher". Portanto a etimologia desta palavra provêm da ...


17

Há algumas teorias sobre a origem desta expressão. A mais comum é mais ou menos assim (palavras minhas, pois é mais ou menos isso que eu já conhecia): Isso daí vem da época do Brasil colonial. Naquela época, telhas de boa qualidade eram caras, e por isso que as construções de menor importância ou provisórias utilizavam telhas de menor qualidade que ...


16

From the solfege notes, created by music theorist Guido of Arezzo in the 11th century. The most accepted theory is that the syllabes themselves come from the Latin hymn Ut queant laxis: Ut queant laxīs resonāre fībrīs Mīra gestõrum famulī tuõrum, Solve pollūtī labiī reātum, Sancte Iõhannēs. In the 1600s, Ut was changed to Do. The ...


16

Vem de "dia de descanso", do latim Feria. O bispo Martinho de Braga, em 563, decidiu que os nomes dos dias de semanas deveriam ser assim. Inicialmente, deveria valer apenas para os dias que antecedem o domingo de Páscoa (Semana Santa), mas foi adotado pelo portugueses para o ano inteiro, com exceção do Sábado (do hebreu Shabbat) e Domingo (do latim Dies ...


15

The "rs" commonly seen in conversations throughout the internet, is an abbreviation of "risos" (laughs). Depending on how a person pronounces it, it can also sound like a laughing (quite weird, but sounds like one...). Just like "kkkk", "hahaha", and so on. Just note however that "rsrs" isn't used in Portugal. There, the most common internet laughings are ...


15

Sim, é porque a palavra era de género neutro em latim: p.ex. mare magnum.1,2 Quando esse género foi perdido, diferentes línguas descendentes escolheram diferentes géneros para si: LA: mare/maris [“illud”] (neu.) IT: il mare (masc.) RO: la mare (fem.) FR: la mer (fem.) OC: la mar (fem.) CA: el mar (masc.) PT: o mar (masc.) GA: o mar (masc.) ES: el mar / la ...


15

Punheta é punheta também em Portugal, e é igualmente uma palavra a evitar em sociedade delicada. Priberam, Punheta: substantivo feminino 1. [Calão] Masturbação masculina. A origem do nome punheta de bacalhau está enterrada na cultura oral popular. Este artigo do Ciberdúvidas não chega a grandes conclusões. Mas pelo que consegui apurar, o mais provável ...


14

Há uma boa razão para desconhecermos a palavra toa fora da expressão à toa: quem imaginaria que uma toa (Michaelis) fosse um cabo para rebocar embarcações? A locução à toa começou por significar, falando-se de embarcações, «à mercê de toa (‘cabo’); sem atividade própria» (Houaiss), e é neste sentido comum até ao século XVII. A partir deste, surgem por ...


14

Custa-me a acreditar que alguém escreveu uma tese sobre a palavra uai, mas ela existe. Dentre as hipóteses discutidas, descartamos algumas e outras ficam em aberto. Dentre estas últimas, a hipótese do empréstimo britânico parece plausível. Entretanto, quando comparadas à de Amaral, discutida no capítulo III, aquela parece ter consequências gramaticais mais ...


14

Dar migué vem de dar uma de Miguel, que tem mais ou menos os mesmos significados. Existe também miguelagem (‘falsidade, dissimulação, fingir que não sabe de nada’), migueloso e miguelento (‘falso, dissimulado’) e miguelar. Estas expressões são exclusivamente brasileiras e parecem ser todas muito recentes. Miguelagem é a que aparece mais cedo no Google, em ...


13

Qualquer ação que você faz para aprimorar algo é um treinamento, independente de ser algo físico ou lógico. Musculação ou malhação são treinos específicos. Pra "fazer musculação" ou "malhação" é necessário praticar e como é definido treino é uma prática. Note que malhar e malhação são termos informais, portanto não são os termos mais ...


13

PORTUGUESE (in English below) Cínico e os seus cognatos ingleses cynic (substantivo) e cynical (adjetivo) vão buscar os seus significados diferentes a diversos aspetos da doutrina e prática dos Antigos Cínicos, os adeptos do Antigo Cinismo, uma corrente filosófica iniciada na Grécia Antiga com Antístenes (446-366 AC), discípulo de Sócrates, e Diógenes de ...


13

Ter a ver é um galicismo, vide avoir à voir. A expressão portuguesa correspondente é ter que ver: As marés têm que ver com a gravidade do Sol e da Lua. A expressão torna-se assim um pouco mais transparente: ter (alguma coisa) que (=para) ver. É uma construção análoga a "temos muito que fazer", "há muito que fazer". Ainda assim, é difícil perceber o que ...


13

Não há diferença semântica; é a mesma alternância oi/ou que ocorre em muitas outras palavras: ouro/oiro, ouço/oiço, pousar/poisar e por aí adiante, os ditongos geralmente representantes do au no étimo latino. Dado que ou não é sequer um ditongo na metade sul de Portugal e em todo o Brasil, oi permite conservar o ditongo. No caso de cousa/coisa, coisa é ...


12

Procurei na internet, e em lugar algum fala algo sobre a origem, todos apenas do significado. Mas depois de várias pesquisas e muito pensamento lógico, me surgiu uma teoria que acho que até que faz um pouco de sentido sobre a origem de "sossega o facho". Primeiramente, "sossegar/abaixar o facho/pito" significa aquietar-se, acalmar-se.1, 2 Tendo isso em ...


12

Em inglês, segundo o The Free Dictionary o termo default pode ter o significado de failure (falha, defeito), por exemplo numa avaria eléctrica, num defeito de fabrico, ou num incumprimento financeiro, mas, nos computadores, o significado é outro: o de um "valor automático escolhido pelo sistema na ausência de intervenção manual em contrário", isto é, valor ...


12

Esse é o tipo de pergunta que revela o quanto a linguagem é um objeto enigmático, que não se entrega facilmente ao entendimento. Essa é, aliás, uma das razões pelas quais palavra não é um termo tão simples de definir. Pra começar, uma palavra não é uma unidade de significado, por incrível que pareça, mas uma unidade de expressão. Isso significa que, só de ...


12

A palavra atriz vem do latim actrix, -īcis. Por que para o caso do ator, a palavra no feminino não é atora? Nesse caso acho que é uma questão de etimologia. No caso de cantora, também tem uma forma semelhante: cantatriz [Do lat. cantatrice.] substantivo feminino Cantora profissional; cantora. Fonte: Aurélio, 5ª edição No caso ...


12

Aparentemente a palavra teve sua origem na periferia de Salvador, Bahia. A televisão incumbiu-se de divulgá-la para todo o Brasil, principalmente através das novelas, e já está incluída na nova edição do Aurélio, a ser lançada no próximo dia 11 de setembro, onde tem uma definição “mais branda”: “moça ou mulher que não tendo namorado, apenas demonstra ...


12

"Nossa" (short for "Nossa Senhora" = Our Lady) is an exclamation expressing surprise or astonishment. It's current usage in Brazil. Here are some examples with context where it is frequently used: (a) "Aqui está a cerveja. Eu trouxe 40 latinhas." (b) "Nossa! Não precisava tanto." (a) "Dê uma olhada lá fora. Devem ter caído uns 40 centímetros de neve." ...


12

The Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa (DACL) has two entries for fixe (/ˈfiʃ(ə)/; hear it in Forvo), giving the French fixe (/fiks/) as its origin. Houaiss dictionary (Lisboa, 2003) however just says it is a popular modification of fixo, probably under French influence. I quote DACL, as it has more examples: Fixe (1) Feminine and masculine ...


11

Essa duas palavras nasceram, não por ser arriscado, mas sim por terem sido criações (ou supostas criações) Russas. Temos também outro exemplo a salada-russa que nada tem a ver com a conotação extrema/arriscada. salada-russa Foi inventada nos anos 1860 por Lucien Olivier, chef do famoso restaurante Hermitage situado na praça Trubnaia, em Moscovo. Este prato ...


11

Me parece que este significado é antigo e vem do latim. De acordo com o Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, a palvra "bem" vem do latim "bene". De acordo com A Latin Dictionary, por Charlton T. Lewis e Charles Short (em inglês), um dos significados da palavra bĕnĕ no latim era: II. Adv. of intensity, = valde, very, with adjj. and advv. … Quer ...


11

Actually, one of our users, João de Barros, might know the answer. Being a famous historian, he already wrote "Argel" for the city Algiers in 1552. Here is the original¹ (Decadas da Aſia (1552). Liuro ſexto, Fo. 58) ¹ courtesy of John Carter Brown Library via archive.org Whether this was him following or starting a trend, or whether it was just one of his ...


11

(In English below.) Pois sim é usado em Portugal exatamente como no exemplo da pergunta: "Susan disse que você não é páreo pra ela no tênis" “Pois sim!!! Deixa estar.” Pois sim aqui é claramente irónico. Ironia é precisamente uma forma de dar a entender o contrário do significado literal das palavras usadas: embora literalmente pois sim ...


11

Papai Noel, como o tdmsoaes já averiguou (ver outra resposta), é uma adaptação do francês. Segundo a Wikipédia, o Père Noël (literalmente, Pai Natal) aparece na literatura francesa em meados do século XIX, correspondendo ao Father Chirstmas britânico e ao Santa Claus dos Estados Unidos, sendo este nome uma adaptação do Sinterklaas (São Nicolau) holandês. ...


Only top voted, non community-wiki answers of a minimum length are eligible