Hot answers tagged

15

Literalmente, «entre mortos e feridos, salvaram-se todos» não tem sentido. Trata-se na verdade de uma modificação brincalhona do ditado: Entre mortos e feridos, alguém há de escapar. Este compreende-se facilmente. Pelo que eu vi pela net, a variante brincalhona é usada, como seria de esperar, sempre jocosamente, e é aplicada a situações potencialmente ...


11

Mais vale perder os anéis do que os dedos ou Vão-se os anéis e fiquem os dedos.


8

Parece-me algo como brincar com fogo, cutucar a onça com vara curta, mexer num vespeiro e possivelmente outros nessa linha. Coisas que devem ser evitadas, ou feitas com extrema cautela, pisando em ovos.


8

Desconheço a origem, mas desde os anos 1980-90 sempre vi entendido como sinônimo de "dia de trabalhar", com "branco" em oposição ao "negro", tido como preguiçoso. Ou seja, de fato racista, juntamente com "serviço de preto", usado como sinônimo de "serviço mal feito", entre outros. É importante lembrar que, ainda que a expressão tenha uma origem diferente, ...


6

O candidato mais óbvio, também sugerido, dentre muitos outros, pelo dict.cc e pelo Google, é The early bird catches the worm. Outra possibilidade que se sugeriu é Early to bed early to rise, makes a man healthy, wealthy and wise! assim como "God helps those who help themselves" - mas não considero este último um bom equivalente, pois nunca vi o ...


6

“Tardo mas não falho” existe e quer dizer que eu demoro mas acabo por chegar ou por fazer o que disse que faria. “Tardo mas não ardo” existe pelo menos no teu meio, mas parece ser muito raro em geral: encontrei no Google Search uma única ocorrência independente da tua pergunta. Andei a vasculhar a Hemeroteca Digital Brasileira, que reúne o texto integral de ...


6

Ditado não tem que ver com deitado, mas sim com ditar no sentido de prescrever ou de dizer em voz alta para que se escreva. Veja-se ditado no Aulete digital: Substantivo masculino 1. Ação de ditar algo para que outro escreva. 2. O texto que se dita; a escrita feita por ditado (1). 3. Frase popular cujo conteúdo encerra um ensinamento; PROVÉRBIO Adjetivo 4. ...


6

Foi a primeira vez que encontrei esta expressão. A primeira coisa que me ocorreu, tal como ao Artefacto, foi que uns sofrem, e outros conseguem beneficiar com isso. Possivelmente de forma perfeitamente lícita: afinal não há nada de errado em vender lenços. Veio-me à ideia uma agência funerária. Depois de uma vista de olhos pela net, cheguei a outra ...


6

Para além da tradução literal "patinar em gelo fino", que nao é inapropriada em certos contextos, há expressões idiomáticas que se podem usar, como os seguintes ditados portugueses: pisar em ramo verde; caminhar na corda bamba. Referência: Linguee.


5

There is saying in Portuguese, "Mais vale perder, que mais perder" that means "better to lose some than lose more/a lot".


5

Ao que tudo indica, a frase boi preto conhece boi preto foi criada pelo próprio Clodovil Hernandes numa entrevista à revista Veja em 8 de fevereiro de 2006. Digo isto porque: Vários artigos posteriores atribuem boi preto conhece boi preto a Clodovil Hernades, como estes no Jornal do Brasil (29-1-2008) e no Correio Braziliense (24-9-2008). Este no Plantão de ...


3

Uma pesquisa simples na internet por "origem de foi assim que a alemanha perdeu a guerra" deu-me logo este resultado do CiberDúvidas, que acho explica claramente: https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/a-origem-da-expressao-foi-assim-que-a-alemanha-perdeu-a-guerra/20958 Que a expressão se aplica a alguém com o rabo em posição ...


3

TL;DR Ambas frases estão corretas a depender do contexto. Explicações "Quem tem boca vaia Roma" É sabido por muitos que alguns imperadores tiveram algumas crises durante suas vidas, exemplo: Calígula, o "pervertido"; Cláudio, o "paranoico"; e Nero, o "incendiário". Por isso, de acordo com o escritor Elio Marchand, no livro Quebrando O Código Da Bíblia, ...


3

Os dois ditados têm mesmo significado: quem não quer arcar com as consequências de uma ação, não a pratique; quem não quer enfrentar as dificuldades de uma situação, não se meta nela. No caso d'O Cortiço de Aluísio de Azevedo (originalmente publicado em 1890), um homem enrolou-se com uma moça menor. A mãe da moça exige que ele case com ela, mas ele parece ...


3

A interpretação literal do ditado é a seguinte: Se num dado dia, suponhamos domingo (véspera de segunda-feira), gastarmos tudo o que temos (ou pelo menos grande parte do que temos), tal significa que, na segunda-feira, nada teremos (ou muito pouco teremos) para gastar. Assim, os dias de muito gasto, são as vésperas de ficarmos com muito pouco ou sem nada ...


2

Nunca ouvi, mas diria que significa que existem pessoas que tiram proveito (por exemplo, financeiro) das desgraças dos outros. É de resto este o significado descrito nesta página: Enquanto uns choram, outros vendem lenços. É a filosofia da vida, enquanto você estiver mal, sempre terá alguem se beneficiando com isso. Noutros resultados que encontrei, ...


2

Consultando o Dicionário inFormal, o buraco seria a cova onde a pessoa seria enterrada. No meu entender, seria mais difícil terminar comigo.


2

"Mais vale um pássaro na mão que dois voando: Significa que é melhor ter pouco que ambicionar muito e perder tudo. É tradição de antigos caçadores. Eles achavam melhor apanhar logo a ave que tinham atingido de raspão, antes que ela fugisse, do que tentar atirar nas que estavam voando e errar o alvo." Você pode ver o significado e a origem desse e de muitos ...


2

A minha interpretação literal do provérbio sempre foi como ilustro abaixo: A candeia que vai à frente alumia duas vezes porque alumia o caminho à pessoa que a leva e à pessoa que vai atrás. Se fosse a pessoa de trás que levasse a candeia, já não iluminaria o caminho à da frente. É claro que usado literalmente o provérbio não teria interesse nenhum — duas ...


2

Sobre a origem da expressão existe um certo folclore, como é comum em ditos populares, mas a historia mais aceita se refere ao poeta português Manuel Maria Barbosa, e fala sobre a impossibilidade da correção de um soneto feito por um estudante, pois era tão ruim que um emenda apenas pioraria o soneto. Tendo essa informação, podemos dizer que a origem é ...


1

É uma expressão utilizada na modalidade oral do Português (PE), em contextos informais, em diálogos com pessoas próximas ou que partilham o mesmo estilo discursivo. O significado significa "ir embora", "desaparecer"; Também adquire o sentido de "perder alguma coisa" quando utilizamos no seguinte contexto: Quando duas pessoas ...


1

Bom, a expressão surgiu na França Feudal. Ela era utilizada para o jovem (criado) segurar "luminárias" (na época: candeeiros) para que os seus patrões tivessem relações sexuais iluminadas. E, agora, utilizamos essa expressão quando há um (ou mais) casal (is) e um solteiro (a) no meio da galera.


1

O exemplo dado é uma figura de linguagem plurissignificativa, em todos os casos naturalista e biológica. Podemos dizer que tem ambiguidade por conter um duplo sentido que não pode ser inteiramente resolvido. Permite simultaneamente uma interpretação em sentido literal e em sentido figurado. Se figurado é uma metáfora zoomórphica em que associamos ...


1

Por preguiça não faz direito e, assim, acaba tendo que refazer: por isso "dobrado". Mas não conheço a origem da expressão.


1

Apesar dos percalços, tudo deu certo no final!


1

"Matamos o tempo; o tempo nos enterra." Matar o tempo significa entreter-se ou realizar alguma atividade, geralmente não-produtiva, enquanto as horas não passam. Por exemplo, fazer palavras cruzadas enquanto esperamos uma chamada para embarque. "O voo vai atrasar três horas. Preciso arrumar alguma coisa para matar o tempo." Já "o tempo nos ...


1

I'll try to clarify two of those: Matamos o tempo; o tempo nos enterra. Matamos o tempo can be translated literally as "to kill time", ie, do nothing usefull while you're getting older and older. O tempo nos enterra- Literally, Time (capital letter) buries us, we die a little bit each day. Não te irrites se te pagarem mal um benefício: antes cair das ...


1

Aprendi ouvindo minha mãe e tias, filhas de portugueses, que isto significava gastar ou consumir sem pensar nas consequências e no futuro.


Only top voted, non community-wiki answers of a minimum length are eligible