6

Em Portugal as pronúncias são diferentes. Para do verbo parar é pronunciado pára, com á aberto; a preposição é pâra, com â fechado. O para de parar é como no Brasil: rima com cara e Sara. A preposição podem ouvi-la aqui no Forvo (usuário aimae); e mais três aqui na palavra parabéns (o para é igual nas duas palavras). Agora, eu escutei uns tantos brasileiros ...


3

Eu entendi janeiro fora como pelo janeiro fora, análogo a pela noite fora. Haveria aqui uma elisão do pelo, que é até mais comum do que eu pensava (exemplos abaixo). Mais à frente no provérbio há também a elisão de algo como o dia. Seria portanto, pelo janeiro fora, o dia cresce uma hora ou ao longo de janeiro, o dia cresce uma hora. Este uso de fora vem em ...


3

Para mim, Janeiro fora, quer dizer quando já não é janeiro. Ou seja, um vocativo: Janeiro fora! Saia daqui. :) Que nem: Roberto, fora! Preciso trabalhar. Do Priberam: Expressão usada para afastar ou mandar embora. = ALA, "fora", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2021, https://dicionario.priberam.org/fora [consultado em 30-...


3

Não, em Portugal não são homófonas. "Tem" soa "tãim", "têm" soa "tãim-ãim"; "vem" soa "vãim", "vêm" soa "vãim-ãim"; Vide transcrição fonética: https://european-portuguese.info/pt/ipa#tem%20t%C3%AAm tem: tɐ̃j têm: ˈtɐ̃jɐ̃j


2

Cópia do Ciberdúvidas: Segundo José Pedro Machado (Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa), a palavra desporto tem um desenvolvimento histórico com dois momentos. Por um lado, é uma adaptação do antigo francês desport, forma divergente de deport, «divertimento, jogo», derivado regressivo do verbo déporter, «divertir, distrair». É assim que se explica ...


1

Saudações! Sou brasileiro nativo e espero te auxiliar com minha resposta. Lembrando que ela é válida para o PT-BR. Apesar de as palavras com acentos possuírem o mesmo significado e pronúncia do que as sem acento, suas colocações em frases escritas são diferentes. Ao falar, não há nenhuma diferença entre elas, porém um cuidado especial deve ser tomado na hora ...


1

Ao contrário do que foi dito, nalgumas comunidades rurais do Norte ainda se usa 'pois não'. Mas é em geral considerado um arcaísmo que sobreviveu intacto no Brasil. Já agora, se querem arcaísmos do português, vejam os crioulos de Cabo Verde, e possivelmente de outros locais (Guiné, Índia, Malaca...). Cheiinhos deles...


1

Por que = Usado no início das perguntas. Por quê? = Usado no fim das perguntas. Porque = Usado nas respostas. Porquê = Usado como um substantivo.


Only top voted, non community-wiki answers of a minimum length are eligible