9

As duas provêm de palavras latinas muito similares: filius no caso de filho, e filum no caso de fio. Note porém que estas não parecem ter relação entre si, etimologicamente falando, levando a crer que a semelhança não passa de mera coincidência.


8

Yes, the word is engenho. It's only used for sugar mills, and sometimes referred to as engenho de cana ("cana" for sugar cane). As @AndréLyra pointed out below, today, in Brazil, "usina de açúcar" is the most common term for sugar mill. A few facts about the word: A very common phrase with this word is senhor de engenho, meaning the mill's owner or, by ...


7

O que dificulta uma resposta à tua pergunta é que, linguisticamente, nunca foi classificado como tal, e hoje não é considerado dialeto nem do português nem do castelhano. É certo que muitos españolistas queriam (e ainda, na verdade, querem) designar o castelhano como espanhol e as outras línguas no país dialetos dele, um exemplo pode ser encontrado nesta ...


7

PORTUGUÊS (English follows) Etimologia: Tanto em espanhol como em português, "raro" vem do latim rārus. O significado é o mesmo ou semelhante em ambas as línguas. Significado em Espanhol (fonte: Real Academia Española) Que se comporta de uma maneira incomum. Extraordinário, incomum ou infreqüente. Limitados na sua classe ou espécie. Ilustre, notável ou ...


6

No minha experiência em Portugal, pachorra é usado na aceção 1 da Infopédia: capacidade de suportar contrariedades, incómodos e dificuldades com calma e tranquilidade; paciência ⟨o João tem uma pachorra!⟩ falta de diligência ou de pressa; vagar; lentidão Não me recordo de ouvir pachorra usado na segunda aceção. É usado sobretudo para indicar ...


4

Só para expandir a resposta do @Guilherme - a etimologia sugere que o significado "infreqüente" é mais antigo do que "fora da norma". ETIMOLOGIA lat. rarus,a,um "que apresenta intervalos ou interstícios, espaçado, poroso, esparso, pouco cerrado, pouco denso, ralo" Fonte: Dicionário de Português, Oxford University Press


4

As palavras incomum e estranho são sinônimos, mesmo que a palavra estranho soe como algo pejorativo, não significa isto totalmente, assim como incomum também pode ser usado eventualmente para apontar algo fora do "normal". Vendo o site http://sinonimos-online.com/incomum.html Sinônimos de incomum: incomum [adjetivo] (significa "raro") diferente, ...


4

Eu sugiro "ininterrupto" (adj) ou "ininterruptamente" (adv) Estudamos a noite toda, ininterruptamente. A loja está aberta das 9 às 17, ininterruptamente. Na loja o atendimento é ininterrupto, de 9 às 17. O presidente não consegue ler um discurso sem (fazer) interrupções. O menino já sabe recitar o alfabeto ininterruptamente. "ininterrupto"- não ...


4

Eu não consigo pensar numa única expressão que sirva nos teus quatro exemplos, e estou tentado a dizer que não existe tal expressão. No primeiro exemplo diria (links ao Michaelis): O menino já sabe/tem o alfabeto na ponta da língua. O menino já sabe o alfabeto de cor e salteado. Saber de cor significa apenas que a pessoa memorizou sem necessariamente ...


2

É mais acertado dizer que o galego e o português são codialetos de uma mesma língua, o romance galaico-português registrado nas Cantigas de Santa Maria e em alguns cancioneiros medievais, como o da Vaticana.


2

A origem das duas palavras já foi bem descrita acima por Amorim. Acrescento que cada vez menos ouve-se a palavra filho ser pronunciada "fio" por brasileiros alfabetizados. Quando o fazem é geralmente em um tom jocoso. No entanto, temos quilombos no Brasil e nesses locais ainda encontramos quilombolas que pronunciam "fio".


1

Em adição às já mencionadas ocorre-me três expressões vagamente equivalentes, "de enfiada", "de empreitada" e "de uma assentada". Ele gostou tanto do livro que o leu todo de enfiada. ou Comi a caixa de chocolates de uma assentada só. ambos com o significado de feito de uma vez só, de seguida ou rapidamente. Já a expressão "de empreitada" poderá ...


1

Galego teve origem no norte de Espanha na região da Galiza. Em algumas regiões fronteiriças (norte e nordeste) e dado a amizade entre as populações (fomentadas pelo desprezo á policia e ambas ditaduras fascistas (Franco e Salazar) os dois lados da fronteira falam Galego. Existem algumas diferenças entre o que se fala em Espanha comparado com Portugal mas ...


1

Those are called "false friends". There are a lot of them. To mention just a few: "ventana" (Spanish for "window") translates as "janela" in Portuguese but looks like "ventania" ("brisk winds") "borrar" (Spanish for "erase") translates as "apagar" in Portuguese but looks like "borrar" ("to dirty") "tienda" (Spanish for "shop") translates as "loja" in ...


Only top voted, non community-wiki answers of a minimum length are eligible