16

"Mim" não conjuga verbo. Logo, para saber se é adequado usar "mim" ou "eu" perceba se você está tentando conjugar algum verbo com essa palavra. Faça comida para eu comer. Faça comida para nós comermos. Faça comida para mim comer. O "mim" é um pronome pessoal oblíquo tônico. Os pronomes pessoais oblíquos tônicos são sempre precedidos de uma preposição e ...


15

Além do cacófato (que também aconteceria em outros casos como: "eu vi ela" [viéla] em vez de "eu a vi"), o pronome está sendo mal empregado: ele(s) e ela(s) são pronomes pessoais do caso reto e só podem ser usados na função de sujeito. Para complementos verbais, devemos usar os pronomes oblíquos (o, a, os, as, lhe, lhes). Para mais referências dê uma olhada ...


6

Para Mim Usado normalmente para encerrar a frase. Faça comida para mim. Vocês podem fazer isso para mim? Mas não necessariamente precisa encerrar a frase. É o pronome pessoal usado para indicar que a ação da frase é endereçada ao autor da frase: Vocês podem fazer isso para mim ou para ele? Para eu... Usado normalmente com um objeto direto. Faça comida ...


4

Aprovação do Hino Nacional O órgão responsável pela aprovação do Hino Nacional Brasileiro foi o poder legislativo, que, em 6 de setembro de 1922, assinou o decreto 15.671. O decreto foi assinado por Epitacio Pessôa, que na época era senador eleito pela Paraíba. Ouviram do Ypiranga as margens placidas De um povo heroico e brado retumbante E o sol da ...


3

As @bfavaretto mentioned, we also have cujo and its derivatives but also quem which translates as whom. Here's a Wikipedia article about this (Only available in Portuguese).


2

Nunca devemos dizer "eu amo ela", "eu vi ela", e sim "eu a amo", "eu a vi". Isto vale para o verbo no infinitivo acompanhado de pronome pessoal. Exemplo: ao invés de dizer "conhecer ela", prefira dizer "conhecê-la".


2

Acredito que seja códigos ramais visto que nos casos de substantivo + substantivo, ambos vão para o plural quando se deduz que há autonomia de significado em cada um. Segundo o site Guia do Estudante: https://guiadoestudante.abril.com.br/blog/duvidas-portugues/aprenda-de-vez-o-plural-de-nomes-compostos/ Norma geral: nos substantivos compostos vão para o ...


2

Resposta curta, conforme aprendi no curso primário: Quem ouviu - foram as margens plácidas Quem falou (bradou) - foi um povo heróico O que foi ouvido - o brado retumbante O que falou (bradou) - algo que não é citado nesse parágrafo, e que nos ensinaram ter sido "Independência ou Morte" Onde estavam quem ouviu e quem falou - quem ouviu foram as próprias ...


1

Opa, infelizmente não vou poder te dar em detalhes semânticos do que está rolando ali.(minha gramática não é tão boa) Porém, creio eu, que deva se levar em consideração, não apenas a letra, mas também como se é cantado, afinal é um hino. Tendo isso em mente, o que foi ouvido, foram as margens plácidas(que remete ao sossego do rio) e o brado retumbante(que ...


1

Não havendo acento, as margens plácidas poderiam ser ou sujeito ou objeto direto (respetivamente as margens ouviram ou foram ouvidas). Mas avançando para o verso seguinte, encontramos o brado retumbante, que está no singular, enquanto o verbo está no plural, pelo que o brado retumbante só pode ser objeto direto (semanticamente, também faz mais sentido termos ...


Only top voted, non community-wiki answers of a minimum length are eligible