Questions tagged [sintaxe]

Parte da linguística que se dedica ao estudo das regras e dos princípios que regem a organização dos constituintes das frases. (Fonte: https://dicionario.priberam.org)

Filter by
Sorted by
Tagged with
3
votes
2answers
28k views

«Para» é preposição ou conjunção em «eu disse para ele se calar»?

Estas frases são semanticamente equivalentes: (a) Eu disse para ele se calar (b) Eu disse-lhe para (ele) se calar (c) Eu disse-lhe que se calasse Em (c) a frase em itálico é uma oração ...
3
votes
1answer
143 views

«Decora o que mais te diz» — how does this sentence work?

I'm struggling to understand the bit in boldface below: Pouco a pouco, palavra a palavra, que sintas o meu afecto por escrito se não o sentires por de mais [...] Decora o que te mais te diz, meu ...
3
votes
1answer
1k views

«Porquê» e «porque» em frases interrogativas infinitivas ou sem verbo no português europeu

No português brasileiro, para além de este porquê ser grafado por quê, e este porque, por que, existe outras diferenças neste tipo de frases, as quais são tratadas nesta pergunta. No português europeu,...
13
votes
4answers
2k views

Como abreviar horas em texto?

Após pesquisar em alguns sites fiquei em dúvida por isso resolvi perguntar : Como abreviar horas em texto? Ouvi que não posso escrever zero à esquerda em texto, então estaria errado escrever 09h05 e ...
5
votes
2answers
817 views

«Vais embora amanhã?!» — «Por quê amanhã?» ou «por que amanhã?» em português brasileiro?

Esta dúvida surgiu-me nesta pergunta sobre à toa e nesta sobre punheta de bacalhau. Nas perguntas originais perguntava-se porque à toa? e porque punheta?, e eu fui todo lampeiro e mudei o porque para ...
6
votes
1answer
198 views

Que faz o «eu» em «eu custa-me a crer tais boatos»? Ou nem sequer lá devia estar?

Custa-me a crer ou a mim custa-me a crer não levantam espiga, mas eu custa-me parece violar a concordância verbal. No entanto, eu soam-me perfeitamente naturais esta e outras construções tais. E têm ...
3
votes
1answer
306 views

«Vencer é tudo a que aspiramos» ou «tudo ao que aspiramos»?

O par de frases seguintes é perfeitamente pacífico: (a1) Desejamos vencer. (a2) Vencer é tudo o que desejamos. Mas como fica se usarmos um verbo com preposição? Comecemos com aspirar a no ...
13
votes
1answer
1k views

A preposição «para» é facultativa em «vou ao Rio para conhecer o Pão de Açúcar»?

Estou em dúvida na seguinte frase: Vou ao Rio de Janeiro para conhecer o Pão de Açúcar. Vou ao Rio de Janeiro conhecer o Pão de Açúcar. As duas formas estão corretas? Semanticamente, há diferença? E ...
6
votes
1answer
16k views

Qual é a diferença entre “que” e “quê”?

A dúvida reside em escrever a seguinte frase: Em ... consiste esta técnica? Devo usar que ou quê? Estava voltado a usar "quê", pois entendia como "algo indeterminado". No entanto, entendo também ...
5
votes
2answers
2k views

Este uso de “como” + pretérito imperfeito do conjuntivo está correcto?

Pelo que percebo, o uso correcto deste modo destina-se a acções passadas ou atemporais, em orações subordinadas iniciadas por que (a acção principal geralmente denota pedido, ordem, sugestão, etc.): ...
6
votes
1answer
1k views

«Vou» em «vou buscar uma maçã à cozinha» é verbo pleno ou auxiliar?

Consideremos as seguintes frases: (a) Vou buscar uma maçã. (b) Vou buscar uma maçã à cozinha. (c) Vou à cozinha buscar uma maçã. (d) Vou à cozinha. Vou parece ser verbo auxiliar em (a), mas em (d) ...
9
votes
2answers
2k views

Posição de «sempre»​

Vejo com frequência os falantes não nativos terem dificuldades com a posição de «sempre». Nomeadamente, em português europeu, a seguinte frase não é possível (sempre tem de estar em posição pós-verbal)...
9
votes
1answer
15k views

Qual a origem de “bué”?

Quando eu era mais novo, a palavra bué (pt-PT) era usada na expressão bué (de) ..., significando “muito...” Era apenas uma moda, usada em círculos informais, mas a palavra continuou a ser muito usada. ...
4
votes
1answer
616 views

Dúvida sobre análise sintática de: a verdade é que você mentiu para o fiscal

No exemplo a seguir: A verdade é que você mentiu para o fiscal. A oração pode ser classificada como subordinada substantiva predicativa? Porquê?
1
vote
1answer
64 views

Problema com sintaxe em e-mail

Recebi recentemente um e-mail e achei confusa a escrita. Gostaria de saber quais erros foram cometidos, e sobre a escrita abaixo, o que se entende. Hoje teremos nosso grande baile e para aqueles ...
6
votes
1answer
495 views

Infinitivo pessoal ou impessoal?

Ao redigir esta pergunta, hesitei entre as duas versões seguintes: (a) Mas tu és médico, para ires lá dar palpites? (b) Mas tu és médico, para ir lá dar palpites? Optei pela primeira, mas não tenho ...
9
votes
3answers
614 views

Pontuação correta e classificação de “mas tu és médico para ires lá dar palpites?”

Para que não haja dúvidas, ele não é médico mas propõe-se ir dar uns conselhos a um amigo doente. Portanto a pergunta do exemplo é retórica. Quanto à pontuação, vejo três possibilidades: (a) Mas tu ...
3
votes
1answer
2k views

Acento de insistência ou enfático

Para expressar sentimentos fortes de emoção, alegria, raiva ou por outra razão qualquer o falante pode emitir uma sílaba tônica com duração e intensidade fora do normal. Existem também situações onde ...
8
votes
2answers
1k views

Ordem sujeito-verbo nas orações

O latim permitia uma ordem muito flexível na construção das orações. Algumas das línguas latinas como o francês perdeu essa flexibilidade e outras como o espanhol em maior parte a conservou, ...
9
votes
3answers
2k views

How to use “zuar”?

Brazilians keep bullying each other and playing tricks on each other in a friendly way all the time. The word that they use for this is zuar. I struggle with it a little because I don't know how to ...
10
votes
2answers
2k views

Usamos verbo ou substantivo: “carreteiros em viajem” ou “carreteiros em viagem”?

Na frase abaixo, devemos usar o substantivo viagem ou o verbo viajem? "Carreteiros em viajem" ou "Carreteiros em viagem" ? Tem uma regra que diz que é para usar com a letra J quando é verbo, então ...
9
votes
1answer
4k views

Uso de “qual” e “qual é” em perguntas

No Brasil, é comum é omitir o verbo ser em perguntas no formato qual é o/a.... Por exemplo: Qual é o seu nome? ou Qual o seu nome? As duas variações são corretas segundo a gramática normativa? ...
5
votes
1answer
167k views

Qual a diferença entre conjunção e preposição?

As preposições e conjunções são palavras de ligação entre termos de uma frase. Exemplo: O menino segurou o brinquedo com as mãos? Ordem e progresso. com: preposição e: conjunção ? Qual a ...
10
votes
2answers
986 views

É correto dizer “bastantes”?

É comum usarmos a palavra "bastante" como adjetivo. Exemplo: Já estudei bastante sobre este assunto. Podemos flexionar a palavra "bastante" para o plural? Exemplo: Existem bastantes formas ...
9
votes
2answers
10k views

Em redações oficiais. Qual a diferença entre pronome de tratamento e vocativo?

Segundo o manual de redações oficiais do Brasil os pronomes de tratamento em redações oficiais são os seguintes: Vossa Excelência, para as seguintes autoridades: a) do Poder Executivo: Presidente da ...
3
votes
3answers
3k views

Quando é que uma oração não tem sujeito?

Em quais casos uma oração não possui sujeito? Um deles é quando o verbo haver indica existência: Haverá mudanças. E os demais?
13
votes
3answers
3k views

Deve-se evitar usar vírgula entre orações subordinadas substantivas e a oração principal?

A recomendação que não se deve usar vírgula entre orações subordinadas substantivas e a oração principal está correta?

1
2