Questions tagged [regionalismo]

The tag has no usage guidance.

Filter by
Sorted by
Tagged with
2
votes
1answer
289 views

Origem da expressão “de mala e cuia”

Sou gaúcho (do Rio Grande do Sul - Brasil) e a expressão de mala e cuia é muito utlizada no estado com o significado: ir embora de forma definitiva. Sempre achei que era uma expressão regionalista, ...
1
vote
1answer
65 views

Porque se diz “Semilha” na Ilha da Madeira para referir batata

Porque se diz "Semilha" na Ilha da Madeira para referir batata? Muito utilizado pelos locais.
3
votes
0answers
78 views

Alguma vez se disse “ua” ou “u’a” em vez de “uma” no Rio Grande do Sul?

Encontrei este u’a em Saga do escritor gaúcho Erico Veríssimo (Livraria Globo, 4ª edição, Porto Alegre, 1944). Exemplos (negrito meu): ao redor de u’a mesa (p. 23) U’a mulher loura de seios ...
1
vote
1answer
169 views

Qual é o significado da palavra “uai”?

A palavra O que significa uma pergunta que se faz referente ao linguajar de Cultura mineira região localizada no Brasil
5
votes
2answers
1k views

No nordeste do Brasil, qual siginificado da expressão “comigo a volta é por dentro”?

No filme o Auto da Compadecida, o personagem Chicó diz o seguinte: Porque comigo a volta é por dentro, que nem pavio de vela em talo de macaxeira. A julgar pelo contexto (veja aqui), a expressão "...
1
vote
1answer
434 views

Qual a origem de «proio»?

No norte de Portugal, mais precisamente no Minho é usada com bastante frequência a palavra «proio» com o significado que aparece no aulete: proio s. m. || (Minho) (pop.) assento, traseiro. ...
1
vote
0answers
2k views

Onde é que se usa “imagina” em resposta a um “muito obrigado”? Desde quando?

A mim parece ser algo do final do século XX. Já ouvi muito o uso de "imagina" dito por operadores de telemarketing, principalmente paulistas. Mas também já ouvi de pessoas provenientes de outros ...
4
votes
4answers
2k views

Origem histórica de “conto” e “pila” para se referir ao dinheiro

Pilim, bago, bufunfa, paus, vintém, verba e dindin provam que existem muitas formas de se referir ao dinheiro, seja euro ou real. Existem dois termos que me intrigam muito. É muito comum, em ...
6
votes
1answer
1k views

Etimologia de “canga” (no sentido de ferramenta de arado)

No Brasil, principalmente no nordeste, "canga" é o mesmo que "jugo" (do latim "jugum", mas creio que em Portugal chame-se "parelha"), uma ferramenta usada na cabeça dos bois para emparelhá-los durante ...
6
votes
1answer
5k views

Origem do significado de “mistura” - pt-BR

Existe uma expressão que, acredito eu, é mais comum nos estados de São Paulo e Minas Gerais, apesar de já ter ouvido pessoas de outros estados a usarem também. A expressão é "mistura", e se refere à ...
9
votes
5answers
550 views

Algum dialeto do português brasileiro usa “nem” onde normalmente se usa “não”?

Eu tenho uma amiga mineira. Notei que ela fala frequentemente a palavra "nem" aonde eu esperaria a palavra "não". Eu não sei se isso é certo, mas me acostumei a só ouvir "nem" quando se nega uma ...
9
votes
2answers
968 views

“Sertã” é uma palavra usada em português europeu?

Encontrei a palavra sertã (Priberam) em português por tentar descobrir a origem da palavra espanhola sartén que conhecia pelo menos em português brasileiro como frigideira. Nunca tinha ouvido sertã e ...
4
votes
1answer
941 views

O que significa “diam” em “elas 'diam' ao junco para o mato”

O texto abaixo é o relato de uma senhora (1) habitante de Flores, Região Autônoma dos Açores a uma segunda pessoa (2) não identificada. Relato este feito no século XX. 1 "Oh grandeza, elas ...
2
votes
1answer
474 views

Sounds: Why 'e' in some words become 'a' (uh) or 'ê' (en)? Why not 'é' (eh)?

Can "Lenha" be pronounced as "lanha" or "lênha"? Why not "lénha"? More explicitly: Why the e sound in some words become an a (uh) sound or an ê (en) sound? Why not an é (eh) sound? A few words where ...
11
votes
1answer
1k views

Qual é a etiqueta no uso de «vós podeis, vós sabeis», etc. no norte de Portugal?

O tratamento por vós com conjugação dos verbos na segunda pessoa do plural, vós podeis, vós sabeis, etc, sobrevive no norte de Portugal. A minha questão é se esse tratamento denota a mesma ...
6
votes
1answer
276 views

O que é ficar à ucha?

Ficar à ucha no Priberam é: (francês huche, arca) substantivo feminino Caixa ou casa em que se guardam géneros alimentícios. [Regionalismo] Queimada de urze. = FOGUEIRA, QUEIMA ...
7
votes
1answer
295 views

Is there a linguistic term for omitting the last syllable of a word and joining it with the next, in speech?

In certain parts of Brazil (in the rural areas of Minas Gerais, for instance) some people tend to omit the last syllable of a word and join two words in speech. Is there a term for this linguistic ...
10
votes
1answer
7k views

Do tempo do Ronca

No Rio de Janeiro há uma expressão muito usada para se referir a algo que é muito antigo: "do tempo do Ronca". Por exemplo, imaginem dois colegas numa conversa: - Lembra daqueles calhambeques? - Ih, ...
11
votes
4answers
3k views

Em que região de Portugal se troca o “v” pelo “b” na língua falada?

A troca a que me refiro é, por exemplo, falar "baca" ao invés de "vaca". Já há algum tempo que não a ouço, mas antigamente ouvia essa troca ocasionalmente quando ia ao Porto. Seria um dialeto?
14
votes
2answers
4k views

Os cabelos são loiros ou louros?

Ambos estão corretos? Existe uma contexto para cada uso? Tem a ver com regionalismo ou informalidade? Há alguma fonte confiável que indique isto?
11
votes
2answers
2k views

“Tu” em vez de “você” no sul do Brasil

No Rio Grande do Sul é bastante comum usar o "tu" no lugar do "você" na linguagem popular: tu pode (e não tu podes) em vez de você pode, por exemplo. Qual a origem dessa substituição? In the Rio ...