Questions tagged [mudanças-históricas]

Questões sobre fenômenos da língua portuguesa, seja nas perspectivas diacrônica ou sincrônica.

Filter by
Sorted by
Tagged with
2 votes
0 answers
28 views

Por quanto tempo durou e qual o padrão por trás da nasalação de oxítonas terminadas em i?

No Português, certas palavras nativas oxítonas terminadas em i foram nasalizadas: si → sim, mi → mim, assi → assim, mai → mãe. Porém, outras não foram: ti → ti, aqui → aqui, ali → ali. Qual é, se é ...
  • 2,175
6 votes
1 answer
108 views

A língua Portuguesa já teve vogais longas no passado?

No passado maçã e pá eram escritas “maçãa” e “paa”. Essas vogais eram longas? Ou eram vogais distintas, ocorridas em sílabas separadas (como em “micro-ondas, voo e cooperar”)? Não me refiro às vogais ...
  • 2,175
6 votes
3 answers
932 views

A palavra “judiar” é ofensiva?

Estava no dicionário, pesquisando judiação, e eis que vejo ela é ofensiva! E o Houaiss diz que isso vem da “antiga tradição antissemita de origem europeia”. Sempre a usei e nunca percebi nela ofensa ...
  • 2,360
1 vote
0 answers
50 views

Por que das regras de colocação pronominal?

Quando aprendi as regras de colocação pronominal, achei-as bem estranhas, exceto a que “proíbe” próclise em início de oração e a que “força” ênclise em imperativo, soando-me melhor dizer «puseram-na ...
  • 2,360
4 votes
1 answer
87 views

Que heranças do gênero neutro tem o português?

O latim tinha três gêneros: o masculino (homo), o feminino (mulier) e o neutro (alcohol). Há algum traço no português que advenha do gênero neutro latino? Um gênero gramatical é uma característica ...
  • 2,360
4 votes
2 answers
376 views

Por que algumas palavras terminam em "n" e não "m"?

Em geral, palavras no português que terminam com um som nasal se escrevem com "ão" ou "m" no final — fora estrangeirismos, claro, como design. Essa é uma regra de que já se tratou ...
  • 10.4k
1 vote
0 answers
1k views

“As armas e os barões assinalados” - que barões são estes?

Estava a ler Os Lusíadas de Luís Vaz de Camões e já não me lembro da análise da 1ª estrofe do Canto I. Canto I As armas e os barões assinalados, Tentei procurar um comentário crítico na internet, ...
  • 1,857
1 vote
1 answer
42 views

Qual o significado de "acrescentado" em poema de Alberto Caeiro?

Em O Guardador de Rebandos, de Alberto Caeiro (pseudónimo de Fernando Pessoa), consta o seguinte no poema V (grifo meu): Pensar no sentido íntimo das cousas É acrescentado, como pensar na saúde Ou ...
's user avatar
5 votes
1 answer
73 views

Quando surgiu o «o» que sói acompanhar a interrogativa «que»?

É muito frequente (até quase obrigatório, segundo vejo dalguns dialetos) ouvir a palavra «o» antes da palavra «que» nas perguntas. Por exemplo: O que queres? Mas este «o» não parece ter nenhum ...
4 votes
2 answers
1k views

Alguma vez se disse “ua” ou “u’a” em vez de “uma” no Rio Grande do Sul?

Encontrei este u’a em Saga do escritor gaúcho Erico Veríssimo (Livraria Globo, 4ª edição, Porto Alegre, 1944). Exemplos (negrito meu): ao redor de u’a mesa (p. 23) U’a mulher loura de seios fartos (p....
  • 44.1k
4 votes
0 answers
113 views

Quando e por que mudou o til nos ditongos nasais da segunda letra para a primeira?

Hoje os ditongos nasais que aparecem no final de muitas palavras são escritos assim: ão, ões, etc. Mas no passado, como é evidente na primeira edição d'Os Lusíadas, o til aparecia não sobre a ...
8 votes
1 answer
351 views

"Ainda o não merecemos"―pronome átono antes da negação?

Eu comecei a ler Os Maias (1888; completo) de Eça de Queirós há uns dias e já notei mais de uma vez um padrão que nunca tinha visto antes: negações com um pronome de objeto direto colocado antes da ...
  • 723
6 votes
1 answer
518 views

Where are the patronymic surnames of Hebraic origin?

Names of Greek, Latin or Germanic origin generated patronymic surnames, e.g., Álvaro -> Álvares António -> Antunes Estêvão -> Esteves Fernando -> Fernandes Geraldo -> Geraldes ...
11 votes
2 answers
644 views

O nome do membro viril em bom vernáculo (sim, esse mesmo) já foi aceitável? Quando passou a ser tabu?

Encontra-se no passado a palavra caralho usada em situações em que hoje causaria escândalo. No Corpo Informatizado do Português Medieval encontramo-la em três cantigas de escárnio e maldizer dos ...
  • 44.1k
9 votes
3 answers
2k views

Quando é que «hipótese» adquiriu o significado de «possibilidade, chance»?

A palavra hipótese (Aulete) é hoje usada frequentemente com o significado de ‘possibilidade, chance’, mas inicialmente era apenas um termo culto que significava ‘suposição’ e coisas assim. Por exemplo,...
  • 44.1k
2 votes
0 answers
391 views

Deus, Luís de Camões, o livro "os lusíadas" e as reformas ortográficas da língua portuguesa

Por que os nomes próprios foram alterados ao passar do tempo? O que Lvis de Camoens, tem com a reforma ortográfica da língua portuguesa? Pois, que, agora, é lembrado por um nome que não lhe pertencia, ...
5 votes
1 answer
219 views

Infinitivos terminados em -ri

Estava escutando o novo disco dum grupo de música tradicional portuguesa, e numa das canções a forma do infinitivo não é a normal de -ar/er/ir senão -ari/eri/iri: Extracto da letra para «Lá cima ó ...
3 votes
3 answers
199 views

Colocação dos adjetivos possessivos

Obviamente, há duas construções mais comuns para a colocação dos adjetivos possessivos. Se é definido antes, indefinido depois. (E sem artigo, passa a ser determinador, e então definido.) o meu ...
12 votes
2 answers
628 views

Quando e como começou o Pretérito Perfeito Composto do Indicativo a implicar repetição?

Em português, o Pretérito Perfeito Composto do Indicativo tem um uso bastante diferente da maioria das outras línguas próximas; possui aquilo a que por vezes se chama um aspeto iterativo. A única ...
  • 16k
12 votes
1 answer
898 views

Did Portuguese gain or lose fricative allophones of /b, d, g/?

Lenition of Voiced Stops In Iberia, the three voiced stops /b/, /d/, and /g/ undergo lenition when they appear between vowels, producing fricative allophones: [b] → [β] for example, alfabeto, sílaba,...
  • 3,059
30 votes
3 answers
4k views

Porque é que temos o "c com cedilha"? (Why do we have "c with cedilla"?)

A letra ç é usada em algumas palavras, mas tem o mesmo som que o grupo ss. Não seria mais simples se todas as palavras com este som se escrevessem com ss? Suponho que o motivo seja que a raíz da ...
30 votes
3 answers
9k views

Afinal K, W e Y fazem ou não parte do alfabeto usado na língua portuguesa?

Sou relativamente novo, então durante meu período de escola passei por varias mudanças no alfabeto que eu conhecia, alguns professores me disseram que K, W e Y faziam parte do alfabeto, anos depois ...
  • 1,741