Questions tagged [fonologia]

Questões sobre a fonologia da língua portuguesa.

Filter by
Sorted by
Tagged with
7 votes
1 answer
1k views

Dialetos que conservam diferenças de sibilantes: na pronúncia, “sinto” ≠ “cinto”, “coser” ≠ “cozer”

No português, há pares de consoantes sibilantes homófonas que são grafadas de maneiras diferentes por motivos históricos. São os seguintes pares: ⟨ch, x⟩, exemplo feche e feixe; ⟨s, z⟩ (o ⟨S⟩ simples-...
Seninha's user avatar
  • 2,255
13 votes
1 answer
2k views

Como é que «una» e «unus» do latim deram em «uma» e «um» no português?

Uma vem do latim una, tal como um vem de unus. Ora estas palavras latinas deram no italiano, catalão, castelhano, etc. una e uno. No caso do um consigo pelo menos especular uma via, possivelmente ...
Jacinto's user avatar
  • 45k
12 votes
4 answers
2k views

Do all Portuguese - from the Algarve to Bragança - pronounce a palatized sibilant "s" at the end of a syllable?

In most regions of Brazil the "s" sound at the end of a syllable is non-palatized and sounds exactly like "s". It may be more stressed in one place and less in another, but such ...
Centaurus's user avatar
  • 24.3k
14 votes
4 answers
4k views

Qual é a história da pronúncia chiada e não chiada do «s» em final de sílaba?

Atualmente a o s em fim de sílaba é pronunciado como ç de ração ou z de razão pela maioria dos brasileiros (s não chiado); e como ch de chato ou j de jato) por portugueses, cariocas e alguns outros ...
Jacinto's user avatar
  • 45k
12 votes
2 answers
1k views

Did Portuguese gain or lose fricative allophones of /b, d, g/?

Lenition of Voiced Stops In Iberia, the three voiced stops /b/, /d/, and /g/ undergo lenition when they appear between vowels, producing fricative allophones: [b] → [β] for example, alfabeto, sílaba,...
tchrist's user avatar
  • 3,299
12 votes
3 answers
2k views

Por que razão são tão raras as palavras que começam por «lh» e «nh»?

Eu ia já todo lampeiro dizer que não havia palavras que começassem por lh ou nh, mas por descargo de consciência consultei um dicionário, e há. Poucas, mas há. Por lh temos, claro está, lhe, lho, lha ...
Jacinto's user avatar
  • 45k
11 votes
1 answer
4k views

Por que palavras de origem Tupi usam ⟨ç⟩ em vez de ⟨ss⟩?

No vocabulário brasileiro existem muitas palavras que, no Tupi, possuiam o som de /s/ (como em saca e caça) e foram inseridas no dicionário português com o C-cedilha ⟨ç⟩ ou o C-palatalizado ⟨ce, ci⟩. ...
Seninha's user avatar
  • 2,255
9 votes
2 answers
273 views

Pronúncia dos is e us no Brasil

O artigo sobre Fonologia da Língua Portuguesa na Wikipédia indica para o Brasil, ou melhor, para São Paulo, dois pares de fonemas próximos: [i] e [ɪ]; e [u] e [ʊ]. Em qualquer dos casos em Portugal ...
Jacinto's user avatar
  • 45k
8 votes
1 answer
3k views

Por que razão "ô" do singular passa a "ó" no plural em palavras como "ovo", "jogo", "olho"?

Há uma certa tendência para palavras paroxítonas com o tónico fechado (ô) no singular o terem aberto (ó) no plural. Exemplos com um acento gráfico inexistente na nossa ortografia só para indicar o ...
Jacinto's user avatar
  • 45k
7 votes
1 answer
2k views

Como se chama a inserção de um som vogal extra entre duas consoantes, típica dalguns falantes brasileiros?

Enquanto os portugueses tendem a elidir na fala algumas vogais não acentuadas, alguns brasileiros vão ao extremo oposto e inserem em certas palavras um som /i/ extra para separar duas consoantes ...
Jacinto's user avatar
  • 45k
5 votes
2 answers
655 views

"Vi o o" em "vi o ocaso" e "via ig" em "devia ignorar" é uma ou duas sílabas métricas?

Aqui há uns tempos pus-me a traduzir por brincadeira um epigrama em versos decassílabos dum conto do Kipling, e deixei uns versos pendurados por causa da métrica. Eu quero que cada verso tenha dez ...
Jacinto's user avatar
  • 45k
5 votes
1 answer
450 views

Porque é que viemos a ter ditongo nasal em «mãe», mas oral em «pai»?

Mãe e pai (Priberam) vieram do latim mater, matris e pater, patris, via madre e padre do galaico-português. Vejam esta pergunta sobre a possível influência da linguagem infantil nesta evolução. Ora ...
Jacinto's user avatar
  • 45k
4 votes
0 answers
300 views

Como "Senhor" virou "Seu"?

Essa resposta explica a redução de "Senhor" para "Seu" (e também de "Santo" para "São") como sendo simplesmente uma redução da extensão fonética Se trata ...
stafusa's user avatar
  • 12.1k
4 votes
2 answers
2k views

Why do people in Portugal pronounce "e" as "ei" or "a" before "ch", "j", "lh" and "nh" (as in fecho, veja, abelha, tenho) but as "e" otherwise?

A funny thing happens in European Portuguese accents. It has been described in this question. One of the sounds the letter e represents in Portuguese is /e/ (as in vê). However when a stressed e ...
Jacinto's user avatar
  • 45k
0 votes
0 answers
109 views

Por que no português não existe o digrafo de "th"?

No latim existia o digrafo de "th". Por que no português não existe o digrafo de "th"? Talvez por causa de alguma reforma ortográfica ou porque complicaria o ensino ou problemas na ...
THE atheist's user avatar