1

Nunca vi a palavra "acima" com o acento grave, mas --- da mesma forma que se craseia a palavra "aquela" ---, parece a mim também que se deve crasear a palavra "acima" quando a regência nominal determina, como é o caso da regência de "analógo a". Por exemplo, em "produza uma tabela análoga a acima", penso que se poderia escrever "análoga àcima". Dito isso, meu senso de estética parece dizer que "análoga a acima" soa melhor.

Pergunta. O que diz a teoria e o que se faz nesse caso? Obrigado.

1
  • à é crase. ácima não existe, sejamos claros.
    – Lambie
    Apr 13, 2023 at 19:37

1 Answer 1

2

Também me parece estranho com crase em "acima", provavelmente porque quando escrevemos ou dizemos

a acima

o substantivo está implícito:

a [tabela] acima

Ou seja, assim como escreveríamos

um processo análogo ao [processo] descrito acima

creio que se escreva:

produza uma tabela análoga à acima

embora eu preferisse:

produza uma tabela análoga àquela acima

Também suspeito que o fato de "acima" não ser substantivo ou pronome (é um advérbio) é um empecilho ao uso da crase — mas não encontro uma fundamentação para essa hipótese.

1
  • 1
    Sua observação de que "acima" não é um substantivo ilumina bastante a questão aqui. Tipicamente não começamos uma frase dizendo algo como "A acima [...]" porque "acima" não é substantivo, como você bem observa. Similarmente, o artigo "a" viria de "a tabela" e daí sim teríamos "análoga à (tabela) acima". Muito bem observado. Concluo assim que não teremos crase na palavra "acima" pela razão de não ser um substantivo. Muito obrigado pela iluminante análise na questão. Apr 13, 2023 at 12:42

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service and acknowledge you have read our privacy policy.

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.