3

Em matemática, estudamos vários tipos de funções:

  • Uma função constante é uma função do tipo f(x)=c.
  • Uma função potência é uma função da forma f(x)=x^n.
  • Uma função polinomial é uma função do tipo f(x)=polinômio.
  • Uma função racional é uma função do tipo f(x)=polinômio/polinômio.

Se é correto falar em "funções constantes", "funções polinomiais" e "funções racionais", porque é errado dizer "funções potências"? Ou não é errado?

Pergunto isso por dois motivos. Primeiro, me soa estranho. Segundo, parece que a maioria das aparições no Google registra "funções potência" em vez de "funções potências" (porém há muitos casos das duas formas).

1

1 Answer 1

6

Sugiro usar "funções (de) potência".

Nos demais exemplos ("constante", "polinomial", "racional") temos apenas adjetivos, enquanto "potência" é um substantivo — por isso inclusive também se usa o termo "função de potência", e essa preposição está implícita na expressão sem ela: "função [de / do tipo] potência". E, como explicado para substantivos compostos:

Apenas o primeiro elemento vai para o plural [...] [quando] o segundo elemento limita o sentido do primeiro

e aqui "potência" limita o tipo de função a que se refere. Outro exemplo do tipo é "soluções tampão".

Outra linha de argumentação para o plural apenas da primeira palavra do termo é a preposição "de" implícita, que, ao menos para substantivos compostos ligados por hífen leva à recomendação:

Flexiona-se somente o primeiro elemento, quando formados de:

substantivo + preposição oculta + substantivo = cavalo-vapor e cavalos-vapor

Dito isso, "pedra-sabão", em que "sabão" claramente limita o sentido de "pedra", formalmente admite ambos os plurais, "pedras-sabão" e "pedras-sabões" (embora esse último pessoalmente me soe muito mal), ilustrando talvez o comentário de José Neves Henriques no Ciberdúvidas:

O plural dos nomes compostos é, por vezes, complicado e um tanto controverso.

E de fato não me parece que se possa provar que pluralizar "potência" está errado, mas, pelas razões acima (e pelos meus ouvidos), sugiro não a flexionar.

2
  • 2
    Eu também nunca diria "pedras-sabões". De acordo com o primeiro critério que apresentas seria só "pedras-sabão" ("sabão" especifica o tipo de pedra). Esse é também o critério do Cunha e Cintra (vê esta pergunta), mas já tinha visto plurais violando esse critério em dicionários.
    – Jacinto
    Jun 6 at 10:02
  • @Jacinto Hehe... você cita na tua resposta exatamente a mesma frase do JNH que eu na minha. :)
    – stafusa
    Jun 6 at 12:18

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.