6

É sabido que em grande parte do Brasil as vogais tónicas são nasaladas quando seguidas de consoante nasal (m, n ou nh) na sílaba seguinte. Por exemplo,

                    pronunciado (quase?) como

  • cana         →        cãna,
  • remo        →        rẽmo,
  • ponho      →        põnho.

Ao que parece, a vogal tónica nesta situação sofre alguma influência nasal em todo o lado, mas o artigo sobre Portuguese pholonology (Wikipedia em inglês) diz que essa influência é quase inexistente em Portugal, São Paulo e sul do Brasil.

A minha pergunta é se também há influência nasal quando a consoante nasal está na palavra seguinte, como:

                    pronunciado (quase?) como

  • Zé Manel      →        Zẽ Manel ?
  • Zé Nota        →        Zẽ Nota ?
  • está mal       →        estã mal ?

Ou ainda, o em Zé Manel ou Zé Nota é diferente do de Zé Carlos? Ou vi muito depressa confunde-se com vim muito depressa (mesmo que não se fale muito depressa)?

1
  • A palavra remo (remar), não é realmente nasalada como seria o caso de: capim. E a cana-de-açucar também não. ponho por definição sim. :) como risonho e canhota, por exemplo. Qualquer palavra com nho ou nha, sim. As outras, não.
    – Lambie
    May 2, 2022 at 20:30

1 Answer 1

2

Não, não consigo encontrar nenhum exemplo em que isso acontece, ao menos nos falares com que tenho familiaridade.

Zé em Zé Manel ou Zé Nota é diferente do de Zé Carlos

Não, o "Zé" é pronunciado marcadamente separado da palavra seguinte.

vi muito depressa confunde-se com vim muito depressa (mesmo que não se fale muito depressa)

Talvez, mas principalmente pelos "i"s serem, para mim, iguais nos dois casos.

14
  • Um é / i /, o outro é / ĩ /. Tu és daqueles que nasalas remorẽmo? Ou distingues bem quem nasala de quem não nasala. Eu antes de ler sobre isso nunca tinha notado nada. Confirma-se o que diz a Wikipedia, que em São Paulo quase não se nasala? Creio que já ouvi o contrário…
    – Jacinto
    May 2, 2022 at 18:23
  • @Jacinto Sim, digo "rêmo". Sobre São Paulo acho difícil dizer com certeza, mas também não creio que se nasale muito menos. A usuária megskae, de SP, pronuncia "cama" com o primeiro "a" fechado — apesar de que aos meus ouvidos os áudios de Portugal também, então talvez esse seja uma mau exemplo.
    – stafusa
    May 2, 2022 at 18:35
  • Calma: uma coisa é rêmo, outra é rẽmo; não é só uma questão de timbre aberto versus fechado. Por exemplo, cêdo e sendo = sẽdo têm ambos E fechado, mas num é oral, no outro é nasal. Em cama, a questão é se o primeiro A é simplesmente fechado como em cada ou se é nasal como em canta = cãta.
    – Jacinto
    May 2, 2022 at 19:20
  • @Jacinto Sim, sim, em "cama" é anasalado. Fico imaginando se â e ã são quase sempre o mesmo no meu dialeto...
    – stafusa
    May 2, 2022 at 19:41
  • O A é capaz de não ser bom teste. O meu primeiro A de cada é fechado, mas o teu é capaz de ser aberto. No E (se o E de feno é como o de cêdo fechado oral, ou o de sendo = sdo nasal) e O (se o O de lona é como o de lôba fechado oral ou o de lomba = lõba nasal) é que se vê bem se h
    – Jacinto
    May 2, 2022 at 20:12

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service and acknowledge you have read our privacy policy.

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.