2

Na frase:

"Na inserção ou supressão da pontuação nas estruturas restritivas ou explicativas, devem-se observar: (vários itens)"

A concordância verbal está correta? Qual seria a análise morfossintática do verbo e do pronome "se" de acordo com a linguagem formal?

4
  • Stafusa, sabes se esta pergunta já foi respondida algures? Não encontrei nenhuma, mas ela parece tão natural.
    – Schilive
    Oct 28, 2021 at 21:31
  • @Schilive Sim, eu diria que já foi: É errado dizer "vende-se casas"?.
    – stafusa
    Oct 29, 2021 at 15:39
  • @stafusa, "vende-se casas" não tem locução verbal como em "devem-se observar". Apresentei a dificuldade por esse motivo.
    – zewill
    Nov 1, 2021 at 23:43
  • O que é locução verbal para você??
    – Lambie
    Nov 2, 2021 at 16:44

2 Answers 2

2

A Moderna Gramática Portuguesa, de Evanildo Bechara, diz que podemos ver dever se fazer X/dever ser feito X de dois modos. Se interpretarmos dever fazer-se X/deve ser feito X como locução verbal, ela deve concordar com o sujeito, X; se interpretarmos fazer X como objeto de dever-se, o verbo dever estará na voz passiva, e, como fazer X é uma oração, o verbo estará no singular, semelhantemente a em quer-se ver o Cristo Redentor (= é quisto ver o Cristo Redentor), em que ver o Cristo Redentor é o sujeito de querer-se. Ambas são corretas e correntes.


Devem-se matar os porcos a comer = Devem ser mortos os porcos a comer. (1º)

Deve-se matar os porcos a comer = É devido matar os porcos a comer. (2º)


7
  • Votei positivo porque a explicação está muito bem apresentada, porém, vejo um pequeno problema ainda. Reduzindo a frase, fica: "Na inserção ou supressão devem-se observar: (vários itens)". Então, pela sua explicação, seria uma locução verbal "devem observar" e o "se" seria uma partícula apassivadora. Se assim for, entendo que o objeto direto do verbo transitivo direto é transformado em sujeito passivo, e não o verbo "observar". Analisando dessa forma, se houvesse apenas um item, seria "deve-se observar" e, com mais de um item, "devem-se observar", pois o sujeito seria composto. Correto?
    – zewill
    Oct 29, 2021 at 13:27
  • 1
    @zewill, a ser sincero, eu pus a carroça na frente dos bois. Pelo que entendi duma pesquisa, há duas maneiras de analisar dever-se fazer. Uma é sendo dever-se fazer*/*dever ser feito uma locução verbal na voz passiva. A outra é ver fazer-se*/*ser feito como objeto de dever. Vou mudar a resposta. Obrigado por comentar.
    – Schilive
    Oct 29, 2021 at 14:56
  • então o seu segundo exemplo está gramaticalmente correto? Ou o verbo deve concordar com o sujeito?
    – zewill
    Nov 1, 2021 at 23:48
  • @zewill, ambos os exemplos estão corretos. No primeiro exemplo, vê-se devem-se matar como uma locução verbal; no segundo, vê-se matar os porcos como objeto de dever, então, dever tem sujeito indefinido.
    – Schilive
    Nov 1, 2021 at 23:56
  • 2
    Schilive e @zewill, eu sou capaz de estar já a chover no molhado, mas a frase da pergunta só pode ser passiva sintética com a locução verbal devem-se observar (com subida do clítico) e o sujeito paciente são os vários itens (correspondente à passiva analítica os itens devem ser observados é à voz ativa devemos/devo/etc. observar os itens). Para ser o objeto ser *observar os itens, que e singular, teria de ser deve-se [observar os itens] que pode ser interpretado como passiva sintética ou voz ativa com sujeito indeterminado se.
    – Jacinto
    Nov 2, 2021 at 16:58
0

A concordância é feita por ser um verbo auxiliar e um principal. Como o verbo principal não é impessoal ele assume a forma de infinitivo e o verbo auxiliar concorda com o sujeito. A concordância não é baseada na partícula (se).

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service and acknowledge you have read our privacy policy.

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.