4

Já ouvi várias vezes tudo quanto é canto (= tudo que é canto = todo canto), tanto que é generalizável, tudo quanto é X. Pesquisando no Google dos pronomes relativos (quanto é pronome relativo), apenas achei que quanto (como pronome relativo) é usado com outros significados, máxime de quantidade, como em como tantas batatas quantas agüento e ela tem quanto precisa para comprar a casa.

Então pergunto: é correto o uso de quanto como que?

Se bem me lembro, há desse uso na carta do descobrimento do Brasil e em outros textos antigos, de antes do século XVIII, então, talvez seja um arcaísmo.

1
-1

Olha só o que diz o maior poeta da língua portuguesa (penso eu), o Fernando Pessoa:

Tudo quanto vive,
vive porque muda; muda porque
passa; e, porque passa,
morre. Tudo quanto vive
perpetuamente se torna
outra coisa, constantemente
se nega, se furta à vida.

Os sinónimos segundo este site (tudo quanto) são:

qualquer coisa, o que quer que seja, seja o que for, tudo aquilo que.

Conclusão: "tudo quanto é x" não é exatamente "tudo que é x". Se usa para dizer "qualquer coisa que é" e é mais formal. E "tudo quanto é conto" não equivale a "todo conto".

"Tudo quanto" contém uma dúvida. "Tudo que", não.

Se pode sentir no poema do Pessoa essa dúvida. Ele está dizendo que se o ser está vivo, daí vem um série de coisas. Mas ele não está dizendo que tudo vive. :)


Fernando Pessoa PESSOA, F. Livro do Desassossego, por Bernardo Soares. Vol. II. Mem Martins: Europa-América, 1986.

tudo quanto

4
  • 1
    Interessante. Camões também usou, segundo o Aulete, “ O que, aquilo: || Que o médico advertido tudo quanto deseja lhe consinta. (Camões.) ”. Então, tudo quanto é cachorro é tudo aquilo que/o que é cachorro, assim como tudo quanto deseja é tudo aquilo que/o que deseja. Eu tinha visto esse significado no Houaiss, mas não havia entendido. Obrigado pela resposta!
    – Schilive
    Aug 26 at 17:49
  • Achei outra coisa interessante. Acho que tudo quanto é expressão antiga na língua, porquanto ela era usada em textos em galego-português: glossa.gal/glosario/termo/2827#fc-loc_pronom-2. Agora não sei se o meu outro comentário estava certo.
    – Schilive
    Aug 26 at 17:59
  • 2
    Pra ser franco, não entendi bem isso de "tudo quanto é x" = "qualquer coisa que é x" ≠ "tudo que é x". Eu diria sem hesitação que as duas últimas expressões são intercambiáveis.
    – LoremIpsum
    Aug 27 at 22:07
  • Achos que os votos negativos mostram que as pessoas não sabem ler.
    – Lambie
    Sep 29 at 14:03
4

Todas estas variantes estão correctas e têm o mesmo significado:

  • Há teias de aranha em tudo quanto é canto.
  • Há teias de aranha em tudo aquilo que é canto.
  • Há teias de aranha em tudo o que é canto.

É a alternativa que dás (em tudo que é canto) que me parece marginal (embora por alguma razão não tão má quanto ?tudo que sei está errado). Esta construção é contudo descrita como "particularmente corrente" no português do Brasil (errata para a pág. 82).

-2

Segundo uma pesquisa que fiz, "tudo quanto é canto" e "tudo que é canto" estariam corretas por atenderem à demanda do sentido.

1
  • 3
    Por favor não deixe de citar tuas fontes na resposta — como está, é como se ela não as tivesse.
    – stafusa
    Aug 25 at 7:50

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.