6

Minha mãe é do Maranhão e desde pequeno usamos o adjetivo "cãi(n)do/a" (honestamente, nem sei como escrever) para fazer referência a alguém atrapalhado, abobado. Fora da família, aqui em São Paulo, nunca ouvi ninguém usando esse termo. Dia desses fui pesquisar a palavra e não a encontrei em lugar algum. A pronúncia é como em "cãibra", mas com a terminação em -inda/o. A grafia não saberia dizer se é "cãindo" ou "cãido", ou qualquer outra.

Alguém saberia algo sobre? Encontrei só referências a uma determinada "D. Cãinda", o que não ajudou em nada.

7
  • 1
    Talvez venha de cândido: cãdido > cãido. A palavra cândido pode significar alguém puro, inocente, o que pode ser similar a tolo, atrapalhado, bobo, etc.
    – Schilive
    Aug 12, 2021 at 23:32
  • 1
    Bem-vindo ao Portuguese SE, Bruno, e obrigado pela pergunta. Outra possibilidade para a origem talvez seja uma redução de "canhoto", que também pode significar "desajeitado".
    – stafusa
    Aug 17, 2021 at 7:20
  • 3
    Bruno e @Schilive, a Revista Lusitana de 1918 (vol. 21, p. 325) regista em Portugal Cãindo como forma popular de Cândido. Também encontrei Cãindo e Cãinda como nome de pessoa no Brasil (a D. Cãinda que tu encontraste é um exemplo), que deve também ser forma popular de Cândido/a. E para além de ’puro’ e ’inocente’, o Houaiss dá cândido como sinónimo de ’ingénuo’ e ’tolo’.
    – Jacinto
    Aug 17, 2021 at 19:23
  • uau, muito interessante, pessoal. Obrigado pelas respostas! "Cândido", no sentido de ingênuo/tolo, combina bem com o significado que damos a "cãindo", de fato. Aug 18, 2021 at 16:18
  • Sabe o que faria se fosse você? Ligaria para algum lugar lá no Maranhão, tipo prefeitura o escola e perguntaria. Esses usos regionais muitas vezes não se encontram em dicionários.
    – Lambie
    Sep 25, 2021 at 21:09

2 Answers 2

5

Cãido, Cãida estão atestados como formas populares de Cândido, Cândida em Portugal, na Revista Lusitana de 1918 (vol. 21, p. 325, disponível para download no Instituto Camões):

Candido, nome proprio. Fórmas populares: Cãido, -a; Cãidlo (Algarve)

E no Brasil, na Revista do Instituto do Ceará de 1936 (mais outro excerto para completar):

Mantive por isso a forma Cãida , que é popular e familiar. Ela veio-nos através de Cándia, acusado por outra variante , com a metátese do i, normal em português. Houve no Ceará um médico e dentista estimado, cujo nome, Cándido Holanda, é ainda hoje por todos pronunciado Candi’Holanda.

E cândido há muito que tem o significado de ’ingénuo, simples’. Daqui para o ’atrapalhado, abobado’ do uso descrito na pergunta, não é grande salto, como o autor já observou nos comentários.

Segundo o Houaiss (Lisboa, 2002), cândido vem do latim candidum, que significava ’branco, alvo; vestido de branco; radioso, brilhante’ (candeia e candeeiro são da mesma família) e ainda ’belo, formoso, sereno; feliz, ditoso’. Em português, já em 1712 Raphael Bluteau regista cândido com os significados de ’alvo, branco’ e também ’singelo, sincero, muito puro, de costumes e vida santa’. Em 1789, Moraes Silva já acrescenta ’simples, ingénuo, inocente’. Ele usa todos estes termos apreciativamente, mesmo ingénuo, que ele define como ’sincero, singelo, sem dobrez, não refolhado’ (links às definições no mesmo dicionário).

Basicamente, para ele, ingénuo é ’que não tem malícia’. E exemplos de muito cândido que eu encontro do século XVIII têm a ver com isso, com pessoas que levam vidas santas. Mas em exemplos do século XIX já encontro acerca de pessoas que são ingénuas no sentido de não verem as manhas dos outros (e por isso poderem deixar-se enganar); é esse o caso, como se pode ver pelo contexto, deste “A Senhora é muito candida” (1880) ou este “foi muito candido ou muito politico” (1892).

De fama internacional, já em 1759, o Cândido do romance Cândido ou O Otimismo de Voltaire era um bocado bobo. Este romance serviu de inspiração à novela brasileira Êta Mundo Bom (2016) e à personagem Candinho; do pouco que vi fiquei com a ideia que ele era também ingénuo e simplório; não sei se cãido lhe assentaria bem...

0

A escrita é "caindo". O que acontece é que a pronúncia é nasalada, ou seja, é um som emitido pelo nariz, logo, a pronúncia tende a ser diferente. O mesmo ocorre com "cãibra/câimbra".

1
  • 2
    Bem-vindo, Wellington Siqueira, ao Portuguese StakExchange! Obrigado pela resposta, mas aqui se geralmente tenta usar referências nas respostas. Não és obrigado a fazer isso, mas a responde fica mais fraca. Bem-vindo e obrigado de qualquer modo.
    – Schilive
    Aug 23, 2021 at 22:31

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.