2

Exemplo:

Se o copo ou o pote for de vidro, pode quebrar facilmente

Se o copo ou o pote forem de vidro, podem quebrar facilmente

Qual das alternativas está correta?

Neste caso, a frase faz sentido tanto para o copo ser de vidro, o pote, ou ambos, mas e quanto aos casos de ou exclusivo (onde apenas uma alternativa ou outra faz sentido, mas as duas ao mesmo tempo não), a regra continua a mesma?

0
1

Se se pensar nas frases deste modo

O copo ou o pote é de vidro? Se sim, pode quebrar facilmente.

O copo ou o pote são de vidro? Se sim, podem quebrar facilmente.

é visível que a primeira frase é equivalente a «ou o copo ou pote é de vidro? Se sim, pode quebrar facilmente». É o ou exclusivo¹; ex.: «ou faz a lição ou 'tá de castigo» diz que para a pessoal com quem se fala tem apenas duas possibilidades: a) ser castigado e não fazer a lição b) não ser castigado e fazer a lição. Logo, a resposta à frase seria sim em apenas duas situações: a) o copo é de vidro e o pote não é b) o copo não é de vidro e o pote é. Então, se estivermos numa dessas situações «pode quebrar», sujeito indeterminado, mas, por contexto, é lógico assumir que é o objeto que é de vidro. Interessante que depende do contexto; ex.: João fala «posso quebrar com o bastão?» e lhe reponde Carlos «se ou o copo ou o pote for de vidro, pode quebrar facilmente», assim o João poderia quebrar facilmente.

Com a segunda frase, a reposta é sim em apenas três situações: a) o copo é de vidro b) o pote é de vidro c) o copo e o pote são de vidro. Porém, é possível ser sim apenas quando ambos forem de vidro², então, é ambígua. Se for sim apenas naquelas três situações, é possível reescrever como «se o copo e/ou pote forem de vidro [...]»; se for apenas quando ambos forem de vidro, «se (ambos) o corpo e o pote forem de vidro [...]». Em qualquer uma das intenções, se a resposta for sim, é probabilíssimo assumir que tanto o copo quanto o pote podem quebrar facilmente, i.e., se o sujeito da segunda oração for «copo e pote» e a resposta for sim, o copo e o pote podem quebrar facilmente, mesmo se o pote, por exemplo, for de plástico.

De qualquer modo, ambas estão corretas.

1: https://www.soportugues.com.br/secoes/sint/sint54.php#:~:text=3)%20Quando%20os%20n%C3%BAcleos%20do,a%20ess%C3%AAncia%20da%20poesia%20brasileira.

2: https://ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/duvidas-sobre-a-conjuncao-ou-e-seu-valor-semantico-e-linguistico/26133#:~:text=%C2%ABOu%20sais%20ou%20entras%C2%BB%3A,pela%20express%C3%A3o%20conjuncional%20e%2Fou.&text=Disjun%C3%A7%C3%A3o%20exclusiva%3A,do%20Sporting%20ou%20do%20Benfica.%C2%BB

2
  • O teu exemplo-base não é de todo equivalente. O exemplo que dás, «ou faz a lição ou 'tá de castigo», tem um ou a juntar duas frases completas. O da pergunta, «se o copo ou o pote for(em) de vidro, pode(m) quebrar facilmente», liga duas partes incompletas da frase; não se poderia partir a frase pelo ou. Mesmo que (se?) o resto da resposta esteja tecnicamente correta, assenta numa premissa inadequada. Acho que precisas de um exemplo mais adequado. – ANeves thinks SE is evil Mar 10 at 12:18
  • @ANevesthinksSEisevil, esse exemplo («ou faz a lição ou 'tá de castigo») é realmente diferente, mas a idéia era só para explicar o ou exclusivo, que é um ou o outro, mas não ambos. Desculpa, mas eu não entendi onde eu separei a frase pelo "ou". Foi nas duas frases no começo? – Schilive Mar 10 at 13:56
0

Boa noite, Janilson! Sim, o verbo aponta se há mais de uma opção. Porém, nos dois exemplos que citou, o verbo deveria estar no singular. Logo, a segunda frase está errada; Por quê? Exatamente porque "OU" é uma conjunção utilizada para "escolher" uma única opção. Já a conjunção "E" dá sentido de soma, fazendo com que a concordância verbal fique no plural. Exemplos:

  • "Se o copo OU o pote FOR de vidro, PODE quebrar facilmente."

  • "Se o copo E o pode FOREM de vidro, PODEM quebrar facilmente"

    E há pessoas que, dependendo da frase, preferem unir as duas opções: "Se o copo E/OU o pote FOR(EM) de vidro, PODE(M) quebrar facilmente".

2
  • Oi Julia, perceba que você está considerando apenas o "ou" exclusivo, e ele pode ser inclusivo também: "Se ela se perder ou se o carro quebrar de novo, ela perde a corrida.", aqui, se ela se perder e também tiver uma quebra no carro, ela certamente vai perder a corrida - não faria sentido o "ou" ser exclusivo, já que uma situação não impede nem cancela a outra. Eu diria que no exemplo da pergunta também não. Veja a resposta do Schilive. – stafusa Mar 9 at 14:47
  • Oi, Schilive! Tudo bem? – Julia Mar 16 at 1:15

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.