3

Estava a ler sobre o termo inglês Illeism,

excessive use of the pronoun he especially in reference to oneself.

Uma vez que procurava entender o que sites em português tinham a dizer sobre o termo, recorri ao DeepL e Google Translate para tradução.

  • DeepL -> Illeísmo

  • Google Translate -> Illeism

Procurando no Priberam, por exemplo, não encontro nada sobre a mesma.

Será que o mesmo existe / faz sentido em português? Se sim, qual a palavra correta?

0
3

«Ileísmo»

Vendo o inglês «illeism», a palavra «ileísmo» ou «eleísmo», se pensarmos na etimologia do termo, parecem possíveis traduções. Porém, nenhum dos dicionário que vi (Michaelis, Aulete, Dicio, Priberam e Houaiss) apresentou «eleísmo» ou «ileísmo», salvo o Dicio, que apresentou para «ileísmo»: Grm Uso busivo e desnecess&cute;rio do pronome de 3. pesso., creio eu que equivalente a Geralmente uso abusivo e desnecessário do pronome da 3ª pessoa.

Pela má formatação do Dicio descrevendo a palavra e falta de imparcialidade, vou desconsiderar sua acepção de «ileísmo».

Que termo usar?

Ao meu ver, há duas opções: optar por uma palavra já dicionarizada ou por um neologismo, uma palavra nova. Uma palavra dicionarizada seria uma opção mais segura.

Palavra Dicionarizada

Quando alguém está falando de si na terceira pessoa (ex.: «Calma, Carlos. Vamos terminar o dia sem fumar outro cigarro»), a pessoa está se referenciando a si na terceira pessoa, ou seja, se autorreferenciando na terceira pessoa. Como não chamamos “eu amo” de autorreferência, mesmo sendo, seria razoável usar apenas autorreferência em vez de autorreferência na terceira pessoa.

Outro modo seria usar «falar» ou «(autor)referenciar» como substantivo; ex.: «o falar de si é amiúde visto como infantilidade» e «autorreferenciar-se na tomada de decisão é estudado por cientistas». Existem provavelmente centenas de jeitos para expressar o ato de falar de si na terceira pessoa, mas aparentemente não há uma única palavra com esse significado.

Neologismo

Um neologismo é uma palavra nova que pode ser importada, como «feedback» e «campus», ou criada dentro da própria língua, como «chinelada» ou «gordamente». Assim poderíamos importar «ileísmo» do inglês «illeism».

Se não quisermos importar do inglês, temos algumas opções:

  • Por analogia com o inglês, juntar latim {ille} com português {-ismo} para formar {ileísmo}, com um l porque no português não se escreve dois ll;
  • Seguindo apenas o português, juntar latim {ille} com português {-ismo} para formar {ilísmo}, porque o {-e} em «ille» é átono, ou {ileísmo} se quisermos preservar mais o {ille};
  • Como latim {ille} significa «ele» (e ille > ele), juntar {ele} com {-ismo}, que nos dá «elísmo» ou «eleísmo» se quisermos preservar mais o {ele}.

Interessante que em matéria do Nexo e Epoca.Globo, usaram «ileísmo».


Nota: não estou excluindo outras formas, apenas apresentando algumas opções.

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.