3

Um dos significados de ordenado é ’remuneração, salário’. Assim, fico pensando: A palavra ordenado ter a mesma raiz de ordem é uma coincidência ou há alguma razão por trás? De minha parte, não consigo imaginar qualquer relação entre uma ordem — seja no sentido de comando ou de ordenamento — e uma remuneração.

2
  • Loremlpsum, bem-vindo ao site. Olha, a minha edição foi só uma mariquice: formatei como em obras de linguística -- itálico para mencionar a palavra (o título não aceita itálico, tem de ser aspas) e apóstrofos para significados. Se não gostares, faz rollback ou edita à tua vontade; é a tua pergunta.
    – Jacinto
    Jan 24 at 21:56
  • @Jacinto Obrigado pelas boas-vindas e pela edição. Aprendi algo não só com a resposta, mas também com esse seu comentário.
    – LoremIpsum
    Jan 25 at 0:03
3
+50

Não é coincidência, não. Olha o que diz o Thesouro da Lingua Portugueza de Domingos Vieira de 1873 (grafia original; link ao segundo excerto; não consegui que o Google encontrasse o primeiro, mas encontra-lo subindo duas páginas):

1). ORDENADO s. m. Mantimento, remuneração certa e determinada, legal. Distingue-se dos prés, emolumentos, e mercês particulares por despachos extraordinários.
[…]
Cousa, mercê ordenada; cousa, mercê que se dá, não por despacho, nem desembargo extraordinario, mas por regimento, e ordenança. Vid. Ordenança.
[…]
ORDENANÇA, s. f. Decreto, ordem, lei, estatuto, ou preceito do legitimo superior, assim espiritual como temporal.
—Lei, ordenação.

Note-se que o dicionário é de 1873, mas ilustra o uso de ordenado com vários exemplos de autores do século XVI, tão perto da origem quanto eu consegui chegar. O que eu tiro destas definições, é que o termo ordenado se deve a este tipo de remuneração ser literalmente ordenado. Não simplesmente no sentido que alguém mandou que se pagasse (isso seria verdade também de pagamentos ocasionais), mas que ficou determinado em lei, decreto, estatuto. Isto seria assim no passado. Creio até que o dicionário foi muito conservador (o que é muito útil para quem está interessado na origem do termo): já no princípio do século XIX se encontra ordenado no sentido mais lato atual; por exemplo, uma anúncio nesta Gazeta de Lisboa de 1805, pede um caixeiro, prometendo “hum bom ordenado”.

Antes, em 1720, também o Vocabulario Portuguez & Latino de Raphael Bluteau relaciona ordenado na aceção de ’pagamento, gratificação’ com leis e decretos (negrito meu):

ORDENADO, fallando em Leys, Decretos, ou outra cousa semelhante. Constitutus, ou institutus, a, um. Vid. Ordenar.
Ordenado de Ordens Sacras. Sacris initiatus.
Ordenado, que se dà a alguem para seu sustento […] Ordenado que se dava aos Soldados, que traziam certidões do General, de ter servido bem a Republica [romana] na guerra […] Foy Licinio apresentado pelo Pretor Lucullo ao Conselho da Fazenda, ou Védoria, para ser lançado no livro dos que por seus serviços recebiam ordenados da Republica.

Este último exemplo mostra que o ordenado também podia ser uma recompensa por serviços prestados anteriormente: mais uma pensão do que um salário. Também Domingos Vieira dá um exemplo semelhante de Damião de Góis (1502-74): o rei D. Manuel deu a um tal Rui de Sande em reconhecimento dos serviços prestados no seu casamento (do rei, que já tinha acontecido) “mercês, tenças, dinheiro, e ordenados”.

6
  • Muito obrigado, Jacinto, pela resposta excelente e bem amparada! Difìcilmente encontraria tal qualidade em outras partes da Internet.
    – LoremIpsum
    Jan 25 at 0:01
  • 1
    @LoremIpsum, língua portuguesa é aqui!
    – Jacinto
    Jan 25 at 8:25
  • 1
    @LoremIpsum, é pá, obrigado pela bounty. Não era necessário. A satisfação de quem pergunta, que tu já tinhas deixado clara, é a melhor recompensa.
    – Jacinto
    Jul 10 at 16:06
  • Por nada, merecido!
    – LoremIpsum
    Jul 11 at 15:01
  • 1
    @LoremIpsum, interessante o teu uso de "por nada". Já viste esta pergunta sobre "de nada" vs "por nada"?
    – Jacinto
    Jul 14 at 15:17
1

Os empregados eram "ordenados" a realizar algo, mesmo de forma paga.

  • Vou pagar minhas ordens, dizia o chefe ao empregado.
  • Vou receber pelos serviços que fui ordenado a fazer - pensa o empregado.
2
  • 2
    Isso faria bastante sentido no caso de um empregador dizendo "vou pagar os ordenados", mas carece de sentido no caso do empregado dizer "vou receber meu ordenado", que é uma forma válida (e usada) de se dizer "vou receber meu pagamento".
    – LoremIpsum
    Jan 20 at 9:45
  • Desculpe, acho que não me compreendeu: eu realmente coloquei "ordenado" na segunda frase com a intenção explicar a palavra. Respondi por uma opção de início da invenção da palavra. Se eu começasse dizendo que o chefe "vai pagar os ordenados", Qual o sentido da explicação? Afinal, foi essa a pergunta...
    – Julia
    Feb 2 at 0:39

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.