0

Hoje, pela manhã, estive revisando alguns artigos acadêmicos e, ao remover um asterisco que faz ligação aos autores no rodapé, me deparei com a seguinte mensagem do Word:

Partindo do pressuposto de que o termo anafórico retoma um termo anterior, total ou parcialmente, de modo que, para compreendê-lo dependemos do termo antecedente, é correto usar "da mesma" (como explicitado na captura de tela supracitada) como pronome?

2
-1

Se não for errado usar o mesmo, pelo menos esta expressão deve ser evitada. Ver [aqui][1]. O emprego de o mesmo é motivo de troça, especialmente o infame texto Antes de entrar no elevador, verifique se o mesmo está parado no andar. Ver [aqui][2]. A brincadeira é verificar se o elevador é o mesmo ou agora é outro. :-)

Tenho a impressão de que esta expressão é mais comum entre os paulistas, mas não conheço nenhuma pesquisa que se debruce sobre este ponto. Deve-se usar, em vez de o mesmo ou a mesma, o pronome pessoal ele ou ela. Parece-me que o erro é cometido por pessoas que querem soar mais eruditos sem o ser, e acham que ele ou ela é simples demais para quem quer falar difícil.

[1]: https://educacao.uol.com.br/disciplinas/portugues/mesmo-voce-sabe-utilizar-o-pronome.htm#:~:text=Diz%20a%20gram%C3%A1tica%20que%20n%C3%A3o,%22mesmo%22%20como%20pronome%20pessoal.&text=A%20forma%20correta%20%C3%A9%20bastante,%22ele%22%20(... [2]: https://www.soportugues.com.br/secoes/artigo.php?indice=12

1
  • Bem-vindo ao site, OraPois. Até onde sei, não é errado (Bechara), mas não é bem visto por muita gente, porém, não é errado. Na minha opinião, é melhor usar “esse” ou “ele(a)”; ex.: “Antes de abrir o elevador, verifique se ele está parado no andar” e “a vida da Maria é boa. Essa vida vai longe”, contudo, não é errado.
    – Schilive
    Dec 20 '20 at 18:24

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.