3

Contexto

Em um relatório radiológico é necessário descrever os órgãos com suas características normais ou alteradas. Na prática é muito frequente o uso das preposições "com" e "de" de modo equivalente, como no exemplo:

Fígado com dimensões aumentadas.

Fígado de dimensões aumentadas.

Pergunta

Estão corretos ambos os usos?

O objetivo do relatório é caracterizar o órgão em questão (no exemplo, o fígado). É possível que o valor semântico das preposições não seja exatamente o mesmo.

Se entrevistássemos um casal, candidatos a modelos fotográficos, em geral anotaríamos "Esposa com pernas compridas" ou "Esposa é uma mulher de pernas compridas". Creio que anotar "Esposa de pernas compridas" não seja incorreto, mas me soaria estranho ao ler a anotação, como me soa estranho quando leio "Fígado de dimensões aumentadas".

Seria apenas uma questão de estilo? Ou a preposição "de" teria um sentido mais genérico, enquanto "com" um sentido mais estrito?

Referências

De acordo com o Dicionário Michaelis, a preposição "com" pode estabelecer relação que expressa característica:

10 Partícula que estabelece relação de dependência, que expressa algo caracterizado por: Há várias candidatas, mas o chefe precisa de uma secretária com iniciativa.

De modo semelhante, segundo o Dicionário de Português da Oxford, a preposição "de" também poderia ligar atribuindo "característica":

2 ligando dois substantivos (ou equivalentes), diretamente ou com auxílio de verbos de ligação, adquire os sentidos:

(...)

2.8 característica genérica ou particular < pessoa de respeito > | < homem de nariz grande >

2
  • Pois, há muitas situações em com e de servem (homem de/com chapéu aos quadradinhos). O que me deixa um pouco na dúvida é o dimensões aumentadas. Isso é linguagem técnica? Significa que está maior que da última vez que foi observado?
    – Jacinto
    Aug 19 '20 at 11:52
  • @Jacinto Dimensões aumentadas significa que está maior do que o valor de referência. Para o fígado, geralmente usamos 16 cm como limite máximo para o lobo direito; portanto, na prática, dizemos que o fígado está “com dimensões aumentadas” quando a medida do lobo direito é maior que 16 cm.
    – rflcrz
    Aug 24 '20 at 20:25
1

Me parece que o uso do "de" remete (mais que "com") a uma classe, tipo. Por isso inclusive lhe pareceria mais natural "mulher de perna comprida" do que "esposa de perna comprida": classificar esposas é ainda mais estranho que classificar mulheres dessa forma.

Então eu diria que as duas opções, "fígado com/de dimensões aumentadas", são equivalentes no sentido de conterem a mesma informação no contexto, mas a com "com" estaria mais próxima de "está maior", enquanto a com "de", de "é maior".

Mas esta é só minha impressão no momento - a diferença, se existir, é muito leve e subjetiva, espero que alguém ofereça uma reposta melhor embasada.

1
  • Também é para aí que eu me inclino.
    – Jacinto
    Aug 19 '20 at 11:49

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.