7

Atualmente nós podemos juntar -ão a basicamente qualquer nome para dar a noção de grande: montão, tempão, casacão, passarão, etc. Até mesmo com certos adjetivos: lindão, bonitão. Mas donde é que isto vem. Quando é que começou?

Eu sei que muitas das nossas palavras em -ão vêm de palavras latinas em -anum: manum → mão, germanum → irmão, sanum → são (’saudável’). A evolução é bem conhecida: o -m final caiu, e o -n- intervocálico nasalou a voga anterior e caiu. Também temos -ão vindo de -anem (canem → cão) e de -onem (saponem → sabão). Mas nada disto explica como é que -ao dá a noção de grande.

Então eu gostaria de saber é:

  1. Quais são os exemplos mais antigos do -ão aumentativo na língua portuguesa?
  2. É a forma original, ou veio de uma forma anterior? Por exemplo, creio que há palavras atuais em -ão que no português antigo eram em -om, mas não sei se eram aumentativos.
  3. Quando é que se generalizou o uso de -ão como aumentativo?
  4. Isto já tem raízes no latim (ou noutra língua)? Isto é, o anum, -anem, -onem ou outros já eram aumentativos?
4
  • 1
    ... e porque será que canem não virou cãe, e saponem não virou sabõe? 🤔
    – ANeves
    Jul 27, 2020 at 12:06
  • @ANeves, perguntas bem! O plural é que ficou certinho (canes, sapones).
    – Jacinto
    Jul 27, 2020 at 18:53
  • 1
    Ótima pergunta, incrível que não tivesse sido feita ainda.
    – stafusa
    Jul 28, 2020 at 14:34
  • 3
    @stafusa, o peixe não pergunta donde vem a água... :)
    – Jacinto
    Jul 28, 2020 at 16:42

1 Answer 1

2

O aumentativo -ão tem como cognatos e sinônimos -ón do espanhol, -one do italiano, -on do francês, e vem do latim "-ō, -ōnis" (m.). (Não confundir com o sufixo feminino idêntico que forma nomes abstratos como actiō "ação".) Segundo [1] (da pg. 163, traduzido abaixo):

-ón é um sufixo de dupla origem. Em primeiro lugar, procede de -ō, -ōnis, sufixo que deriva nomes de grupos de pessoas a partir de verbos (errō, -ōnis "vagabundo" ← errāre "vagar") e substantivos (buccō, -ōnis "tagarela" ← bucca, -ae "boca"). [...] Em castelhano converteu-se, no primeiro dos casos, num sufixo aumentativo. [...]

Outros exemplos do latim [2]:

  • capitō (quem tem cabeça grande) ← caput, capitis;
  • comedō (guloso) ← comedō (v.);
  • congerō (ladrão) ← congerō (v., levar junto);
  • cōnsedō (quem senta junto a outro) ← cōnsedō (v.);
  • decuriō (decurião) ← decuria;
  • incubō (quem deita em cima) ← incubō (v.);
  • labeō/labiō (quem tem lábio grande) ← labium;
  • mūliō (quem anda de mula) ← mūlus;
  • palpō (bajulador) ← palpō (v., palpar);
  • pedō (quem tem pé largo) ← pēs, pedis;
  • praedō (ladrão) ← praeda;
  • restiō (vendedor de corda) ← restis;
  • verberō (quem merece ser surrado) ← verberō (v.).

Porém, não encontrei um que fosse aumentativo literal (por exemplo, pedō não é literalmente um pé largo, mas quem tem um pé largo), exceto talvez cōleō (século 8). Mesmo assim, acho que grande parte do latim vulgar usava esse sufixo também como aumentativo literal porque:

  • Os significados são similares.
  • Até o romeno, uma das línguas românicas mais distantes do português, tem o aumentativo cognato sinônimo -oi.

Na língua portuguesa antiga escrita, encontrei galeón (galé grande), usado desde o século 13 ou até antes. Também, coraçón (bem mais antiga) talvez fosse originalmente um aumentativo. [3] Resta procurar quando o sufixo começou a ser usado com adjetivos.

Já o sufixo latino -ānus forma adjetivos (RōmaRōmānus), não aumentativos. Não há sufixo -anis/ānis em latim.

Referências.

[1]. https://revistadefilologiaespañola.revistas.csic.es/index.php/rfe/article/view/101

[2]. https://www.perseus.tufts.edu/hopper/text.jsp?doc=Perseus:text:1999.04.0059, insira as palavras.

[3]. https://en.wiktionary.org/wiki/Reconstruction:Latin/coraceonem, citando o dicionário etimológico de Coromines e Pascual.

Obs para ANeves: No português antigo e no espanhol atual é can (sem o e final), por isso que se tornou cão não *cãe.

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service and acknowledge you have read our privacy policy.

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.