2

Dedicatória

A Cristina.

As dedicatórias escrevem-se sem crase, obviamente, certo?

Agradecimentos

Ao Prof. Dr. X, por seu inesgotável conhecimento, sua dedicação, excelência, seriedade. Investigar a ciência é um privilégio custoso; investigá-la sobre ombros de gigantes é um privilégio sem preço. Agradeço a Deus pela oportunidade de trabalhar com o senhor, por seu carinho e amizade.

A meu querido pai, eterno companheiro, com quem sempre estarei. A minha querida mãe, por seu carinho incondicional. A meus queridos irmãos, por compartilharem suas vidas comigo e me proporcionarem compartilhar a minha, que é o perfume da vida. A minha família e amigos, pela plenitude de minha vida.

A Deus, por tudo.

A gramática desta dedicatória está correta? Tenho estas hesitações ou dúvidas:

  • Assumo que o verbo agradecer esteja implícito em todas elas.
  • Em frases como "A Deus, por tudo", a vírgula ali é necessária?
  • A regência de "proporcionar" está mesmo correta ali?
  • 1
    Idealmente, escreverias duas perguntas separadas: uma sobre "as dedicatórias levam crase?" e uma sobre "estes agradecimentos estão gramaticalmente bem escritos"? – ANeves Feb 21 at 19:27
  • 1
    Editei a estruturação da pergunta para a tentar tornar mais atrativa. Vê se concordas com as alterações, e (claro!) corrige-as se discordares. – ANeves Feb 21 at 19:31
  • I'm voting to close this question as off-topic because this is editing. – Lambie Feb 22 at 19:27
  • @Lambie, do you disagree that the question fits the scope of the second topic «Usage, grammar(, and pronunciation, including dialect differences)» from the "on topic" help page? If you feel that these type of questions don't belong in the community, do you want to open that discussion up on meta? – ANeves Feb 25 at 14:45
  • @ANeves No, because I think it is clear that proofreading is off-topic. – Lambie Feb 25 at 15:28
5

As dedicatórias escrevem-se sem crase, obviamente, certo?

O uso de artigos com nomes próprios tem alguma variação. Na minha variedade (português europeu padrão), a resposta é não — tratando-se de uma pessoa com quem tens intimidade, da mesma forma que escreves Ao (a + o) João, também tens de escrever À (a + a) Cristina. Se fosse alguém mais afastado, a quem não tratarias somente pelo primeiro nome, já seria admissível ou mesmo recomendável deixar de fora o artigo (mas sempre ao Prof., ao Dr., ao Sr., etc.).

Ver também esta pergunta.

Assumo que o verbo agradecer esteja implícito em todas elas.

Sim, é comum omiti-lo.

Em frases como "A Deus, por tudo", a vírgula ali é necessária?

Tens duas opções. Ou escreves Ao Prof. A por X. Aos meus pais por Y. ou Ao Prof. A, por X. Aos meus pais, por Y.. Como usaste a vírgula nas outras frases, deves também usá-la aqui.

Em minha opinião, é mais feliz estilisticamente usar a vírgula, como fizeste.

A regência de "proporcionar" está mesmo correta ali?

Boa questão. A mim, o uso de proporcionar com uma oração infinitiva como argumento parece-me marginal. O dicionário de regimes de Francisco Fernandes também não tem nenhum exemplo do género. Mas encontram-se alguns exemplos no Corpus CETEMPúblico, os quais também não me soam muito bem:

  • Entre os pequenos (PSN, PRD e PSR) , destacam-se os solidários-nacionais, que parecem estar a consolidar a posição que lhes garantiu a eleição de um deputado nas últimas legislativas e, mais recentemente, lhes proporcionou colocar um representante na Assembleia Regional da Madeira.
  • Só é cobrada uma taxa aos utilizadores finais, que ajudam a suportar os custos de gestão e manutenção das redes a que acedem e que lhes proporcionam chegar à Internet, como é o caso do PUUG (Portuguese Unix Users Group) , em Portugal.

O problema é talvez semântico, mais do que gramatical. A definição de proporcionar (no dicionário de Francisco Fernandes) é dar, oferecer, prestar; deparar, apresentar. Daí dizermos X proporcionou (a alguém) a oportunidade/o privilégio/o ensejo/facilidades, etc. Compartilhar a vida não é algo que possa ser dado.

Eu substituiria proporcionarem por permitirem ou por proporcionarem o privilégio de.

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.