4

Com a ascensão do Jogador João Félix, tenho ouvido as duas pronúncias principalmente na rádio e TV. Os meus amigos criticam fortemente quem pronúncia 'Féliz', muitas vezes gozando.

Como ouvi várias pessoas a dizer dessa maneira, tentei procurar qual a maneira correta de dizer. Quase todos os sítios que encontrei apontam como 'Féliz' a maneira correta de se dizer, no entanto os meus amigos recusam essa maneira porque dizem que não tenho fontes fiáveis (apesar de ter usado inclusive o prontuário da RTP como fonte).

Qual das pronúncias é a correta? Ambas são?

  • O artigo da Wikipedia sobre o jogador também diz que a pronúncia "Féliz" (que se representa [ˈfɛliʃ] no alfabeto fonético international). Mas pronto, a Wikipedia vale o que vale. E nem sei se o artigo se refere ao nome em geral ou ao do jogador em particular (a família dele pode ter a sua tradição própria). – Jacinto Feb 15 '19 at 8:03
  • Nessa entrevista ouço "Féliks". – stafusa Feb 15 '19 at 8:31
  • 1
    Aprendi que nomes próprios podem ser lidos conforme cada um o deseja. Em PT-BR, se leria Feliks. – Peixoto Feb 15 '19 at 8:55
  • aqui tbm ouço Féliks -> record.pt/multimedia/videos/detalhe/… – Peixoto Feb 15 '19 at 9:41
  • Podes sempre lhe chamar João Mágico :P – Jorge B. Feb 15 '19 at 12:20
6

Esta questão tem a tendência de voltar à baila de cada vez que aparece um Félix proeminentemente no espaço público (por exemplo Bagão Félix no governo de Durão Barroso e especialmente de Santana Lopes, onde era ministro das Finanças).

A pronúncia tradicional é [ˈfɛliʃ], como atestam todas as fontes.

  • Ciberduvidas, citando Maria Rocha:

    «Quanto a Félix, a grafia latina aconselharia a pronúncia em /ks/, mas esta palavra também entrou no português muito cedo, ainda na fase da formação da língua, aparecendo já no século XI registada como Felici e Felice, sendo, pois, esta a pronúncia que existia e perdurou, mesmo quando se recomeçou a grafar Félix.

    «Por outro lado, no caso de nomes próprios ou de nomes de família, deve ser respeitada a tradição familiar no que diz respeito à pronúncia de nomes que não seguiram a regra geral na passagem do latim para o português. Assim, se a família pronuncia /félis/ há séculos, essa pronúncia deve ser respeitada.»

  • Ciberduvidas, citando o Vocabulário da Língua Portuguesa de Rebelo Gonçalves.
  • Guia de uso do português: confrontando regras e usos de Maria Helena de Moura Neves:

    A pronúncia tradicionalmente recomendada é com som de Z final. ◆ Padre FÉLIX parecia observador autorizado da santa Inquisição.

Mais exemplos se podem encontrar. O que também é inegável é que um grande número de pessoas, inclusive por vezes a comunicação social, pronunciam /ks/. Diria que o melhor aqui é usar a pronúncia que a pessoa com o apelido prefere, e em caso de dúvida usar /ʃ/. Em entrevistas a Bagão Félix, ouve-se sempre /ʃ/, presumivelmente porque ele insiste nisso. Exemplos aqui e aqui.

| improve this answer | |

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.