1

Sabe se que: O "porque" é uma conjunção causal; O "porquê" é um substantivo; E o "por que" um advérbio interrogativo de causa. Qual seria entâo a classe do "por quê"? Peço que me respondam e me corrijam caso o desenvolvimento da pergunta conter algum erro.

2
  • até onde eu sei, a diferença de por que e por quê é quando é escrito no final da frase ou não (com acento é quando é no final da frase). Nesse caso, seria também um advérbio interrogativo de causa
    – Peixoto
    Feb 11 '19 at 14:12
  • M. Melo, por quê é advérbio interrogativo, tal como o por que (a única diferença entre os dois é que por quê ocorre no fim da frase e é acentuado por causa da prosódia diferente). Já existe esta pergunta sobre porque, por que, por quê, porquê. O foco dela está nos diferentes usos e não na classificação gramatical, mas talvez responda à tua dúvida.
    – Jacinto
    Feb 11 '19 at 19:33
3

A análise é a mesma que com a forma não tónica por que. Repara que não há diferença entre estas duas frases:

  • O João fez isso por quê?
  • Por que fez isso o João? / Por que é que o João fez isso?

Quê na locução proposicional por quê é um pronome, nomeadamente um pronome interrogativo:

  • O João fez isso, mas não sabe por quê.
  • O João luta por quê? (por que coisas ou por que razão)

Dado que quê só pode aparecer no final de uma oração ou, em português europeu pelo menos, em frases sem verbo finito (Para quê fazer isso?), não me parece que quê possa alguma vez ser um pronome relativo (mas se ocorrer a alguém um exemplo, um comentário é bem-vindo).

(Quando por designa causa, em português europeu também se faz a justaposição e por que e por quê tansformam-se em porque e porquê. Ignorei este detalhe.)

2
  • Não tenho é a certeza de se grafar para quê fazer isso? no Brasil. A resposta a esta pergunta diz que no Brasil é por que amanhã?, o que me leva a crer que seja também para que fazer isso?
    – Jacinto
    Feb 12 '19 at 7:30
  • @Jacinto corrigido então
    – Artefacto
    Feb 25 '19 at 15:23
1

Só para completare e corrigir um detalhe. O (por que) separado sem acento usa-se quando perguntamos por qual "motivo". O (por quê) separado e com acento usa-se quando está no final da ESTRUTURA e não no final da frase ou período ou seja, no final de uma oração. se houver uma estrutura intercalada não se utiliza o (por quê) acentuado.

ex Não sei por quê, mas ele não respondeu. (não sei por qual motivo) fim da estrutura. Não sei por que, ontem, ele não estava bem. (não sei por qual motivo) meio da estrutura. O porquê junto e com acento, usa-se quando o termo esta substantivado, por um artigo ou pronome. ex Vamos aprender o uso dos porquês (preposição de + os) substantivo.

O porque junto sem acento usa-se para responder, causa ou explicação. Oração subordinada adverbial de causa ou oração coordenada explicativa. pode ser trocado por (pois)

e ainda tem o (por que) separado sem acento que é um pronome relativo. ex Este é o cargo por que luto. (o POR é preposição exigida pelo verbo lutar e o que é pron relativo retoma cargo).

0

Seria um pronome relativo o por quê com acento.

Por que

Pode ser a junção da preposição por com o pronome relativo que ou com o pronome interrogativo que, assumindo assim dois empregos diferentes. Sendo pronome interrogativo significa: por qual motivo, por qual razão. Sendo pronome relativo significa: por qual ou pelo qual.(separado e sem acento) se utiliza no meio das frases.

Por quê (separado e com acento) é utilizado apenas final da oração, seguido de um sinal de pontuação. É a junção da preposição por com o pronome interrogativo tônico quê. Significa por qual motivo, por qual razão. O pronome quê também é tônico e acentuado nas expressões de quê e para quê.

Fonte: Dúvidas de Português

1
  • 2
    Neste exemplo "Não foi a festa por quê?" me parece que o "por quê" tem o sentido circunstância de causa (a causa por que não foi à festa). Se fosse pronome relativo teria que se referir a algum nome ou pronome.
    – M. MELO
    Feb 11 '19 at 14:53
0

"Por que" no início, meio ou final da frase é a mesma conjunção adverbial: "por qual razão" ou "por qual motivo". Porém, quando o pronome "que" aparece no final da frase, ele sempre deve ser acentuado para marcá-lo como monossílabo tônico. Outros exemplos onde o pronome "que" é acentuado ao final da frase:

  • Fazer o quê?
  • O quê?
  • Pelo o quê?

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.