2

É formal o suficiente escrever "brevemente que seja"? Por exemplo:

Definir o termo com precisão nos leva a discorrer --- brevemente que seja --- sobre a teoria X.

O que significa esse "que seja"? De onde vem essa expressão?

2

Sim, não vejo qualquer problema com a frase.

Brevemente que seja expressa uma concessão, como ainda que, embora, apesar de, mesmo que, conquanto, etc. Portanto equivale a:

Temos de discorrer, ainda que (seja/discorramos) brevemente.

O conjuntivo/subjuntivo é aqui usado com valor concessivo. Além de ocorrer com as conjunções já referidas (exceto apesar de), também ocorre com por (por mais pequeno que seja, por incrível que pareça), ou em construções com duplicação do verbo (seja como for).

Exemplos em que o conjuntivo aparece sozinho a expressar concessão são mais incomuns, mas podemos encontrá-las facilmente, como este exemplo no corpus CETEMPúblico, por exemplo:

Será constitucional uma tal exigência de silêncio que não pondera, minimamente que seja, os interesses e valores em jogo?

Em termos de registo, este uso estará mais do lado formal ou literário.

5
  • 1
    A expressão poderia ser substituída por "ainda que brevemente".
    – stafusa
    Jan 30 '19 at 0:35
  • O que eu achei quando vi a pergunta foi que esse que seja é o mesmo que em por mais/muito [qualquer coisa] *que seja** que tu referes.
    – Jacinto
    Jan 30 '19 at 18:57
  • @Jacinto sim, o significado é o mesmo, mas aqui não se pode usar por. Pode dizer-se leva-nos a fazer uma digressão, por (mais) breve que seja, ou seja, trocando o verbo por um nome e o advérbio por um adjetivo.
    – Artefacto
    Jan 30 '19 at 21:12
  • @Jacinto hmm e daí nao tenho a certeza. temos de discorrer, por brevemente que discorramos não me parece assim tão mal.
    – Artefacto
    Jan 30 '19 at 21:24
  • 1
    Sim naturalmente temos nome+adjetivo ou verbo+adverbo. O que me lembrei é que se tirarmos o por à fórmula tradicional, não se perde grande coisa: quis dar o meu contributo, modesto que seja... Talvez o por só seja necessário com mais: por mais modesto que seja.
    – Jacinto
    Feb 1 '19 at 7:32
0

Particularmente nunca vi essa maneira de expressar isso. Eu utilizaria

ainda que brevemente ...

Mas não creio que seja inadequado. Só me parece incomum.

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.