5

Eu pronuncio aberto o á de ganho; como em já, só que não tónico; ou /ga'ɲu/ em alfabeto fonético internacional (AFI; podem ver a chave aqui). Mas há pessoas em Portugal que o pronunciam fechado, como em sopa, ou /gɐ'ɲu/ em AFI. Na verdade eu só reparei nesta segunda pronúncia recentemente, e até a estranho. Mas devo ter andado muito distraído: hoje almocei com um colega de há uma data de anos, e ele pronuncia /gɐ'ɲu/, com o á fechado. A Infopédia regista as duas pronúncias; o dicionário da Academias das Ciências de Lisboa (2001), só a minha. Estas duas pronúncias estendem-se ao á correspondente da família ganhar.

Agora, o que me faz espécie que, ao contrário de ganho, banho eu pronuncio /bɐ’ɲu/, com o á fechado; e o mesmo com o á de palavras semelhantes: anho, banho, lanho, ranho, etc. Os dicionários concordam: para estas outras palavras só indicam a pronúncia com á fechado. Tirando as palavras da família de ganhar, não me lembro de nenhum outro caso do á de -anh-, tónico ou não, pronunciado aberto.

Então a minha pergunta é: existe alguma explicação inteligível para o que parece ser a pronúncia excecional de ganho e família?

Nota: parece-me que esta questão não se coloca no Brasil, mas os colegas brasileiros me corrigirão se for caso disso. De qualquer modo, de acordo com o [Portal da Língua Portuguesa, no Rio e em São Paulo ganho rima sempre com banho, à semelhança do que se passa com o resto das respetivas famílias.

  • 1
    Pior: eu definitivamente digo "este amplificador tem pouco gãnho" como "tomei um bãnho", mas digo "ontem gánhei eu". E acho que digo "este gãnho eu". – ANeves Jan 12 at 15:28
  • @ANeves, pior?! Eu vejo um padrão nesses teus exemplos: é ã quando é tónico, seja da famíla ganhar, seja na banhar; e é á qando é átono. Presumivelmente dizes gánhar e gánhava. Segundo o Portal da Língua Portuguesa, os cariocas também pronuncia com ã, mas em todas as palavras. – Jacinto Jan 12 at 16:19
  • @ANeves, então, e dizes bánhei, bânhei ou bãnhei? – Jacinto Jan 12 at 16:26
  • Digo "bãnhei", "bãnha-te", "bãnho". Disse pior, porque me pareceu que conjugo o verbo ganhar todo com /ga/, menos a primeira pessoa do presente do indicativo que por alguma razão vira /gɐ/. Mas agora já repeti isto tantas vezes na minha cabeça, que não sei nada. – ANeves Jan 14 at 14:26
  • @ANeves, então e ganha, ganhe e ganham? Tou a tentar ver se é só primeira pessoa do singular ou se é sempre que é tónico. – Jacinto Jan 14 at 17:14

Your Answer

By clicking "Post Your Answer", you acknowledge that you have read our updated terms of service, privacy policy and cookie policy, and that your continued use of the website is subject to these policies.

Browse other questions tagged or ask your own question.