10

É comum usarmos a palavra "bastante" como adjetivo.

Exemplo:
Já estudei bastante sobre este assunto.

Podemos flexionar a palavra "bastante" para o plural?

Exemplo:
Existem bastantes formas de fazer isso.

Existe alguma exceção?

8

Na verdade, o seu primeiro exemplo mostra o uso como advérbio (de intensidade). O segundo mostra mesmo um uso como adjetivo, e nesse caso é sim correto concordar em número com o substantivo a que ele se refere. Aliás, deixar "bastante" no singular estaria errado naquela frase.

Na prática, porém, é muito raro ver alguém usar a concordância correta, mesmo na forma escrita. Não por acaso, os primeiros resultados de uma busca no Google por bastantes são justamente perguntas iguais à sua, e não textos em que o termo é usado por outro motivo.

1
  • Eu particularmente, acho estranho "bastantes" como sinônimo de "vários". Pra mim, "bastante" é só advérbio de intensidade. – Yuuza Aug 23 '15 at 0:54
1

Regra básica de concordância para a palavra "Bastante" e sua forma plural:

Se na frase em questão for possível a substituição para o advérbio de intensidade "muito", e este puder ser flexionado no plural (muitos), então você DEVE usar o plural bastanteS, caso contrário estará cometendo um erro de concordância.

No primeiro exemplo veja que a fórmula não permite o uso do "bastantes", pois o "muitos" não encaixa

Já estudei muitos (sic) sobre este assunto

Já no seu segundo exemplo veja que o que foi dito se encaixa perfeitamente:

Existem muitas formas de fazer isso. (Concordência de género e pluralidade no "muito".)

LOGO

Existem bastantes formas de fazer isso. (Logo, concordância também no "bastante".)

5
  • Maximiliano, o perguntador dá dois exemplos. A resposta ficaria melhor se mostrasse a substituição nos dois exemplos. – ANeves thinks SE is evil Oct 14 '16 at 17:09
  • Feita a edição. – Max Oct 14 '16 at 17:36
  • 1
    Hm, no primeiro exemplo, ao contrário, a substituição pelo advérbio de intensidade "muito" é perfeitamente possível: Já estudei muito sobre esse assunto. No segundo exemplo, porém, a substituição é impossível: * Existem muito formas de fazer isso. Se "bastante" é sinônimo do advérbio "muito", então é advérbio também, e não flexiona. Se "bastante" é sinônimo do adjetivo muito/muita/muitos/muitas, então também é adjetivo, e tem singular e plural. -1. – Luís Henrique Oct 15 '16 at 13:38
  • 1
    @LuísHenrique pode-se sempre fazer a substituição, sim. Mas esta resposta diz «se se puder fazer a substituição **e o "muito" puder ser flexionado»... e no primeiro exemplo o "muito" não pode ser flexionado. Não percebo a crítica. Achas que a resposta está pouco clara? – ANeves thinks SE is evil Oct 15 '16 at 15:47
  • 1
    @ANeves Se pode ser flexionado, então definitivamente não é um advérbio. Advérbios não flexionam (exceto talvez em grau, mas evidentemente não é o caso). – Luís Henrique Oct 15 '16 at 16:41

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.