1

Na frase "Vivia cercado de amigos sinceros", por que "de amigos sinceros" é agente da passiva (segundo o gabarito de um concurso) e não complemento nominal? No meu entender, "cercado" aqui é adjetivo e não verbo, uma vez que "vivia", neste caso, é verbo de ligação, significando "estar sempre", e todos os particípios passados são adjetivos quando vêm em frases predicativas.

2

Definições

Agente da Passiva: Aquele que faz a ação na voz passiva

Complemento Nominal: Complementa um nome (Substantivo, Adjetivo ou Advérbio)


Exemplo de agente passiva

Para encontrar o termo, é necessário verificar quem faz a ação (quem cerca?). Caso tenha dúvida, a dica é você passar para a voz ativa, por exemplo:

Voz Passiva:

[Eu] Vivia cercado de amigos sinceros

Voz Ativa:

Amigos sinceros me cercavam

Nesse contexto, "de amigos sinceros" faz a ação de cercar, por isso é considerado agente da passiva.

Obs.: Os termos "Vivia cercado" são uma locução verbal.


Exemplo de complemento nominal

Observemos a seguinte frase: A mulher está apaixonada pelo cunhado. Agora basta perguntar quem faz a ação (quem se apaixonou?).

Na frase supramencionada, quem faz a ação é o sujeito (A mulher), por conseguinte podemos descartar a alternativa que diz que é agente da passiva.

Análise da oração

 A mulher  está apaixonada  pelo cunhado.
└────┬───┘└───────┬───────┘└──────┬──────┘
     │            │               └──────── Complemento Nominal de *apaixonada*
     │            └──────────────────────── Locução Verbal
     └───────────────────────────────────── Sujeito e também o termo que faz a ação de se apaixonar
  • Entendo, mas como saber quando um verbo no particípio passado é um adjetivo? Eu tinha lido neste link (ciberduvidas.iscte-iul.pt/consultorio/perguntas/…) que, sempre que ele viesse depois de um verbo de ligação, como é o caso da frase em questão, seria adjetivo. Ora, sendo um adjetivo, não faz sentido classificar a expressão que vem depois como complemento nominal. Com que regra gramatical eu não estou atinando aqui? Obrigado. – Sasaki Sep 29 '18 at 4:40
  • @Sasaki Desconheço a regra citada. Aliás, sempre na língua portuguesa é um problema (por isso é raro), os termos dependem do contexto. Uma das dicas para descobrir se o é um verbo, é transpor a frase para voz ativa. No link há uma dica no item 2. – Valdeir Psr Sep 29 '18 at 5:43

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.