1

Na frase logo abaixo:

O Brasil exportou muito café.

O pai perguntou à mulher quem quebrou a janela.

Qual é a transitividade dos verbos das frases?

1

Para descobrir a transitividade de um verbo é necessário fazer algumas perguntas a ele:

  1. Quem exporta, exporta algo.
  2. Quem gosta, gosta de algo/alguém.
  3. Quem pergunta, pergunta algo a alguém.

No primeiro caso, podemos verificar que o verbo exportar é transitivo direto, isso porque ele pede um complemento, mas não pede uma preposição na pergunta. Podemos chamar esse complemento de objeto direto.

No segundo caso também podemos confirmar que o verbo é transitivo, contudo — nesse contexto — ele é transitivo indireto devido a utilização da preposição [de] na pergunta que fizemos, ou seja, temos um objeto indireto como complemento do verbo.

No terceiro e último caso, temos um verbo transitivo direto e indireto (ou apenas um verbo bitransitivo). Nesses casos o verbo irá pedir dois complementos: Um objeto direto e um objeto indireto (não necessariamente nessa ordem).

Frase 1:

 O Brasil    exportou   muito café.
└────┬───┘ └────┬────┘ └────┬─────┘
     │          │           └─ Predicado (Muito = Ad. Adverbial de Intensidade / Café = Objeto direto)
     │          └───────────── V.T.D (Quem exporta, exporta algo)
     └──────────────────────── Suj. Sim. (O = Ad. Adnominal / Brasil = núcleo)

Frase 2:

Oração 1:

 O pai  perguntou   à mulher 
└──┬──┘└────┬────┘ └───┬────┘
   │        │          └─ Objeto Indireto (à = Prep. A + Artigo A / Mulher = Núcleo do Objeto)
   │        └──────────── V.T.D.I (Quem pergunta, pergunta ALGO A ALGUÉM
   └───────────────────── Suj. Sim.

Oração 2:

quem quebrou   a janela.
    └───┬───┘ └────┬────┘
        │          └────── V.T.D (Quem quebra, quebra algo)
        └───────────────── Objeto Direto pois complementa o verbo

Como bem lembrado pelo "Artefacto", aqui temos uma oração subordinada substantiva objetiva direta.

Oração = Pois tem verbo
Subordinada = Pois depende da oração principal
Substantiva = Pois podemos substituir pelo pronome "Isso"
Objetiva Direta = Pois complementa o verbo da oração principal


Perguntar ao verbo ajuda, contudo nem sempre você terá a resposta correta (recorra ao dicionário também). Alguns verbos possuem significados diferentes a depender da transitividade, por exemplo:

Gostei a comida e não gostei dela.

Na frase acima temos dois verbos iguais com transitividades diferentes. Se fosse necessário reescrevê-la, poderíamos fazer da seguinte forma:

Provei a comida e não gostei dela.

Outros verbos possuem um objeto com preposição, mas nem por isso ele é um V.T.I., por exemplo:

Comi o pão (V.T.D. + Objeto Direto)

Comi do pão (V.T.D. + Objeto Direito Preposicionado)

| improve this answer | |
  • Estou "enferrujado", mas acho que deu para entender um pouco. :D – Valdeir Psr Sep 18 '18 at 4:14
  • 1
    Faltou dizer que a 2a oracao da 2a frase é o objeto direto de perguntar. – Artefacto Sep 18 '18 at 9:35
  • sim.Deu sim pra entender .Obrigado – thiago xavier Sep 18 '18 at 12:34
  • Valdeir, muito impressionantes esses teus esquemas; tens de me ensinar a fazer isso :). Creio que foi a primeira vez que vi gostar com o sentido 'provar'. Eu diria "degustar"; bem, na verdade diria simplesmente "provar". No Aulete não vem. Vem é um outro uso transitivo direto que eu também não conhecia (aceção 11), 'aproveitar, desfrutar', "espero que gostes as situações mais prazerosas"; mas diz que é pouco usado. – Jacinto Sep 18 '18 at 22:21
  • @Jacinto No Priberam aparece no sentido de provar. Realmente é pouco usual, assim como o verbo assistir no sentido de habitar/morar. – Valdeir Psr Sep 19 '18 at 21:23

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.