2

Existem algumas coisas que, dependendo da região do Brasil, tem um nome completamente diferente, como, por exemplo: a abóbora que pode ser chamada de jerimum; teju, teiú e tiú; mexerica e tangerina, etc. Algumas expressões também têm sentido completamente diferente. A pronúncia também denuncia a diferença de regiões.

No entanto, no Brasil, dizem que não existe dialeto, só sotaque.

Isso me faz pensar: existe um limiar que define um dialeto? O que diferencia uma língua de um dialeto? Quem define isso?

  • Um sábio disse uma vez que uma língua é um dialeto com forças armadas. – Jacinto May 13 '18 at 19:54
  • Subscrevo que no Brasil não existe dialeto. Em minha visão, dialeto é o que se encontra em: Norte e Sul da Itália em relação à língua italiana; Alemanha e Suíça em relação à língua alemã. No Brasil, a língua permanece a mesma apenas com algumas preferências naturais de gíria e pronúncia. – user2786 May 13 '18 at 21:29
  • Respostas explicando se existem ou não dialetos no Brasil e citando quais são, autenticam a pergunta como pertencente ao site PL. Já a mera distinção entre dialeto e língua, cabe melhor no site de linguística. Essa é minha opinião (antes que alguém venha rebater) – Centaurus May 13 '18 at 23:00
  • Paulo, nota que jirimu é um tipo de abóbora; chamar todas de jerimú é sinédoque. – ANeves thinks SE is evil May 14 '18 at 14:32
  • O português brasileiro o o português de Portugal não têm dialetos. O que têm são diferenças ou variações regionais no vocabulário e sotaque. Isso sim. – Lambie May 14 '18 at 18:43
4

Sim, há dialetos no Brasil.

O fato de os falantes das diferentes variedades do português brasileiro:

  • se entenderem mutuamente (em alto grau);
  • compartilharem um cerne lexical e gramático; e
  • se referirem às mesmas autoridades (dicionários, Academia Brasileira de Letras, etc.);

mostra que estas variedades não poderiam ser consideradas línguas diferentes. Mas, sim, ao menos no sentido linguístico mais aceito, de que toda variedade linguística é um dialeto, são sim dialetos.

Vale notar que não há definição universalmente aceita do termo, e a influência de aspectos sociais e políticos (leia-se status) são provavelmente inevitáveis. Talvez até por isso não se goste de falar popularmente em dialetos no Brasil. Outra possibilidade é que se associe o conceito de dialeto a diferenças maiores, como as que existem entre dialetos em países como Itália e Alemanha (que muitas vezes são tão distintos entre si ao ponto de não serem mutuamente inteligíveis), que não ocorrem no português.

Segundo a Wikipedia (fontes na descrição da imagem) se distinguem 16 dialetos no Brasil:

enter image description here

| improve this answer | |
  • Não acho que nível de formação seja uma diferença de dialeto. No Brazil e em Portugal existem regionalismos ou vocabulários específicos, nada disso constitui uma diferença dialetal. Wikipedia está cheinho de erros. No Brazil existem variações regionais e sotaques. Para chegar a um diferença dialelal, é preciso de diferenças básicas na estrutura da língua. A estrutura básica do português é a mesma coisa em todo o país. – Lambie May 14 '18 at 18:41
  • @Lambie Em verbetes consolidados, a Wikipedia tem em média tantos erros quanto enciclopédias consagradas. Não questiono tua afirmação, não sou linguista, mas se você tem fontes que embasariam uma resposta diferente, seria muito bom que você a postasse: isso só contribuiria para tornar esse fórum mais rico. – stafusa May 14 '18 at 19:38
  • A diferença dialetal precisa ser estrutural. Não só sotoques e regionalismos. Você discorda que no Brasil inteiro a estrutura básica da língua é a mesma? Então, não podem ser dialetos. Eu falo com sotaque carioca, minha amiga com sotaque mineiro e meu amigo com sotaque paulista, portanto os tres fizemos curso superior. Isso seria dialetos diferentes? – Lambie May 14 '18 at 20:07
  • @Lambie Com meus modestos conhecimentos e minhas fontes, escrevi uma resposta - volto a sugerir que você faça o mesmo. Como disse antes, não questiono tua afirmação e não sou linguista; a resposta que postei é uma proposta, não uma tese que eu esteja defendendo. E esse também na verdade não é o fórum adequado para discutir a definição de dialeto. Lembro uma vez mais que as fontes (livros, teses, artigos) daquele mapa de dialetos podem ser encontradas na descrição do arquivo ("Origem"). – stafusa May 14 '18 at 20:40
  • Wikipedia serviria de fonte se esse artigo disposse de um selo qualitativo no canto superior direito. Concordo com @Lambie, se 'paulistano' e 'carioquês' (ambos termos me parecem neologismos) fossem dialetos, no próprio RJ-cidade haveria dialetos diferentes — das favelas e dos bairros de elite. – user2786 May 14 '18 at 21:57

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.