1

Existe um caso deste tipo bem interessante no português do Brasil: a palavra Exu.

É um nome de entidade de religiões e cultos afro-brasileiros, como de uma cidade do estado de Pernambuco, Brasil.

Os termos que originaram o nome Exu são oriundos de línguas, culturas e significados diferentes (a primeira, africana; a segunda, indígena), que sofreram modificações ao longo do tempo de forma independente até chegar ao homônimo.

Existe um tratado específico para este processo de "convergência" em linguística e mais particularmente para a língua portuguesa?

  • Lembra-me do fenômeno evolutivo em que membros do corpo de animais de origens muito distintas obtêm funções iguais (asa de inseto (artrópode) e asa de morcego (mamífero)): analogia. A pergunta já foi feita em inglês english.stackexchange.com/questions/164527/… porém sem resposta satisfatória, ao que tudo indica não há um termo existente para o fenômeno. – user2786 May 11 '18 at 12:21
  • Esse exemplo não funciona porque se trata de nomes próprios. Não de palavras "normais". Nomes própios podem ter mil origens. pt.wikipedia.org/wiki/Nome_próprio Cada um tem sua história. O fato que um nome própio acaba sendo igual que outro é uma caso fortuito. – Lambie May 11 '18 at 13:13
  • 1
    Por favor, eu não preciso de uma repetição. Ao contrário, preciso que você responda ao meu comentário sobre nomes própios. A origem de nomes própios não tem nada a ver com o estudo etimológico das palavras normais. No caso de homônimos já se sabe a etimologia. Não existe "convergencia". Existem duas palavras separadas quanto ao sentido e origem que têm a mesma forma. Mas elas não convergeram. Ao contrário, o caminho históricos delas são diferentes. Pois, se estuda cada uma. – Lambie May 11 '18 at 18:11
  • 1
    @Jacinto, na maioria dos casos é verdade o que você disse sim. Existem algumas exceções: cana pode significar a planta que produz a aguardente, e pode significar o uso da bebida alcoólica (Ex: o rapaz tomou uma baita cana e dormiu no bar). Mas a segunda teve origem na primeira. Fiz questão de colocar origens bem diferentes inclusive idiomáticas (no caso aí africana e indígena), para mostrar que mesmo assim pode ocorrer esta "convergência linguística". Foi uma boa observação a sua. – gwarah May 11 '18 at 19:54
  • 1
    Concordo com o Jacinto. Ele está dizendo a mesma coisa que eu. – Lambie May 11 '18 at 20:43

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Browse other questions tagged or ask your own question.