1

Qual a origem etimológica do verbo trepar? É a mesma de trabalho, do latim trepalium (‘tortura’)?

1
1

Não encontrei ninguém a sugerir que trepar viesse de trepalium. A visão dominante divide-se entre origem onomatopaica nas línguas latinas ou origem germânica, possivelmente também onomatopaica. Cito o dicionário Houaiss (Lisboa, 2002; desabrevio as abreviações):

trepar […] ETIMOLOGIA provavelmente da onomatopeia trip imitativa do acto de pisar; segundo Corominas ao comentar o verbo espanhol trepar (sXV) ‘idem’, a onomatopeia trip ou trep-, que sugere o ruído de pisar, é a mesma que vai dar origem aos verbos trepar em catalão antigo e provençal e ao francês triper ou treper; a mesma onomatopeia encontra-se igualmente nas línguas germânicas, facto que não permite afirmar se ela seria empréstimo germânico às línguas latinas ou se seria criação paralela das duas famílias linguísticas.

O dicionário da Real Academia Española diz simplesmente que trepar, que em espanhol partilha os significados primários do verbo português, é de origem onomatopaica. Mas o filólogo brasileiro Antenor Nascentes, apoiando-se em vários etimologistas diz que trepar vem do germânico trippon, que significava ‘pular’ (Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa, 1955, p. 504)

É essa também a visão do Centre National de Ressources Textuelles et Lexicales relativamente ao antigo verbo francês treper (modernamente existe apenas o seu descendente trépigner, com significado parecido). Dizem eles que treper já existia por volta de 1160, com o significado ‘bater com os pés, saltar’; e que veio do germânico trippôn, que significava ‘saltar’; descendem também desse verbo o baixo alemão trippen, o alemão moderno trippeln e o holandês trippelen, todos significando ‘andar com passos curtos e rápidos’.

É curioso que no Minho, Portugal, trepar tem também, à semelhança do francês antigo treper, o significado ‘calcar com os pés, pisar’ (Priberam).

O verbo ingês trip tem a mesma origem. Diz o Etymoline que trip aprece no século XIV, vindo do francês triper, que era um variante de treper (ver Wikitionnaire). Originalmente o significado de trip era semelhante ao do francês treper, desenvolvendo-se os outros sentidos mais tarde.

As primeiras ocorrências que consegui encontrar dos verbos espanhol e português trepar, ambas do século XV, já tinham o significado atual. Aqui está, da Crónica de D. João I (1443) de Fernão Lopes (Corpo Informatizado do Português Medieval; negrito meu):

COMO EL REY CHEGUOU A ÇIDADE DO PORTO E FOY REÇEBIDO DOS DO LOGUAR.

[...]

em çertos logarees avia bamdos de molheres que camtavaõ muitas cantigas, e cordas armadas pera treparẽ homeẽs que ho bem fazer sabiaõ, quamdo el Rey alo cheguase

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.