13

Já vi em algum versículo na bíblia a palavra "se" repetindo-se simultaneamente.

De acordo com o exemplo abaixo, qual das duas formas estariam corretas, de acordo com o contexto aplicado?

Se se sabe ou se se sente

ou

Se sabe-se ou se sente-se

11

Não, cada uma das instâncias pertence a uma classe diferente, logo podem ser usadas uma ao lado da outra. Uma forma de ver se a frase está correta é traduzi-la para outra língua, portanto, em espanhol ficaria "Sí se (...)" e em inglês ficaria "If you (...)"; como são, claramente, palavras diferentes, está, à partida correto.

É de notar que em "Se se (...)" o primeiro se é uma conjunção, em quanto que o segundo é um pronome, que faz parte do verbo, já que este é reflexivo.

1
  • 2
    Quase de certeza (se soubermos o versículo completo podemos tirar as teimas) que Saber naquele exemplo não é reflexivo. O segundo se é o pronome impessoal. Ou seja, se se sabe deve ser ali equivalente a se é sabido (por alguém) e não a se você se sabe. Esta última construção é possível, mas pouco habitual: se você se sabe capaz, vá em frente. – Jacinto Aug 13 '15 at 18:49
5

Se sabe-se não é gramatical. Se se sabe é gramatical e encontra-se com alguma frequência, e não só na Bíblia. O primeiro se é a conjunção; os segundo se pode ser o pronome apassivador ou pronome indefinido (pode não ser fácil distinguir entre os dois) ou um pronome pessoal reflexivo. (Ver aqui os vários significados de se.)

A construção mais frequente é com o pronome apassivador ou pronome indefinido. Por exemplo:

Sabe-se que ele é incompetente. (= é sabido que ele é incompetente)

Se se sabe que ele é incompetente, por que razão o contrataram?

O sabe-se da primeira frase passa a se sabe na segunda, porque esta começa com a conjunção se, o que exige a próclise (pronome se antes do verbo), e assim ficam dois ses legitimamente lado a lado. Precisamente porque a conjunção se exige a próclise, se sabe-se não é gramatical. (Sabe-se que ele é incompetente é norma culta; se sabe que ele é incompetente, usado informalmente no ptBR mas não no ptPT, tornaria o exemplo ainda mais simples.)

Uma construção com conjunção se + pronome pessoal reflexivo se poderia resultar de, por exemplo:

Se você se sente mal, é melhor ir ao médico.

Aproveitando a possibilidade que o Português oferece de omitir o sujeito, você neste caso, obtemos de novo dois ses lado a lado:

Se se sente mal, é melhor ir ao médico.

Novamente, a conjunção se exige se sente e proíbe sente-se.

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.