3

Gostaria de saber o significado da expressão “por miúdo e grosso” na seguinte estrofe de um soneto de Bocage (negrito meu):

[...]
Dos esburgados peitos quase aberto,
Versos impinge por miúdo e grosso;
E do que em frase vil chamam caroço,
Se o quer, é vox clamantis in deserto.
[...]

0
2

“Versos impinge por miúdo e grosso” é uma metáfora comercial: versos impinge a retalho e por atacado. As expressões vender por miúdo (‘a retalho, varejo, em pequenas quantidades’) e vender em grosso (‘por atacado, em grande quantidade’) aparecem no dicionário de Moraes Silva de 1789, contemporâneo de Bocage (grafia original; negrito meu):

MIÚDO , adj. pequeno , de pouco volume […] § Vender por miúdo , ou em retalho , opposto a vender em partidas , ou em grosso , ou por junto.
Moraes Silva, Diccionario da Lingua Portugueza, tomo II 1789.

GROSSO, s. m. A maior porção […] § Em grosso , oppõe se a por miúdo v. g. ,, contratar , comprar , vender em grosso
Moraes Silva, Diccionario da Lingua Portugueza, tomo I, 1789.

Ainda se diz com o mesmo significado vender em grosso no Brasil, enquanto que em Portugal passou a ser por grosso (Priberam). Já vender por miúdo parece ter caído em desuso. Não encontro isso nem nos dicionários online (e.g. Priberram, nem no Houaiss (Lisboa, 2002), nem no da Academia das Ciências de Lisboa (2001).

Creio que no verso seguinte, caroço significa ‘dinheiro’. Embora não tenha encontrado este significado nos dicionários da época, no Thesouro da Lingua Portugueza de 1873 já vem. Então o Bocage diz que que tenta vender versos a retalho e por atacado, mas se quer dinheiro, ele, Bocage, é uma voz clamando no deserto, ou seja, ninguém o ouve (alusão ao profeta Isaías).

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.