15

Às vezes quando uma pessoa tem muita sorte, mas muita sorte, algumas pessoas ainda dizem que ela "nasceu com o cu virado para lua". Um exemplo:

Joãozinho tem um emprego bom, namora uma menina linda e já ganhou 18 vezes no bingo. Acho que ele nasceu com o cu virado pra lua!

Eu até encontrei algumas variações como:

  • Nascer com o cu virado para a Lua
  • Nascer com o rabo virado para a Lua
  • Nascer de rabo virado para a Lua
  • Nascer de bunda virada para a Lua
  • Nascer com a bunda virada para a lua
  • Nascer com a bunda virada pra lua

Desde quando nascer com o "cu virado para a lua" pode ser considerado sorte? De onde surgiu essa expressão?

| improve this question | | | | |
  • 1
    Tem a ver com o parto. Dizem que nasce com o cu para a lua quando se nasce com as pernas, e não com a cabeça. Na era sem cesariana, precisava ter sorte para sobreviver ao parto. – Jefferson Quesado Sep 15 '17 at 15:20
  • Penso que antigamente (até a poucos anos) era «rabo virado pra lua» ... «cu» deve ter surgido nos últimos anos... ainda mais se for BR... sem querer desmerece-nos. (ps: posso estar enganado pois pode ser variação regional) – Guilherme Nascimento Sep 18 '17 at 17:11
  • @GuilhermeNascimento e então «rabo virado pra lua» porquê? ehe – viana Sep 18 '17 at 17:34
  • 2
    Procurei sobre essa pergunta pois fiquei com a pulga atras da orelha quando visitava a Sicilia. Ha uma placa com uma inscriçao em Siciliano que diz: "cu parra a la luna arricivi fortuna" - significa "quem fala com a lua, recebe sorte". Fiquei me questionando se nossa expressao nao seria uma corruptela desse proverbio Siciliano. :) – bruno0910 Sep 20 '17 at 12:02
  • 2
    A única coisa de concreto que encontrei sobre isto é que a expressão aparece no Google Books a partir de 1961, com bastante frequência e muitas variantes. – Jacinto Sep 20 '17 at 20:34
4

Pesquisei na Hemeroteca Digital Brasileira, que tem o texto integral de centenas de periódicos brasileiros dos últimos dois séculos, e variadas expressões desse tipo aparecem a partir de 1949. Não encontrei nenhuma anterior, mas naturalmente já deviam existir na língua falada. Mostro abaixo as que encontrei entre 1949 e 1959, indicando os anos em que ocorrem. Clica no ano para ir à folha do jornal (a expressão está marcada a verde):

Nascer ou andar virado para a lua — resultados da busca na Hemeroteca Digital Brasileira

Nasceu (sem indicar parte do corpo) virado para a lua  . . . 1949  52  53  54  56  56  57
Anda com o fígado virado para a lua  . . . . . . . . . . . . . . . . . 1954  56   56
Anda com o nariz virado para a lua  . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1954
Anda com o joelho virado para a lua  . . . . . . . . . . . . . . . . . 1955  56
Viu a luz do sol com o rosto virado para a lua  . . . . . . . . . . 1955
Nasceu com o joelho virado para a lua  . . . . . . . . . . . . . . . 1956  56   57
Nasceu com o fígado virado para a lua  . . . . . . . . . . . . . . . 1956  56
Nasceu de intestino virado para a lua  . . . . . . . . . . . . . . . . 1956
Veio de Pernambuco com o fígado virado para a lua   . . . . 1956
Nasceu com a bundinha virado para a lua . . . . . . . . . . . . . 1959

Estes são os únicos dados concretos que eu consegui encontrar sobre a questão, e agora podemos ver o que é que eles nos dizem acerca da origem da expressão.

Conjeturas sobre a origem da expressão

Encontram-se na net duas explicações, descritas em pormenor nas outras respostas. Uma diz que a expressão nasce de uma descrição do parto dos indiozinhos na famosa carta de Pero Vaz de Caminha aquando da chegada dos portugueses ao Brasil. Esta é fácil: a carta está aqui, é mesmo muito interessante, mas não fala de partos nem de luas.

Segundo a outra explicação, o nascimento de rabo é complicado, e o bebé que sobrevivesse a um parto desses era considerado sortudo. Esta tese parece-me muito duvidosa pelas seguintes razões:

  1. Nenhum site em que encontrei esta tese explica como que sabe que foi assim que a expressão surgiu.
  2. As 21 ocorrências mais antigas que encontrei destas expressões (ver acima) não fazem qualquer referência ao traseiro, e um terço delas não faz referência a nascimento. Os jornais poderiam sentir alguma relutância em publicar a palavra cu ou rabo, mas isso não explica não usarem uma palavra mais aceitável, como bundinha ou traseiro.
  3. Não se entende o papel da lua nesta explicação. Presumivelmente, quem sobrevivesse a um nascimento de rabo seria sortudo independentemente de estar ou não virado para a lua. Poderia muito bem a lua estar abaixo da linha do horizonte, ou a parturiente virada para outro lado. Mas a lua, e não o traseiro ou o nascimento, é que é a constante nestas expressões (procurei expressões do tipo nascer de rabo, sem referência à lua, e não encontrei nada relacionado com sorte).
  4. Se sobreviver a circunstâncias difíceis é indicador de sorte, porque é que não se diz dos sortudos, que eles nasceram numa casa a arder, ou durante a seca, ou durante a cheia ou guerra, ou que já foram atingidos por um raio?

Por tudo isto me parece que esta explicação não passa de um conjetura apresentada como verdade confirmada.

A minha conjetura

O que se segue é também uma conjetura, mas tem menos problemas que as conjeturas acima. Parece-me possível que a expressão tenha nascido duma ideia qualquer, levada a sério ou não, acerca da influência da lua, e que cu ou rabo tenha sido acrescentado só para dar mais impacto. Pelo menos em Portugal há exemplos deste uso de cu, só para aumentar o impacto: mexe-me esse cu significa ’despacha-te, anda mais depressa’; encher o cu a gulosos, ’pagar a alguém, contribuir para enriquecer alguém (que não merece)’; não contes ao Manel, que ele vai logo meter tudo no cu de fulano, ’o Manel vai contar tudo a fulano’ (eu só me lembro de ouvir esta a uma pessoa, mas vem no Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa).

Dito isto, nascer ou andar com o fígado ou intestino virado para lua, como se encontra nalguns do exemplos dos anos 50, é uma ideia estranha. Talvez fosse código para cu. É possível que já se dissesse cu virado para a lua, mas que os jornais não quisessem publicar cu. Se fosse a posição da pessoa que interessasse, poderiam usar bundinha ou equivalente polido. Mas se o que interessasse fosse o impacto e brejeirice da palavra cu, o jornalista poderia preferir usar algo disparatado, como fígado, de modo a levar o leitor a entender cu virado para a lua.

Se isto faz sentido—se fígado era código para a palavra cuorangotangos e orangovalsas seria código para quê?

Só não fraturaram as canelas do crioulo porque o crioulo, Pelé, nasceu com todos os orangotangos e os arangovalsas, todinhos, virados para a lua. E cheia. E bochechuda.
José Amádio, O Cruzeiro, 17 de julho de 1974, p. 3.

Será que também dá sorte nascer com os tintins virados para a lua?

| improve this answer | | | | |
4

Nascer com "cu virado para a lua" é porque alguns bebês nascem ao contrário e com a cabeça por último, onde a mortalidade dos mesmos na época era altíssima caso nascesse assim, e como nasciam de costas eles nasciam "com o cu virado para a lua". Portanto todo bebê que nasceu de costas e sobreviveu é alguém de muita sorte.

Não tem uma data especificada, apenas o motivo da origem que em determinado momento alguém falou assim, em alguma década do século passado, onde a medicina não era tão avançada, porém nem tão atrasada para que se tenha resultados melhores quanto a mortalidade do bebê no nascimento. Hoje é mais irrelevante, pois existem muitos métodos eficientes, como a própria cesariana.

| improve this answer | | | | |
  • 6
    É uma explicação até que bastante plausível. Há uma fonte que a ateste, ou se trata de uma etimologia popular? – Seninha Sep 16 '17 at 1:54
  • 2
    Verdade @Seninha... eu particularmente achei bem interessante a explicação, no entanto é difícil dar uma certa credibilidade sem uma referência sequer. – viana Sep 18 '17 at 14:31
  • @Seninha além disso quem é que garante que nasceu no Brasil. Essa expressão também é utilizada em Portugal. – Jorge B. Sep 19 '17 at 11:29
  • @Seninha não encontrei nenhuma fonte realmente confiável, é apenas conhecimento passado anteriormente... é dificil encontrar a real fonte de expressões que não surgiram de forma factual ou de algum evento histórico, isso provavelmente foi alguém que simplesmente um dia disse " esse nasceu virado pra lua" – Daniel Gentil Sep 19 '17 at 12:39
  • 1
    @JorgeB. removi porque concordo por não haver uma referencia realmente confiável, essa explicação é apenas , fulano falou pra fulano que falou pra tal e foi repassado. É apenas um conhecimento "perdido" que foi repassado, sem nenhuma base confiável. – Daniel Gentil Sep 19 '17 at 12:40
2
+25

Explicação dada no "O olhar de Castro Alves - Ensaios críticos de literatura baiana" - Volume 3:

Segundo Nélson Melo Cunha (2009), em seu Dicionário de expressões coloquiais brasileiras, a expressão “nascer de bunda para a lua” e suas variantes, “Nascer de cu virado para a lua” significa ter sorte em tudo. Supostamente, a origem dessa expressão remonta a carta de Pero Vaz de Caminha ao rei de Portugal, explicando os hábitos das índias brasileiras, que realizavam o parto de cócoras e, portanto, o indiozinho caía “com o cu virado para a lua”. Desde esta época, se dizia que dava sorte nascer de bunda para a lua.

Infelizmente a fonte citada não é acadêmica e, como o Jacinto aponta em sua resposta, a referência à carta de Pero Vaz de Caminha é incorreta.

A explicação dada na resposta do Daniel também é encontrada numa postagem de um blog (ativo em 2007) citando como fonte "Li dia desses no jornal":

As crianças nascem de cabeça, isto é, a cabeça é a primeira a sair, como se a se certificar que está em segurança. Quando o parto é feito com a bunda em primeiro lugar é necessária muita perícia médica e muita sorte para a criança nascer viva e feliz. Daí presumir-se que os nascidos nesta posição já nascem com sorte.

| improve this answer | | | | |
  • 2
    Tens aqui a carta de Pero Vaz de Caminha. Nem uma palavra acerca do modo de nascimento dos indiozinhos. Extraordinário como há gente que põe estas coisas em livros! Mas a carta é muito interessante; vale a pena ler. – Jacinto Jul 25 '19 at 7:58
  • @Jacinto Excelente, eu deveria ter tentado verificar também. Já editei a resposta. – stafusa Jul 25 '19 at 8:28

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.