3

Os dicionários se referem aos verbos virar e tornar-se como sinônimos, sem muita explicação.

Existe alguma diferença, mesmo que não seja estritamente de significado, entre os dois? Pode-se sempre substituir um pelo outro? É um mais formal do que o outro?

  • 1
    Eu acredito que tornar-se é mais formal. Acredito que há casos que podemos usar um e não podemos usar outro. Exemplo: Ele tornou-se mais respeitável. Não sei se podemos usar o verbo virar nesse caso. – Peixoto Aug 8 '17 at 10:52
  • Uma diferença bem evidente é que virar tem outra acepção, na qual não é sinônimo de tornar-se: a calça virou do avesso, o sonoplasta virou o disco, você precisa virar a massa para ficar tostada por igual dos dois lados. – Luís Henrique Aug 9 '17 at 0:52
  • @Peixoto Encontro exemplos do género neste corpus: Todo-poderoso da empresa, ele virou mais poderoso ainda – Artefacto Aug 17 '17 at 0:56
  • se quiser passar uma ideia de evolução tornou-se se encaixa melhor; para indicar uma simples troca de status ou identidade cabe usar virar – André Lyra Aug 17 '17 at 13:47
2

São essencialmente a mesma coisa quando usados como verbos copulativos. Virar é mais usado no Brasil. Em Portugal, quando é usado, é-o em contextos mais informais, enquanto tornar-se pode ser usado em todos os registos.

Em termos de significado, virar parece-me transmitir uma ideia de transformação mais abrupta (com menos duração) do que tornar-se. Em Portugal, tende também a ser usado em frases mais curtas, sem determinante no predicado (a lagarta virou borboleta).

Podemos encontrar vários exemplos de virar em texto jornalístico português (citações do CETEMPúblico):

A primeira impressão é que Bobby McFerrin virou baterista.
Évora virou «laranja», com os sociais-democratas a tornarem-se nos mais votados neste círculo alentejano.
Mais um velho caso em que o provisório virou definitivo, ou seja, a escola consiste em pavilhões pré-fabricados postos na Amora para servirem durante um ano, mas que resistem há nove.
A expressão «cair na real» virou uma expressão «clássica» no Brasil para dizer algo assim

Como podes ver, além de sintagmas nominais, temos adjetivos seguindo-se ao verbo, o que é normal nos verbos copulativos.

0

No dia a dia virar e tornar são usados indistintamente sem problemas, porém, em alguns casos veja como soa estranho a substituição:

O carro virou a esquina - Sentença no sentido figurado que conseguimos entender perfeitamente

O carro tornou a esquina - Repare que, mesmo que os dicionários os coloquem como sinônimos, a frase soa estranha. Problema esse de substituição que não existe no caminho inverso: tornar sendo substituído por virar.

Assim, creio que há uma sútil diferença que faz com que nem toda situação onde se possa usar virar pode ser substituída por tornar, porém, toda situação onde cabe tornar pode receber o virar.

  • A pergunta é sobre os casos em que as palavras tem o mesmo significado. Pelo menos em pt-br usamos somente O carro virou na/a esquina; Sua segunda frase seria facilmente confundida com O carro retornou na esquina; e o uso comum também seria O carro fez o retorno na esquina. – André Lyra Aug 17 '17 at 13:51
  • @AndréLyra Sim, fica estranho. Por isso eu disse que nem toda situação onde se possa usar virar pode ser substituída por tornar – Max Aug 17 '17 at 13:55
-4

É simples.

Virar significa "turns" em inglês Tornar-se significa "becomes" em inglês

  • 2
    Não é totalmente verdade. Eu posso dizer em português: Eu virei um bandido. Tradução para inglês: I becames a bad guy. – Peixoto Aug 9 '17 at 15:03
  • 2
    Sugiro melhorar a resposta. Adicionar mais informações e referências. – Peixoto Aug 9 '17 at 15:06

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.