4

Devemos escrever "Bacharel em Meios de Comunicação Social", certo? Ou seja, me refiro a escrever o bacharel, licenciado etc e o campo dele com iniciais maiúsculas.

É que mandei meu currículo em português para uma tradutora brasileira, e ela deixou a parte de "Bacharel em Meios de Comunicação Social" sem correções, enquanto corrigiu o título do outro certificado ("Certificado Profissional em Ensinar Árabe como Língua Estrangeira" para "Certificado profissional em ensino de árabe como língua estrangeira"). Eu não sei se a correção dela é correta quanto às minúsculas. Quero ter certeza, por favor, porque estou confusa.

  • Procurei e não achei uma regra específica para isso. Mas como é um Título, acredito que tenha que seguir a regra de Título (de uma redação por exemplo). Deixaria conforme o Título de Bacharel. – Peixoto Apr 10 '17 at 12:32
  • Obrigada. Aprecio muito sua ajuda. – مريم معاذ Jun 1 '17 at 15:07
1

Pesquisei bastante e não achei nenhuma regra específica para Títulos de Bacharel, cursos e etc. Porém achei a regra geral de Títulos que foi modificada com o Acordo Ortográfico 2009. São 3 regras que seguem abaixo. No caso do teu currículo, seria ótimo se seguisse um padrão, ou seja, uma das três regras. Eu particularmente, prefiro escrever cada palavra com a primeira letra maiuscúla, mas deixando claro que qualquer forma estará correto.

Existem três maneiras de redigir um título.

O Acordo Ortográfico 2009 permite usar maiúsculas ou minúsculas nos bibliônimos, isto é, nos nomes ou títulos de livros e obras impressas. Eis sua redação: Base XIX. “1º) A letra minúscula inicial é usada: (...) c) Nos bibliónimos/bibliônimos (após o primeiro elemento, que é com maiúscula, os demais vocábulos podem ser escritos com minúscula, salvo nos nomes próprios nele contidos, tudo em grifo): O Senhor do Paço de Ninães ou O senhor do paço de Ninães, Menino de engenho ou Menino de Engenho, Árvore e Tambor ou Árvore e tambor.”

O Acordo, entretanto, não menciona nada sobre as partículas (embora nos três exemplos elas estejam em minúscula) caso se prefira escrever o título com as iniciais maiúsculas. Reza a lei ortográfica de 1943 que a inicial de cada palavra do título, à exceção das partículas monossilábicas, deve ser grafada com letra maiúscula. Partícula, em gramática, é “palavra invariável que tem função gramatical, mas que não é facilmente classificada numa das partes do discurso” (dic. Aurélio). Nesse caso, escreve-se: Memórias de um Sargento de Milícias. E também, por exemplo:

Oração aos Moços

Poesia Completa de Cruz e Sousa

O Evangelho Segundo São João

O problema é que há palavras invariáveis e combinações de partículas de mais de uma sílaba, como “contra, para, sobre, desde, acerca, pelo”. E até de mais sílabas: “durante, consoante, segundo, conforme”. E se as últimas três podem ser escritas em minúsculas, por que “de acordo com” não poderia? E ainda há o caso dos artigos: monossilábicos mas não invariáveis, são todavia considerados partículas. Desse modo, o livro de D. H. Lawrence “A Virgem e o Cigano” ficaria “A Virgem e O Cigano”, mas assim nunca se escreveu.

É evidente que há uma dificuldade prática no reconhecimento das partículas. Então, qual a solução quando não se sabe reconhecer o que é partícula, ou mesmo quando há muitas delas no título? A melhor opção é a segunda oferecida pelo Acordo Ortográfico 2009: escrever apenas a primeira letra inicial com maiúscula e as demais em minúsculas, a não ser que haja no título um nome próprio, o qual neste caso conserva sua inicial maiúscula. Exemplos:

Memórias de um sargento de milícias

Poesia completa de Cruz e Sousa

Como fazer uma pizza em dez minutos

Anotações e revelações sobre o novo Código Civil

Constituição do Estado de Santa Catarina

Discussões em torno dos direitos fundamentais no Brasil

A última opção seria escrever todo o título com maiúsculas ou caixa-alta:

MEMÓRIAS DE UM SARGENTO DE MILÍCIAS

A VIRGEM E O CIGANO

O EVANGELHO SEGUNDO SÃO JOÃO

Uma observação: tanto os títulos de livros e artigos quanto os de ensaios e dissertações (acadêmicas, de vestibular, de concurso, etc.) não devem apresentar o ponto final. Este até pode ser usado, mas apenas quando o título contém um verbo, ou seja, quando configura uma oração. Tome-se como exemplo dessa exceção o título de uma redação de vestibular:

O homem contemporâneo não sabe lidar com a antiguidade.

O HOMEM CONTEMPORÂNEO NÃO SABE LIDAR COM A ANTIGUIDADE.

Fonte

  • Aprecio muito sua ajuda e seu esforço. Saudações. :) – مريم معاذ Jun 1 '17 at 15:09
  • Mas então, a gente não pode escrever "como" com a inicial maiúscula? (Porque tem 2 sílabas) E desculpe por perguntar tão tarde. – مريم معاذ Jun 1 '17 at 15:16
  • As particulas devem ter a primeira letra minusculas. O como é uma particula, nesse caso. Ou se escreve tudo em maisculo (que eu acho não muito elegante para um currículo). – Peixoto Jun 1 '17 at 16:50
  • Obrigada pela sua resposta. Aprecio muito. – مريم معاذ Jul 8 '17 at 4:02

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.