2

Encontro vocálico é a junção de duas ou mais vogais dentro das palavras, correto?

Gostaria de entender melhor os encontros vocálicos:

  • Ditongos
  • Tritongos
  • Hiatos

Especificamente nos ditongos ouço sobre aberto e fechado ou oral e nasal. Como funciona?

2 Answers 2

2

Quando juntamos duas ou mais vogais em uma palavra, temos um encontro vocálico.

Os encontros vocálicos são divididos em três tipos: DITONGO, TRITONGO e HIATO.

HIATO: quando duas vogais estão juntas na mesma palavra, mas em sílabas diferentes.

Ex:

SA-Ú-DE

PA-RA-Í-BA

SO-AR

OBS: em caso de as vogais fazerem parte da mesma sílaba, trata-se de um ditongo e não de um hiato.

Vejamos os exemplos das palavras “sábia” e “sabiá”:

Sá-bia (o encontro vocálico “ia” é um ditongo, porque as duas vogais estão em sequência e fazem parte da mesma sílaba).

Sa-bi-á (o encontro vocálico “iá" é um hiato, pois embora as duas vogais estejam juntas, elas pertencem a sílabas diferentes).

OBS:

O hiato é formado por VOGAL + VOGAL.

Isso acontece pelo fato de as vogais pertencerem a sílabas diferentes, e portanto servirem como núcleos para suas respectivas sílabas. Acontece diferente com o ditongo, que pode ser formado por vogal + semivogal ou semivogal + vogal, e com o tritongo, que é formado por semivogal + vogal + semivogal.

Há ainda casos como o da palavra “sereia”:

Se-rei-a

  • O encontro vocálico “eia” não é tritongo, pois as três vogais não pertencem a uma única sílaba.

  • O encontro vocálico “ei” constitui um ditongo decrescente, pois é formado por vogal + semivogal, já que ambas pertencem a uma única sílaba.

  • O encontro vocálico “ia” constitui um hiato, pois apesar de estarem adjacentes, as duas vogais pertencem a sílabas diferentes.

  • A particularidade deste hiato é que ele é formado por SEMIVOGAL + VOGAL, já que o ditongo “ei” é decrescente, e o “i” é semivogal. Mesmo assim, permanece a regra de que cada sílaba precisa possuir uma vogal, e não pode ter mais de uma, sendo as demais classificadas como semivogais.

fonte: InfoEscola - Hiato

Quando juntamos duas ou mais vogais em uma palavra, temos um encontro vocálico.

Os encontros vocálicos são divididos em três tipos: DITONGO, TRITONGO e HIATO.

DITONGO: quando dois sons vocálicos (vogais) estão juntas na mesma sílaba.

Ex:

PEIXE SAUDADE PAIXÃO O ditongo pode ser classificado de duas formas:

Ditongo crescente ou Ditongo decrescente Ditongo oral ou Ditongo nasal Para entendermos como acontece a classificação de crescente ou decrescente, temos que saber distinguir uma vogal de uma semivogal.

Toda vez que uma vogal está sozinha na sílaba, ela classifica-se como vogal, mas quando ela está junto a outra vogal ela pode ficar em menos evidência, mais “fraca” ou “escondida”, estas são as chamadas semivogais.

Ex:

APAIXONADO: neste caso a sílaba -PAI- contém duas vogais. A mais aberta ou “forte” é a letra A, enquanto que a letra I é mais fechada e “fraca”. Neste caso, diz-se que é a junção da vogal A + a semivogal I.

Ditongo crescente É quando há na sílaba a junção de semivogal + vogal

Ex: qua-dra-do (u=SV, a=V)

Ditongo Decrescente É quando, na mesma sílaba, junta-se vogal + semivogal

Ex: noi-te (o=V, i=SV)

Para compreendermos o que é um ditongo oral ou um ditongo nasal, precisamos entender que há vogais que são pronunciadas somente pela boca, chamadas de vogais orais (a, é, ê, i, ó, ô, u), e há vogais que são pronunciadas também pelo nariz, chamadas de vogais nasais.

Ditongo oral É quando há uma junção de duas vogais orais na mesma sílaba.

Ex: cai-xa

Ditongo nasal É quando há uma junção de duas vogais nasais ou de uma vogal nasal e uma oral na mesma sílaba.

Ex: sa-bão

Arquivado em: Linguística, Português

Fonte: http://www.infoescola.com/portugues/ditongo/

1
  • Ai, isso doeu.

  • Estás ?

  • Quatro, água, qual.

No primeiro exemplo trata-se de um ditongo decrescente. Isto é, começas com a pronunciação de uma vogal e num mesmo esforço de voz pronuncias uma outra mais fraca (semivogal).

No segundo exemplo trata-se de um hiato, isto é, cada vogal é pronunciada de forma independente e não num unico esforço de voz.

No terceiro exemplo trata-se de palavras com ditongos crescentes, isto é, começa-se com uma semivogal e termina-se com uma vogal.

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service and acknowledge you have read our privacy policy.

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.