3

Olá estou com uma duvida em relação a palavra coroa/corôa, especificamente no sentido de ornamento em forma circular usado por reis, ela leva acento? é um caso de dupla grafia/prosódia?

A confusão piora por causa dos diferentes significados da palavra coroa, como mulher velha, governo, moeda, verbo ect. Logo não sei se o acento é usado pra diferenciar ou se é uma diferença regional, sou do Brasil.

2
  • 3
    Estou surpreso, nunca vi "coroa" escrito com acento. Agora fiquei curioso pra saber onde é escrito dessa forma... – user1798 Mar 16 '17 at 13:01
  • 1
    Lui, podes consultar a grafia de qualquer palavra num dicionário online, como o Aulete ou Michaelis (pronto, agora incluí mesmo os links). @Hugo, eu só vi corôa, e apenas esporadicamente, na grafia do sXIX, quando se escrevia pharmacia e hypothese. – Jacinto Mar 16 '17 at 17:54
0

A palavra coroa pode assumir dois significados:

  • Como substantivo, representa o acessório usado por certas figuras de autoridade, como reis. Alternativamente, também pode ser uma gíria para pessoas de idade mais avançada. A pronúncia, nesta forma, é fechada (/ô/).

  • Como verbo, representa a flexão do verbo coroar (que significa "condecorar", "reconhecer") na terceira pessoa do singular do presente do indicativo (ele/ela coroa). A pronúncia, nesta forma, é aberta (/ó/).

Para distinguir ambas as formas na língua escrita, costumava-se usar o acento circunflexo no substantivo. Mas, com a assinatura da Reforma Ortográfica de 1971, a maioria dos acentos diferenciais foi eliminada da língua:

Em Portugal, entre 1911 e 1945, assim como no Brasil entre 1943 e 1971, houve a existência de um recurso chamado acento diferencial. Dada a existência de muitas palavras homógrafas mas não homófonas, julgou-se necessário criar diferenciações entre elas:

  • pilôto (substantivo) / piloto (ó) (do verbo "pilotar");
  • côr (vermelho, amarelo, etc) / Cor (ó) (coração);
  • êle (pronome) / ele (é) (nome dado à letra L);
  • govêrno (substantivo) / governo (é) (verbo);

Hoje em dia, a forma corôa é considerada gramaticalmente incorreta e desnecessária, mas ainda pode ser usada em citações de obras anteriores ao vigor da Reforma.

6
  • Tens a certeza que se escrevia corôa no Brasil antes de 1971? Eu encontro coroa, mas não corôa. Só encontro corôa em textos do sXIX e anteriores às reformas de 1911 e 1943. Em Portugal o substantivo e a forma do verbo são homónimas. – Jacinto Mar 16 '17 at 15:35
  • @Jacinto Sim, algumas construções antigas ainda possuem letreiros com o acento. Mas, agora que me perguntas, não sei dizer o quão antigas estas construções são. E, se não estou enganado, a Reforma de 1971 é a versão brasileira da Reforma de 1943, com certas diferenças regionais, logicamente. – Ramon Melo Mar 16 '17 at 15:45
  • Sim, os acentos diferenciais dos antigos emprêgo, acôrdo, etc. foram abolidos em Portugal em 1945 e no Brasil em 1971. Mas coroa, em Portugal, não estava nessa classe de palavras. Só se encontra corôa esporadicamente na grafia anterior a 1911 de Portugal/1943 do Brasil. – Jacinto Mar 16 '17 at 15:59
  • 1
    Quando dizes que a pronúncia de "ele coroa o rei" é aberta (/ó/), isso é no Brasil? Aqui em Portugal, eu diria esse o fechado (/ô/). – ANeves thinks SE is evil Mar 17 '17 at 15:19
  • Evidentemente o acento de "corôa", "pessôa", etc, nunca foi um acento diferencial; não existe na língua nenhuma palavra pronunciada "coróa". É outro acento, com outra finalidade. – Luís Henrique Mar 20 '17 at 17:30
0

Coroa termina em A e é grave, como é expectavel, portanto não carece de acento para indicar a vogal tonica.

A ter acento, seria um acento diferencial, o que não é o caso.

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.