4

Certo dia estávamos conversando sobre países desenvolvidos, e fiquei matutando sobre o significado de desenvolvido, e sua semelhança com a palavra envolvido, que estaria combinado com o prefixo des-.

A priori, devido aos significados comumente utilizados serem distintos, me pareceu que não havia relação nenhuma entre as duas palavras, porém, após uma reflexão mais calma, cheguei a conclusão de que podem realmente ter o mesmo radical.

O racional seria de que envolvido é algo amarrado, dependente "encasulado" - ao passo que desenvolvido seria algo evoluído, sem barreiras, ou obstáculos, independente.

Apesar de ter chegado a esta conclusão, gostaria de saber:

  • Desenvolvido possui o mesmo radical que envolvido?
  • Isso significa que, de certa forma, são antônimos?
  • Existe algum uso histórico que explique a evolução do uso comum entre envolvido e desenvolvido?
5

Sim, o radical é o mesmo, e já foram antónimos, mas entretanto a língua evoluiu. Envolver já vem do latim involvo, que significava “‘rolar sobre, enrolar, enroscar, esconder’” (Houaiss, Lisboa, 2003). Desenvolver formou-se já no português por des + envolver (Houaiss), e os primeiros significados com que aparece neste Corpus do Português é precisamente ‘desenrolar, desembrulhar’ e ‘desembaraçar’ (ênfase minha em todas as citações):

E, tanto que o sol foy alto, mandaron os capitãães desenvolver suas bãdeiras e tanger as trombetas e vozinas pera todo homen se fazer prestes ao cõbato. (Conde de Barcelos, Crónica Geral de Espanha, 1344.)

[…] e tirando dos peitos um lenço desenvolveu dele um anel (João de Barros, Crónica do imperador Clarimundo, 1520.)

Sempre o diabo a tais tempos traz embaraços de que me não pude desenvolver mais cedo (Sá de Miranda, Vilhalpandos, 1533.)

Ainda em 1712 o Vocabulário Portuguez e Latino de Rafael Bluteau traz simplesmente:

DESENVOLVER. Desfazer hum envolto [tradução em latim] ou explicare [tradução em latim]

Bem, por esta altura já tinha adquirido o significado de ‘explicar’, relacionado com o significado que hoje tem em desenvolver um ideia, um argumento. Mas entretanto desenvolver adquiriu mais uma porção de significados figurados, aproximando-se do verbo que nós conhecemos hoje, mas mantendo ainda a ligação a ‘desenrolar’. Vejamos o Diccionario da Lingua Portugueza de Morais Silva de 1789:

DESENVOLVER , v. at. Estender, desdobrar o que está envolto , encolhido. § f. Ampliar , e explicar o que he susceptivel de mais explicações , exposições. § Fazer crescer o feto , o embrião , o germe ; fazer abrir , desabotoar a flor do capulho , botão , &c. § Fazer que alguem perca o acanhamento , o pejo , o encolhimento , e timidez de quem não tem uso do mundo , ou não vio gente como se diz ; fazer perder o pejo , modéstia […] Desembaraçar , despejar : v. g. ,, *de negocios tão empeçados não se póde homem desenvolver limpamente ,, Vilhalp. Acto 3. sc. 7. §—se de embaraços ,, Vilhalp. 4 sc. 8.

Quase um século mais tarde, em 1873, no Thesouro da Lingua Portugueza do Frei Domingos Vieira, já se diz que o sentido “desdobrar, estender o que está envolto” é “pouco usado hoje”. Por outro lado já lá encontramos os sentidos de ‘desenvolvimento físico, intelectual e de tendências’. Exemplos do Thesouro:

Esta creança desenvolveu-se com muita rapidez.

Com que rapidez um tal genio se desenvolveu!

A mania de tomar banhos do mar desenvolveu-se ultimamente em Portugal.

Apesar de não constar do Thesouro, já se econtram por esta altura as noções de “desenvolvimento da indústria” (1865) e “desenvolvimento económico” (1882). A primeira referência que encontrei a países, sem procurar muito aturadamente, foi “desenvolvimento do Brasil” de 1929.

Estes novos sentidos de desenvolver poderão dever algo ao sentido mais antigo de ‘desembaraçar, libertar’. Creio que a via mais importante foi no entanto outra. Desenvolver significou ‘desenrolar, desdobrar, desembrulhar’; daí veio desenvolver-se a flor no sentido de ‘desabotoar a flor do capulho , botão’ (Moraes Silva, 1789); hoje diríamos que a flor abre ou desabrocha. Creio que terá vindo daqui a ideia de desenvolver-se a criança, a indústria ou um país; qualquer desta ideias pode hoje ser figuradamente descrita por desabrochar (Michaelis 5).

  • Superou minhas expectativas - muito boa sua resposta, obrigado! – falsarella Mar 28 '17 at 12:49

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.