3

Eu imaginava que isto era coisa dos últimos vinte ou trinta anos, mas se calhar andei desatento. Porque ando a ler Os Gatos de Fialho de Almeida, e num artigo originalmente publicado a 20 de Setembro de 1891 encontro o seguinte (4ª edição, 1920, 4º volume, p. 226; grafia original, negrito meu):

Seguiu-se um interregno bastante obscuro d’alguns mezes, períodos de vaccas magras, constante de contas por pagar e de iluminação com velas de cebo, durante o qual o Trunfo-Club hibernou n’uma casinhola somenos no Bairro-Alto (a costa d’Africa para onde o arrésto varre, nas epochas de crise, todas as nossas celebridades galantes que liquidam)

Então isto foi um uso excecional do Fialho de Almeida, que era muito inventivo na linguagem, ou o termo já estava em uso com este sentido naquela época? Quais são os primeiros exemplos de uso registados em Portugal e no Brasil?

Já agora, talvez ajude, célébrité no francês e celebrity no inglês também têm este sentido de ‘pessoa famosa’ e poderão ter influenciado o português. No francês este sentido está atestado em 1831 (CNRLT); no inglês, em 1849 (Etymoline).

1

Optei por pesquisar os livros no google books.

Creio que o livro mais antigo na lista, Vida de dom frei Bertolameu dos Martyres da Ordem dos Pregadores arcebispo e Senhor de braga Primas das Espanhas, datado de 1619 autoria de Frei Luis Cácegas, faz o uso da palavra celebridade no mesmo contexto da pergunta, na seguinte passagem:

Porque sua celebridade illustre em fama e reputação não se vence em pouco tépo: e quando lha não a concedamos de mais annos que duzentos antes dos Martyres já fica com ventagé de mil e quinhentos de anfianidade na primeira fúdação e no nome.

É claro que nesta passagem o uso de celebridade está apenas indicar uma pessoa de renome, provavelmente alguém da burguesia ou realeza. Essa pessoa parece tratar-se de Viana.

Eu não encontrei nenhuma informação sobre o autor, apenas que Frei Luís de Sousa parece ter complementado uma obra dele, "História de Sao Domingos"

...Foi cronista da sua Ordem em Portugal, tendo viajado por diversos conventos, recolhendo materiais para completar a monumental obra "História de São Domingos", cujo esboço tinha sido iniciado por Frei Luís de Cácegas anos antes.

Aliás o autor Frei Luís de Sousa reformulou esta mesma obra também, segundo a informação na capa, não me parece tratar-se da mesma obra.


Contudo eu atrevia-me a responder, desde que a palavra existe. Todos os dicionários que vi1, 2, 3, 4. 5 apontam que celebridade é um substantivo (ou seja, neste caso, uma forma de chamar algúem) .

Ja célebre é a qualidade de ser uma celebridade, ou seja célebre é um adjetivo, enquanto celebridade é substantivo.

Apenas acontece que este substantivo traz também qualidades a ele associadas tal como fama e notoriedade.


Parece que autor da pergunta está a falar da qualidade de ser uma celebridade em vez de ter celebridade. É uma diferença muito ténue, mas de fato existente.

Após ter lido descrições de umas quantas dezenas de livros limitei a minha pesquisa para "é uma celebridade". Pelo menos no livro A Marqueza: romance, datado de 1883, tem a ocorrência com este ligeiro detalhe presente, sem quaisquer dúvidas.

Ella é uma pequenita árabe, que vem lá dos confins do deserto; elle é uma celebridade. É Maximiliano Danglars, o viajante.

O outro livro presente na lista também parece encaixar, mas não parece falar de ninguém em especifico. Trata-se de Bom-senso e bom-gosto: Carta ao [excellentissimo] senhor Antonio Deliciano de Castilho, datado de 1865 autoria de Anthero do Quental.

Quem quer escrever bem só porque seja uma celebridade da sua terra, e não é uma celebridade só porque escreve bem, esse tal pode tomar de assalto a opinião:....

9
  • Eu nao fiz nenhuma referencia a Portugal ou Brasil porque a obra que encontrei é dum autor cuja nacionalidade é desconhecida, embora seja porovável que seja português, uma vez que Frei Luís de Sousa também era português. – Bruno Costa Jan 18 '17 at 22:51
  • Agora tá a cama a chamar-me. Amanhã vou ter que ler aquilo com mais atenção, mas a minha primeira impressão é que celebridade ali significa 'qualidade de célebre*, não uma pessoa. – Jacinto Jan 18 '17 at 23:46
  • Bruno, todos os dicionários que indicas dão celebridade mais ou menos como sinónimo de 'fama'. Também é substantivo, mas uma coisa é celebridade = fama (Ele atingiu grande celebridade); outra é celebridade = pessoa célebre. É este segundo sentido que eu quero saber quando começa. Estive a ler outra vez, e acho que no teu texto é o primeiro sentido, que celebridade não se adquire em pouco tempo. Deixo uma citação ligeiramente expandida (a seguir): – Jacinto Jan 19 '17 at 13:24
  • "Esse Viana já então possuía autoridade e o nome que hoje tem: bem se segue que uma coisa e outra [ele] tinha de muitos anos atrás. Porque uma celebridade ilustre em fama e reputação não se vence [ganha, adquire?] em pouco tempo" – Jacinto Jan 19 '17 at 13:24
  • @Jacinto Eu nao percebo, porque célebre é aquele que tem fama também olha aqui no priberam. Aliás eu complementei a minha respsota exatamente com o substantivo/adjetivo por esse mesmo motivo. – Bruno Costa Jan 19 '17 at 13:28

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.