21

I've read that Arabic strongly influenced the Portuguese language. Wikipedia lists Portuguese words of Arabic origin, but I have been wondering whether this influence is restricted to words, or whether Arabic also influenced the pronunciation or grammar of Portuguese.

Are there any features of Portuguese pronunciation or grammar, which can be traced to having their origins in Arabic?

Please feel free to respond in Portuguese.

10
+100

Parece haver um consenso que o árabe contribuiu para o português apenas com vocábulos, e, dentro destes, sobretudo com substantivos. Que a influência na gramática não poderia ser grande é claro para quem tenha aprendido francês: o francês não pode ter tido grande influência árabe, e a gramática francesa é parecidíssima com a portuguesa. Mas vejamos o que dizem autoridades mais avalizadas, com a Infopédia:

Este estudo da relação entre a língua árabe e a língua portuguesa revela-nos que de entre o léxico de origem árabe predominam os substantivos, seguidos dos adjetivos. São muito escassos os advérbios e praticamente inexistentes os verbos, talvez pela diferença entre as duas línguas ser muito acentuada. Além do léxico não parece haver uma relação fonética ou morfológica. Nem mesmo da sintaxe.

Ou o filólogo Antônio Houaiss, o do dicionário (“As Projeções da Língua Árabe na Língua Portuguesa”, comunicação na USP, 1986):

Quando se considera a influência árabe no português, o único aspecto que ressalta é o da contribuição lexical, porque, realmente, não há razões — não houve, pode ser que venha a haver — para suspeitar que qualquer coisa, na área do sistema do árabe para o português, haja aparecido. Admitiu-se, durante algum tempo, que certa aspiração que o espanhol apresenta pudesse, por acaso, haver provindo da forte influência árabe. Mas, para a língua portuguesa, essa hipótese jamais foi formulada. Na área da sintaxe, nunca se admitiu, em hipótese alguma, que algo pudesse haver vindo do árabe, nem para o português nem para o espanhol.

A ideia que o árabe contribuiu sobretudo com substantivos está de acordo com a lista de vocábulos portugueses de origem árabe apresentada por Cláudio Moreno (“Árabe se ecreve com A”, Sua Língua) no artigo referido acima pelo gmauch: à exceção da interjeição oxalá, são todinhos substantivos!

A importância dos vocábulos de origem árabe foi no passado muito maior do que é hoje. Diz Antônio Houaiss (comunicação supracitada) que “num total de três mil a três mil e duzentas palavras do português primitivo, há, no mínimo, oitocentas palavras de origem árabe”, ou cerca de 25% do total. Ele estará a falar dos séculos XII a XIV. Depois disso terão sido adquiridas mais algumas palavras do árabe, mas as inovações passaram a vir sobretudo da Europa, e muitas das palavras de origem árabe anteriores foram caindo no esquecimento. Segundo José Pedro Machado, coordenador do dicionário em sete volumes da Sociedade da Língua Portuguesa (1958-71), existem atualmente 954 palavras portuguesas de origem árabe, mais de um terço das quais são arcaísmos ou caíram em desuso (Ciberdúvidas).

Muitas coisas com nomes de origem árabe deixaram de ser usadas. Com o desuso do objeto o nome acabou por se perder também.Por exemplo, quem é que sabe o que é um alqueire? Atenção que a resposta vem já a seguir. Eu só sei porque quando era criança havia em minha casa um meio-alqueire, uma caixa de madeira com capacidade de sete litros, usada para medir trigo, feijão e coisas assim. Já ninguém usa isso agora, e é natural que o próprio nome acabe por ser esquecido.

  • É, comparando com o francês parece que não tem assim tanta influência na gramática. Aproveito para dizer que gosto muito de ler as suas respostas. – Jorge B. Aug 13 '15 at 13:47
  • 1
    Link incluído e muito obrigado. – Jacinto Aug 13 '15 at 13:58
  • Tinha esperança que os meus 100 pontitos aguçassem o apetite a mais gente, mas mais ninguém os quis... toma-os lá, por uma resposta que os merece bem!! :) – ANeves wants peace for Monica Apr 7 '17 at 0:43
  • @ANeves Obrigado. Faz-se o que se pode. Na verdade eu já devia ter revisto isto há mais tempo. Dizer sobre o ponto central da questão "li, já não sei onde, que...", que era como estava, não era lá grande coisa. Foi uma das minhas primeiras respostas aqui. Tinha conhecido o site há três dias. – Jacinto Apr 7 '17 at 7:32

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.