2

O Cortiço: Capítulo IX

"Quem não pode com o tempo, não inventa modas"

"Quem não quer ser lobo não lhe vista a pele"

3 Answers 3

4

Os dois ditados têm mesmo significado: quem não quer arcar com as consequências de uma ação, não a pratique; quem não quer enfrentar as dificuldades de uma situação, não se meta nela.

No caso d'O Cortiço de Aluísio de Azevedo (originalmente publicado em 1890), um homem enrolou-se com uma moça menor. A mãe da moça exige que ele case com ela, mas ele parece não o querer fazer. E então estes ditados são proferidos por umas mulheres, que querem dizer que se ele não queria casar com a moça, então que não se tivesse enrolado com ela (ênfase minha):

— Como, não casa?!...
— Era só o que faltava!
— Tinha graça!
— Então mais ninguém pode contar com a honra de sua filha?
— Se não queria casar pra que fez mal?
Quem não pode com o tempo não inventa modas!
— Ou ele casa ou sai daqui com os ossos em sopa!
Quem não quer ser lobo não lhe vista a pele!

O primeiro ditado—quem não quer ser lobo não lhe vista a pele—é muito comum. Eu sempre o associei a uma história de um cordeiro que se vestiu de lobo e foi morto por aldeões que o tomaram mesmo por lobo.

O segundo—quem não pode com o tempo não inventa modas—eu nunca tinha ouvido. O ditado poderia talvez basear-se na efemeridade da moda—modo de vestir e agir dum momento—que não sobrevive à passagem do tempo. Mas parece-me mais plausível que a base do ditado esteja em duas aceções menos óbvias de moda e tempo: moda (Michaelis 8) ou modinha (Michaelis 2 & 3) também significa ‘canção, cantiga’; e tempo (Michaelis 12) também significa o andamento (Michaelis 4) de uma música, ou seja o “modo ou rapidez com que é executado um trecho de música”. Portanto, não invente cantigas quem não aguenta o andamento delas.

6
  • Nunca ouvi nenhum dos dois mas o ditado lupino é auto-explicativo. Eu entenderia facilmente. Quanto ao "... não inventa modas", acho a tua primeira explicação mais plausível. A segunda me parece muito erudita para ser um provérbio ou ditado. Ditados costumam referir-se a coisas muito simples
    – Centaurus
    Jan 2, 2017 at 22:18
  • A segunda frase do lobo quer dizer que se a pessoa não quer ser confundida com alguém de caráter duvidoso, não deve se portar como tal. As frases não significam a mesma coisa. Jan 3, 2017 at 11:06
  • @Centaurus O problema da minha primeira explicação é que não chega a ser bem uma explicação: aquilo não me sugere uma imagem concreta; que significaria não poder com o tempo ou inventar uma moda no sXIX? A segunda interpretação oferece uma imagem contreta. É verdade que tempo no sentido de andamento seria provavelmente um termo técnico; moda para 'cantiga' é até termo popular. Mas também não sei quão popular é o ditado; é muito raro no Google Books. Sugere-me cantigas ao desafio, em que duas ou mais pessoas vão cantando de improviso em despique umas com as outras.
    – Jacinto
    Jan 3, 2017 at 20:08
  • @AndréLyra Parece-me que estás a fazer um interpretação muito literal e muito colada à minha história do cordeiro e do lobo. Eu tenho visto o ditado usado com significado mais geral.
    – Jacinto
    Jan 3, 2017 at 20:10
  • @Bruno O contexto é que o texto que eu citei. Se seguires o link, tens lá O Cortiço todo. Ali os dois ditados ali resumem-se à outra frase que uma mulher diz, "se não queria casar pra que fez mal?" [por que desflorou a moça].
    – Jacinto
    Jan 4, 2017 at 10:51
0

Expressões comuns usadas no Brasil. Apesar de que "não lhe vista a pele" é usada individualmente para aquele contexto, ironizando a situação com o contexto do lobo.

Quem não pode com o tempo, 'não inventa moda' - não inventa moda significa não inventar possibilidades, não criar caso, não criar idéias malucas.

Hoje está fazendo 50 graus, garoto. Onde você pensa que vai com esse casaco? Não invente moda!

Nossos salários acabaram de ser reduzidos, como você acha que vamos bancar mais dois filhos? Não invente moda!

Seu cabelo está ótimo com essa cor, nem pense em pintar, não invente moda.

0

Existe uma expressão do inglês que é muito popular: "If you can't do the time, don't do the crime". Significa "se tu não podes aguentar/suportar o tempo (no sentido de tempo de prisão), não cometa o crime". O sentido é mais parecido com "quem inventa, aguenta".

"Inventar moda" geralmente é usada para caracterizar alguém que quer fazer coisas desnecessárias em uma situação, ou modificar a maneira como as coisas usualmente são feitas, adicionar mais trabalho do que o combinado, ou introduzir novas ideias, mudar algum costume.

Talvez a expressão do livro queira dizer algo tipo "você não conseguirá se safar com desculpas inéditas, pois você vai sofrer as consequências de qualquer jeito".

1
  • 1
    Boas-vindas ao Portuguese SE! Obrigado pela contribuição, mas note que você só respondeu sobre um dos dois ditados, e que sua explicação levanta a pergunta: será que "inventar moda" já existia com essa acepção na época da escrita do livro?
    – stafusa
    Jul 10, 2022 at 10:39

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service and acknowledge you have read our privacy policy.

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.