3

A locução pronominal a gente emprega-se com o valor de ‘nós’, para referir o grupo concreto de pessoas em que o locutor se inclui:

—A gente vai ao cinema hoje. Queres vir com a gente?

E emprega-se também para referir um grupo indefinido, pessoas em geral, em que o locutor se inclui:

—A gente faz tudo pelos filhos; depois eles vão-se embora e não querem mais saber da gente.

Nós já temos esta pergunta sobre a correção e uso de a gente. O que eu quero saber aqui é quando e como é que a locução começou a ser usada em cada uma das suas aceções.

4

Decidi colocar uns trechos de este estudo: De gente para a gente: o século XIX como fase de transição por Célia Regina dos Santos Lopes/Universidade Federal do Rio de Janeiro Aqui 1

Segundo este ótimo estudo, não é nada novo: [...] "2. Da cronologia de (a) gente em tempo real de longa duração Com a quantificação da cronologia de (a) gente em tempo real de longa duração, percebeu-se, na análise dos resultados, que o processo de pronominalização do substantivo gente foi lento e gradual, uma vez que só foram localizadas ocorrências de a gente como pronome no século XVIII. Antes disso, há exemplos esporádicos em que a forma a gente apresenta ambigüidade interpretativa, ou seja, tanto pode ser considerada sinônimo de “pessoas” quanto variante de nós.

Século XIII: “O jograr por tod' aquesto | non deu ren, mas violou como x´ ante violava, | e a candea pousou outra vez ena vyola;| mas o monge lla cuidou fillar, mas disse-ll' a gente: | "Esto vos non sofreremos." A virgem Santa Maria... (p. 27 V. I, CSM, Século XIII)"

[...]"Tais ocorrências, escassas no português arcaico, começam a se tornar freqüentes a partir do século XVI. Localizou-se apenas um (01) exemplo no XIII, entretanto, a partir do século XVI a incidência de exemplos dessa natureza torna-se mais significativa. Identificaram-se 2 casos de interpretação ambígua no XVI, 2 no XVII, 9 no XVIII e 36 no XIX."

[...] Figura4.5:Percurso histórico de gente (substantivo) > a gente (pronome) /// A coisa começa ficar quente a partir du século XVIII!

"Como foi observado, é no século XIX que a gramaticalização de a gente começa a se delinear com maior clareza. Ao contrário do período anterior (séculos XVII-XVIII) o número de dados da forma pronominal é mais significativo"

  • Excelente achado! – Jacinto Dec 31 '16 at 13:32
  • @Jacinto Foi mesmo. Feliz Ano Novo! – Lambie Dec 31 '16 at 14:37

Your Answer

By clicking “Post Your Answer”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.