5

É necessário pluralizar ou singularizar quando se usa o termo "zero"?

"Existe zero carro" ou "existem zero carros"?


E no uso de decimais?

"É 0,01 ponto percentual" ou "são 0,01 pontos percentuais"?

1
2

Não sei em que tipo de situação alguém diria "zero carro(s)". Se eu tivesse que expressar a ausência de carros, eu diria que "não há nenhum carro" ou "não há carro algum", e acharia muito estranho alguém dizer que "existe zero carro na garagem". Uma pesquisa rápida no Google mostrou "zero carro" como se referindo a carro zero quilômetro na maioria das vezes. Então tomemos como exemplo "zero quilômetro", um carro ainda sem uso. Usamos o singular.

  • Este carro é zero quilômetro. É um carro zero. É um carro zerinho.

o numeral "zero" qualificando um substantivo é de uso corrente nos seguintes termos:

  • zero hora
  • zero quilômetro
  • zero grau (temperatura)

E todos eles pedem um verbo no singular.

  • "A temperatura ontem chegou a zero grau."
  • "0,1 grau não faz diferença alguma."
  • "Qualquer carro zero quilômetro serviria."

Portanto, se eu tiver que usar "zero carro" em uma frase, eu certamente usarei o verbo no singular. Quanto ao uso de decimais, se usamos "um ponto percentual é..." no singular, ao invés de "um pontos são", não há motivo para que "0,1 ponto percentual" seja expresso no plural.

EDIT - A resposta acima refere-se ao uso em pt-BR.

Em resposta ao comentário sobre a inexistência do termo "zero hora", explico que zero hora significa "meia-noite". E é usado no singular.

  • Podemos nos referir à meia-noite também como "zero hora". Como sempre devemos utilizar o plural para horas a partir de 2 ("às duas horas"; "às sete horas"; "às dez e meia"), podemos incorrer no erro de dizer/escrever "às zero hora" ou "às zero horas". Mas cuidado: não há plural em "zero". Assim, diga e escreva: "à zero hora". Prof. Sérgio Duarte

exemplos de "zero hora"

Quanto a "zero grau", é usado por muitos. Quando a temperatura cai a "n graus abaixo de zero" ("grau" no singular se "n" for igual a 1) não se usa a palavra "grau" depois de zero. Em outras situações, podemos perfeitamente usar "zero grau". Veja os exemplos abaixo com seus respectivos links:

11
  • 2
    Estranho, em Portugal zero horas/quilómetros/graus e 0,1 pontos percentuais (mas uma décima percentual).
    – Artefacto
    Sep 19 '16 at 2:27
  • 2
    Dizes «zero grau é muito frio» e presumo que «dois graus é muito frio» também. Em francês também se recomenda zéro franc. Já em Portugal é zero/0,1 graus. Em inglês também, zero/0.1 degrees. Quando o zero e os decimais apareceram na nossa civilização, o singular e plural gramaticais já existiam há muito tempo e não estavam preparados para eles; pois singular era para 1, e plural para 2, 3, 4, etc. O zero e os decimais não se encaixavam naturalmente nem no singular nem no plural. Então o pessoal arranjou-se como pode. E o que tu fizeste for racionalizar ex-post a maneira como falas.
    – Jacinto
    Sep 19 '16 at 6:56
  • Obrigado pelo downvote (seja de onde tenha vindo), é sempre um incentivo para que a gente aperfeiçoe as respostas. @Jacinto, sim, o exemplo foi ruim porque "Cinco graus também é muito frio" ou seja, "a temperatura de cinco graus é muito fria. Percebi isso em um outro exemplo que havia dado mas corrigi. Corrijo também esse.
    – Centaurus
    Sep 19 '16 at 13:00
  • 1
    Tem uma explicação das diferenças nesse pdf [zero hora ou zero horas - Fatima Ribeiro](www.catedraportugues.uem.mz/lib/docs/ZERO%20HORAS_Final.pdf) Sep 19 '16 at 17:39
  • 1
    @AndréLyra Minha resposta refere-se ao uso de "zero" no Brasil. O site citado por ti é de Moçambique, onde o uso é igual ao de Portugal.
    – Centaurus
    Sep 26 '16 at 13:24

Not the answer you're looking for? Browse other questions tagged or ask your own question.